Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 25 de Fevereiro de 2020
0

Grampos

Saint Gobain – A foto, de uma série enviada por um leitor, feita na manhã de quinta, 6, por volta das 7h11min, mostra o flagrante de um acidente ocorrido na fábrica da Saint Gobain, em Barra Mansa. Assustou a muitos que passavam pela Via Sérgio Braga, pois a fumaça preta e alaranjada indicava que alguma explosão poderia ter ocorrido no interior da siderúrgica. Procurada, a assessoria de Comunicação da Saint Gobain informou que tudo teria sido proveniente de “uma instabilidade na vedação do equipamento de desempoeiramento da unidade de Barra Mansa (RJ), que teria ocasionado um desprendimento de pó de carvão por alguns minutos na atmosfera”.

A assessoria chegou a garantir que “a questão teria sido identificada e solucionada prontamente, e que o equipamento teria retornado às condições normais de operação”.

Só que funcionários ouvidos pelo aQui contaram que não foi a primeira vez que situações como essa ocorreram. Chegaram a denunciar que a emissão fugitiva de material particulado estaria acontecendo porque os equipamentos da siderúrgica não dispõem de filtros.

Apesar do susto, nenhum trabalhador teria ficado ferido, garante a assessoria de Comunicação da Saint Gobain. O Sindicato dos Metalúrgicos, procurado pelo aQui, prometeu investigar a denúncia de que os equipamentos da fábrica não teriam os filtros necessários e obrigatórios, o que poderia colocar em risco a saúde dos operários.

Fumaça (I) – Na manhã de terça, 11, a assessoria de Comunicação da Saint Gobain fez questão até de questionar a cor da fumaça detalhada na nota do aQui. Para os assessores, ela não seria laranja como o aQui noticiou. “Vocês citam “fumaça alaranjada”, algo que não ocorreu. A foto que vocês publicaram, inclusive, só mostra fumaça cinza”, disse um dos assessores. 

Fumaça (II) – Para o leitor que fez as fotos, a fumaça era realmente alaranjada. “Na foto impressa, não dá pra ver direito, mas era laranja, cor igual à que sai da CSN”, respondeu ao ser procurado pelo aQui. Aproveitou para perguntar qual seria a cor que os assessores da Saint Gobain teriam visto. “Cinza”, disse o repórter, arrancando risos do leitor. “Eles são daltônicos”, brincou. “Se não fosse alaranjada, a fumaça que saía da Saint Gobain seria preta, pelo menos. Nunca cinza”, disparou. 

Escola (I) – Pais de alunos do Colégio do Instituto Batista Americano (Ciba) encaminharam uma carta à redação pedindo ajuda do jornal junto secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana para que a pasta volte com as vagas de estacionamento rápido – de 5 minutos – que existiam à Rua 19 (do Clube Foto Filatélico), na Vila. “A prefeitura acabou com as vagas de 5 minutos com pisca alerta ligado e que eram usadas pelos pais para parar rapidamente para deixar e pegar os seus filhos no colégio”, explicou Fernando Marlos. “Eram 60 metros de vagas, com rotatividade na hora da entrada e saída dos alunos”, detalhou.

Escola (II) – O leitor vai além. “Lembro que todos os outros colégios particulares possuem espaço para os pais pararem o carro sem tumultuar o trânsito”, disse, garantindo que no caso do Batista, sem as vagas rápidas, o trânsito ciou caótico. “A fila é interminável e os carros chegam até a Rua 21, atrapalhando quem passa em sentido ao Escritório Central da CSN”, escreveu. “Paramos no meio da rua para pegar os nossos filhos”, acrescentou, contando que está sendo obrigado a cometer infração de trânsito.

Escola (III) – Fernando conta que já procurou ajuda. E não conseguiu. “Eu fiz o pedido para dois vereadores e para dois funcionários do segundo escalão da Prefeitura, para que intercedessem junto à STMU, mas, por algum motivo, ninguém quer pedir ao órgão competente. Será que tem algum problema lá? Eu não acredito nisso!”, pontuou.

