Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro de 2020
0
Publicado em 11/11/19, às 17:02

True news!

Na manhã de quarta, 6, o aQui noticiou, com exclusividade, que o nome de Volta Redonda estava visível nada mais nada menos que em painéis eletrônicos localizados num dos locais mais famosos do mundo: a Times Square, em Nova York. A novidade repercutiu imediatamente. E até ontem, sexta, 8, quando do fechamento desta edição, a notícia já tinha atingido mais de nove mil pessoas, contabilizando cerca de 200 curtidas, 11 comentários e 62 compartilhamentos, sem contar que muitos inter-nautas simplesmente não dão o devido crédito ao replicar a foto e a notícia em grupos e páginas, como se o ‘furo da reportagem’ fosse deles.
A novidade até surpreendeu alguns incrédulos. O próprio prefeito Samuca Silva chegou a temer que a boa notícia sobre Volta Redonda fosse fake news. Não era. Faz parte de uma campanha desenvolvida pela Stone Fintech, empresa de serviços financeiros, que está comemorando um ano da abertura de capital na Nasdaq, a bolsa de valores mais importante do mundo.
Ao destacar o nome da cidade do aço, a Stone procurou desenvolver e reforçar que o Brasil vai muito além de capitais. E, claro, mostrar a importância dos empreendedores locais. “Queremos que o mundo saiba que o Brasil vai muito além das grandes capitais. Essa é uma homenagem da Stone a Volta Redonda e aos donos de negócios que ajudam a desenvolver a região”, disse Alessandra Giner, diretora de Marketing da Stone, ao ser procurada pela reportagem do aQui.
Ela foi além. Revelou o motivo de a empresa ter escolhido Volta Redonda como representante do estado do Rio. “A Stone escolheu a ‘Cidade do Aço’, entre outras no país, por conta de seu potencial econômico e a forte presença de empreendedores ligados ao varejo. Para nós, é essencial que os clientes estejam no centro das atenções e, por isso, decidimos criar essa homenagem, que convidou as pessoas na Times Square a visitarem a cidade e conhecerem sua história. Queremos que o empreendedor de Volta Redonda sinta-se reconhecido pelo mundo”, disse.
Ainda de acordo com a diretora de Marketing da Stone, o critério de escolha da cidade para a campanha nos EUA – que vai agradar ao prefeito Samuca Silva – é que o município, sede da CSN, também tem se tornado um grande centro comercial, seja pelos polos ou até mesmo pelo forte comércio. “Escolhemos as cidades pelo seu potencial. Volta Redonda, com seu comércio, é um desses polos que auxiliou na expansão da Stone. Nada mais natural do que prestar essa homenagem”, explicou.
Na ação, a Stone procurou incentivar os americanos e os turistas que passam pela Times Square a visitarem o Brasil, passando por Volta Redonda. A campanha deu certo e, segundo Alessandra, despertou o interesse e a curiosidade das mais de 340 mil pessoas que passam pela avenida diariamente e que viram a referência a Volta Redonda nos telões (ver foto). “Podemos afirmar que milhares de pessoas foram impactadas pela ação enquanto passavam pela praça mais movimentada do mundo”, disparou Alessandra.
Otimista, a diretora do grupo diz que Volta Redonda é estratégica para o desenvolvimento da companhia, pois, segundo ela, a Stone mantém um relacionamento próximo com seus clientes na cidade do aço. Ao ser questionada sobre a quantidade de clientes que a Stone teria na região, em especial em Volta Redonda, Alessandra alegou não poder abrir a informação, pois os dados “seriam estratégicos da empresa”.

Sobre a Stone
A Stone é uma empresa de serviços financeiros cujo propósito é facilitar a vida do empreendedor brasileiro, permitindo-o vender mais, gerir melhor o seu negócio e crescer sempre. Acredita que, com tecnologia e inovação, pode contribuir para a evolução do mercado. Com clientes espalhados por todo o Brasil, leva soluções inteligentes e desenvolve um relacionamento próximo e personalizado para cada um dos lojistas que atende.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.