Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 19 de Fevereiro de 2020
0
Publicado em 20/01/20, às 10:42

‘RJ contra o Sarampo’

A secretaria estadual de Saúde iniciou na segunda, 13, a campanha “RJ contra o Sarampo”, e quer que os fluminenses, de 6 meses a 49 anos, se vacinem contra a doença nas unidades básicas de saúde. A expectativa é que, este ano, ocorram no estado mais de dez mil casos da virose, que, em 2016, estava erradicada no Brasil. A imunização é a única forma de prevenção. Para Edmar Santos, titular da pasta, o movimento antivacina, defendido por alguns grupos e propagado em redes sociais, foi um dos fatores que culminaram para a volta da doença.

“A população precisa se certificar que está imunizada. O sarampo mata, e a vacinação é uma responsabilidade com a própria proteção, mas também com a da família, dos amigos e de pessoas próximas. Estamos convidando todos a aderirem à campanha, para gerarmos uma verdadeira mobilização pela saúde do estado do Rio de Janeiro”, convoca o secretário, Edmar.

O esquema vacinal contra o sarampo está disponível durante todo o ano na rede pública de saúde para as faixas etárias recomendadas. Porém, com a iminência do aumento expressivo do número de casos, a orientação da SES é que a população busque as unidades básicas de saúde o quanto antes para receber a dose. Todos os municípios do estado do Rio de Janeiro estão abastecidos da vacina que previne a doença.

Transmissão

O sarampo é uma doença altamente contagiosa, sendo transmitida por meio da fala, tosse e espirro. A pessoa com sarampo pode apresentar mal-estar geral, febre, manchas vermelhas que aparecem no rosto e vão descendo por todo o corpo, tosse, coriza e conjuntivite.

Quem deve se vacinar

Todas as pessoas entre seis meses e 49 anos devem se vacinar. É recomendado que a população leve sua caderneta de vacinação na ida ao posto de saúde.

Contraindicações

Pessoas com suspeita de sarampo, imunocom-prometidas, gestantes e crianças com menos de seis meses não devem receber a vacina. Alérgicos à proteína do leite de vaca devem informar a condição ao profissional de saúde no posto de vacinação para que recebam a dose feita sem esse componente.

Barra Mansa reforça vacinação contra o sarampo

Seguindo o calendário vacinal estabelecido pela secretaria de Estado de Saúde, Barra Mansa iniciou na segunda, 13, a intensificação da vacinação contra o sarampo, voltada para todas as pessoas com idade entre seis meses e 49 anos. As doses da vacina tríplice viral estão disponíveis em todas as unidades de saúde do município, de segunda a sexta, das 8 às 17 horas.
Segundo a coordenadora do Departamento de Imunização da secretaria de Saúde de Barra Mansa, Marlene Fialho, o cenário epidemiológico do estado do Rio de Janeiro é preocupante. “Entre janeiro de 2019 e os dias atuais foram registrados 371 casos da doença. A situação é preocupante não somente pelo quantitativo de sarampo registrado nos últimos 12 meses, mas também pela possibilidade de 10 mil novos casos”, destacou Marlene.
A ‘Rio sem Sarampo’ segue até o dia 13 de março e terá dois dias ‘D’ de combate à doença: em 1 º de fevereiro e 7 de março.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.