Escola (IV) – Antes de encerrar, o leitor conta que já solicitou uma reunião com o órgão. “Os pais (das crianças que estudam no Batista) estão insatisfeitos. Estamos preparando um grupo de, pelo menos, 30 pessoas para ir até a prefeitura conversar com o prefeito”, acrescentou. “Não queremos denegrir a imagem de nenhuma pessoa, mas voltar atrás não é vergonha para ninguém. Prefeito, peça ao secretário para voltar atrás, que ele pense com carinho e volte com as vagas”, sugeriu, referindo-se a Samuca e Maurício Batista, titular da pasta.

Promessa – Procurado para falar a respeito, Maurício Batista deu uma boa notícia aos pais dos estudantes do Batista. “As vagas rápidas foram retiradas para atender projeto do VR Parking, mas nós esta-mos cientes dos problemas que surgiram e estamos resolvendo o caso”, prometeu.

Pedágio – O que é bom não dura muito, mesmo que seja uma merreca. A Nova Dutra conseguiu barrar na Justiça a redução do pedágio na Dutra anunciada pela ANTT para ocorrer a partir de domingo, 8. Os valores continuam sendo de R$ 15,20 nas praças de Moreira César, Itatiaia, Viúva Graça e cabines de bloqueio de Viúva Graça (Viuvinha); de R$ 3,70 na praça de Arujá e cabines avançadas de Arujá (Rodoanel), Guararema Norte e Guararema Sul; e R$ 6,70 na praça de pedágio de Jacareí e cabines avançadas de Jacareí. 

Risco – A foto é recente; o problema não, pois já tem mais de um ano e refere-se às chuvas de 2019 que atingiram a Vila, quase destruindo a pequena ponte existente nas proximidades do Colégio Macedo Soares. Há um ano os estudantes correm riscos desnecessários… e ninguém faz nada.

Quem avisa amigo é – O secretário de Meio Ambiente, Maurício Ruiz, o ‘homem das árvores’, escapou de levar uma galhada na manhã de domingo, 8, quando um galho de árvore, ver foto, caiu no leito da Rua Riachuelo, na Colina. Ele escapou por pouco, pois mora por perto e sempre passa por ali, embora nunca tenha levantado a cabeça para ver que as árvores da pracinha precisam ser podadas com urgência. Um motorista que passava pela rua, segundo testemunhas, quase teve o carro atingido.

Porcalhões – Só para registro: os galhos que aparecem na foto acima estavam no mesmo lugar até a manhã de quarta (12). Mostra que Ruiz e Toninho Oreste (secretário de Infraestrutura) são farinha do mesmo saco. Não estão nem aí para quem mora na Colina.

EXCLUSIVO – Marcada meio que de supetão para a próxima quinta, 20, a ‘audiência de conciliação’ entre CSN, Hospital das Clínicas e Instituto do Câncer do Ceará (ICC), não será mais realizada. Motivo: a direção da siderúrgica desistiu de sentar com os representantes do HC. Pior. Teria decidido recorrer à Justiça para que os administradores da empresa deixem o imóvel do antigo hospital Vita e entreguem as chaves da unidade aos diretores do ICC, como previsto.     

Análise (I) – Em entrevista a Betinho Albertassi na manhã de terça, 11, o prefeito Samuca Silva garantiu que foi realmente pego de surpresa com a decisão de Maycon de abandonar o barco. “Em todas as discussões (do governo), ele sempre esteve. Ele sempre… ele participou, por exemplo, como coordenador geral do ‘Escritura Fácil’, maior programa de regularização fundiária da história de Volta Redonda. Participou de vários momentos da cidade”, ponderou.

Análise (II) – Samuca não deixou por menos. “Até no domingo (8) ele fez um discurso de defesa do governo”, disparou, referindo-se ao dia em que Maycon lhe mandou a mensagem via WhatsApp comunicando sua insatisfação para, a seguir, pedir demissão do cargo de presidente da Cohab.

Análise (III) – No frigir dos ovos, Samuca deixou até as portas do Palácio 17 de Julho abertas para a improvável volta de Maycon. “Vamos em frente, estou à disposição. Eu sempre deixo a porta aberta. Por isso, eu recuei, não entendi direito”, disse, referindo-se ao desabafo do seu vice-prefeito de que não estarão tendo espaço no governo. “Eu acho que ele está mal aconselhado”, disparou.

Sumiu – Coincidência ou não, o vice-prefeito Maycon Abrantes sumiu do Palácio 17 de Julho. A última vez que ele esteve circulando pelos corredores do prédio foi na sexta, 7. No domingo, 9, como todos sabem, ele jogou o balde e pediu para sair da presidência da Cohab-VR, mantendo, porém, o cargo de vice. Só que, desde então, não apareceu mais para trabalhar. Se fosse um simples CC (cargo comissionado), perderia os dias de gazeta.  A não ser que apresente um atestado médico para abonar suas faltas. 

Da série… – Será que Samuca abona as faltas do seu vice-prefeito?

Intrigas – Embora tenha sumido do Palácio 17 de Julho, Maycon anda tramando para desestabilizar o prefeito, se encontrando com vereadores de oposição. Só falta mesmo é se reunirem no Toca da Traíra, tradicional restaurante da cidade do aço.

Recesso – A Câmara de Volta Redonda retorna aos trabalhos nesta segunda, 17. Uma sessão apenas de instalação. Na terça, 18, será à vera, pois na quinta, 20, a sessão será solene. Ou seja, o bicho vai pegar mesmo só depois do Carnaval.

Conversa – Por falar na Câmara, o prefeito Samuca anda trocando dois minutos de prosa, de forma individual, com cada vereador da sua base aliada.

Mais um – A briga entre Maycon e Samuca – e não de Samuca com Maycon – gerou logo um bolão para a corrida ao Palácio 17 de Julho. E nada mais nada menos que 10 nomes já surgiram do nada, como prováveis candidatos. São eles: Samuca, Neto, Granato, Alex, Benevenuto, Cida Diogo, Dayse, Habibe, Maycon e Márcia. O número pode aumentar. Ah, dos 10 já em campanha, dois só deverão entrar na disputa se conseguirem autorização da Justiça, caso de Neto e Granato. Os demais, à exceção de Samuca, bom…

Confiante – Durante a comemoração dos 55 anos da Galeria Kennedy, na Avenida Amaral Peixoto, o ex-prefeito Neto estava sorrindo à toa, dizendo, para quem quisesse ouvir, que pretende voltar a subir a rampa do Palácio 17 de Julho. “Eu sou pré-candidato a prefeito de Volta Redonda em função da lei. O que hoje tem contra mim é uma conta que foi rejeitada pela Câmara que foi uma questão política, né? Não ouve dolo (má fé). A lei é bem clara e eu, me baseando na lei, sou, sim, pré-candidato a prefeito. Vou tentar de todas as formas resgatar Volta Redonda novamente. O povo da nossa cidade espera isso”, disparou Neto.

Menos um (I) – O deputado estadual Gustavo Tutuca, segundo jornais da capital, desistiu de sair candidato a prefeito de Volta Redonda. Fez bem, afinal, como político na cidade do aço, ele é um ilustre desconhecido. Não deve ganhar nem para síndico do prédio onde mora, na 60, na subida do Rosário. 

Menos um (II) – A informação dos jornais dá conta que Tutuca transferiu seu título eleitoral para Piraí. Vale lembrar que ele é da terra de Pezão, foi eleito por lá, depois levou seu título para Barra do Piraí, em seguida se transferiu para Volta Redonda e agora volta para Piraí. Ou seja, tá igual jogador de futebol que vive trocando de camisa. Em Piraí, com certeza, ele terá mais chances de se eleger prefeito. 

Patriota – O vereador Dinho assumiu a presidência do diretório local do Patriota. A mulher do parlamentar ficou com a vice-presidência. Até há pouco tempo, Dinho esperava sair como pré-candidato ao Palácio 17 de Julho. Detalhe: com apoio do delegado-deputado federal Antônio Furtado.

Fantasmas – Há quem acredite, em Volta Redonda, que Antônio Furtado e Rodrigo Drable, prefeito de Barra Mansa, estariam armando nos bastidores para ajudar o ex-prefeito Neto. Em Volta Redonda e em Brasília.

Fake (I) – Por falar em Furtado, o delegado-deputado postou nas redes sociais que é falsa a notícia envolvendo seu nome nas eleições de outubro. “Não deem atenção a notícia fakes, de perfis fakes que querem criar assuntos políticos. Quando chegar a hora vocês irão saber por mim e por mais ninguém se serei ou não candidato a Prefeito (de Volta Redonda)”, escreveu.

Fake (II) – A postagem não rendeu muito. Apesar de ter 9.257 seguidores no Instagram, apenas 36 comentários foram postados.   

Ressuscitou – Anthony Garotinho, que já foi um poderoso governador do Estado do Rio, ex-candidato a presidente da República e preso algumas vezes em operações da Lava Jato, reapareceu em Volta Redonda. Sua visita foi para lançar o nome de Dayse Penna como pré-candidata do Pros à sucessão de Samuca. Prova que não sonhar não custa nada… 

Nome – Dayse Penna, para quem não sabe, seria vice de Samuca na campanha de 2016. Por um erro bobo – esqueceu de mudar seu título eleitoral dentro do prazo estabelecido – ficou de fora. Foi substituída por Maycon Abrantes. E deu no que deu.

Cargo – Após a vitória de Samuca, Dayse foi nomeada para a secretaria de Políticas para a Mulher, Idosos e Direitos Humanos (Smidh). Só deixou a pasta em 3 de setembro do ano passado. 

Ajuda – Quem promete se filiar ao Pros para ajudar Dayse Penna e Anthony Garotinho é o vereador Carlinhos Santana, ex-metalúrgico da CSN e de oposição ao prefeito Samuca. Até então, o parlamentar corria o risco de não ter legenda para tentar se reeleger. Agora, pelo Pros, ele vai poder tentar.

Reportagem – Por falar no Pros, o partido será tema de uma reportagem no programa ‘Fantástico’ deste domingo, 16. O tema: falcatruas dentro da legenda.

Avante – O advogado Benevenuto dos Santos Neto, filho do ex-prefeito nomeado de Volta Redonda (indicado pela ditadura militar), anunciou que é pré-candidato à sucessão de Samuca. Diz que é independente tanto de Neto quanto de Samuca. 

Albertassi (I) – Por decisão do juiz Rafael Estrela Nóbrega, tomada na terça, 11, o ex-deputado estadual Edson Albertassi, preso em Bangu, poderá passar do regime fechado para o regime semiaberto. O juiz, entretanto, ainda não definiu se o ex-parlamentar voltarredondense poderá deixar o presídio para trabalhar durante o dia e retornar à prisão para dormir. Outra alternativa, já pedida pelos advogados de defesa de Albertassi, é que ela possa trabalhar de dia e, à noite, cumprir prisão domiciliar em Volta Redonda.

Albertassi (II) – Na sua decisão, o juiz Rafael Estrela Nóbrega entendeu que Edson Albertassi já tinha preenchido os requisitos para progressão de regime. “De fato, o apenado preenche os requisitos objetivos e subjetivos para a progressão de regime pleiteada do fechado para o semiaberto, conforme se verificado de sua TFD ora juntada e dos cálculos do sistema tendo cumprido 1/6 de sua pena em data recente (08/02/2020)”, escreveu. “Diante do exposto, presentes os requisitos legais autorizadores e em estrita obediência a ordem emanada da Superior Instância, CONCEDO ao apenado a progressão de regime, do FECHADO para o SEMIABERTO, na forma do artigo 112, da LEP”, sentenciou.

Albertassi (III) – O magistrado, por último, determinou que fosse enviado ofício ao Coordenador da Seap para que o mesmo providencie a transferência do apenado (Albertassi) para uma unidade prisional compatível com o regime fixado. Exigiu ainda que fosse feito o “cálculo do remanescente de pena para fins de futura progressão”.

UPA – O governador Wilson Witzel deu uma boa notícia ao prefeito Samuca Silva: vai construir uma nova Unidade de Pronto Atendimento (UPA) no Santo Agostinho. Vai substituir a atual, com um novo modelo de atendimento, e, importante: será ampliada. O anúncio oficial será feito em breve pelo governador em visita à cidade do aço.

Pipa – O prefeito Samuca está disposto a criar um espaço exclusivo para os amantes em soltar pipa utilizarem na cidade do aço, sem gerar transtornos para a população. Criou até um ‘Grupo de Trabalho’ para a criação de um Pipódromo, espaço exclusivo para a prática.

Vai vendo (I) – Alguém aí se lembra do arquiteto Vicente Loureiro, que atualmente é conselheiro da Agetransp? Ele virou escritor e acaba de lançar seu primeiro livro, o ‘Prosa Urbana’. Ele foi secretário de Planejamento Urbano e presidente do IPPU em Volta Redonda. Era um idealista… Faz sentido.

Vai vendo (II) – O nome de Vicente chegou a ser cogitado como provável candidato a prefeito de Duque de Caxias para as eleições de 2020. Ele declinou do convite, prefere ficar sendo conselheiro… e poeta.

Da série perguntar não ofende – Será que a eleição para a presidência do Sindicato dos Funcionários Públicos de Volta Redonda, que deveria ocorrer no ano passado, será realizada em 2020? Há quem garanta que não…. Tem coisa ruim nessa história, só pode.

RPA – Quem ainda recebe por RPA da prefeitura de Volta Redonda teve seus salários depositados na manhã de segunda, 10. Quem é concursado recebeu na sexta, 8, como manda o figurino.

Mudou – O prefeito Samuca Silva voltou a mexer na sua equipe. O arquiteto e urbanista Sérgio Fernandes Protásio assumiu a direção do IPPU em substituição ao engenheiro metalúrgico Márcio Lins, que foi deslocado para a presidência da Cohab-VR, cargo vago com a renúncia de Maycon Abrantes, que preferiu ficar só como vice-prefeito.

Velha guarda – Sérgio Fernandes tem muita experiência. Já comandou o IPPU, a Cohab, e a secretaria de Planejamento da prefeitura de Volta Redonda desde os tempos do ex-prefeito Georges Leonardos. Também foi subsecretário estadual de Infraestrutura no ano passado no governo de Wilson Witzel.

Fraude (I) – Na terça 11, a secretaria estadual de Fazenda (Sefaz-RJ) e o Ministério Público Estadual realizaram a operação “Triângulo do Aço – Fase III’, em Volta Redonda, Pinheiral e Valença, com o intuito de fiscalizar empresas suspeitas de simular operações de venda e beneficiamento de aço para se favorecer indevidamente de benefícios fiscais, envolvendo o ICMS. O rombo chega a R$ 600 milhões.

Fraude (II) – As fraudes que estariam sendo cometidas pelas empresas fluminenses envolvem a compra de bobinas de aço para beneficiamento. Só que elas estariam sendo negociadas sem passar por qualquer processo industrial para empresas paulistas e mineiras pertencentes aos mesmos sócios. “A Lei 6.979/2015 foi concebida com o objetivo de promover o desenvolvimento industrial em determinadas regiões do estado. Porém empresas fraudadoras se instalam no Rio de Janeiro simulando exercerem atividade industrial a fim de utilizar o benefício fiscal e, com isso, pagam ICMS bem menor e geram crédito de imposto para destinatários em outros estados, causando concorrência desleal e sonegação fiscal”, justificou o superintendente de Fiscalização da Sefaz- RJ, Rodrigo Aguieiras. 

Nas ondas do rádio – Dário de Paula, um dos mais famosos comunicadores do rádio na região, voltou aos bons tempos das transmissões de jogos de futebol. Hoje empresário e à frente do programa Dário de Paula na 96,1 FM, o ‘peito de aço’, como é conhecido, fechou contrato com a Super Rádio Tupy e vai narrar jogos do campeonato Carioca, da Copa do Brasil etc.

Estacionamento – Ontem, sexta, 14, o ‘peito do aço’ soltou cobras e lagartos contra o VR Parking.

Asfalto (I) – Na manhã de segunda, 10, Samuca esteve na Avenida Paulo Erley Alves Abrantes, em Três Poços, para acompanhar o início das obras de recuperação e asfaltamento de 4,5 quilômetros da via, um investimento de R$ 3,1 milhões. “Chega de operação tapa-buracos. Estamos realizando o maior programa de pavimentação da história de Volta Redonda”, justificou. 

Asfalto (II) – Para a alegria dos motoristas, Samuca garantiu que o asfaltamento das vias, esburacadas por conta das constantes chuvas, será levado a todos os bairros. “Historicamente, nossa cidade sofre com buracos em ruas e avenidas e o asfalto é um produto caro. Mesmo assim, no meio de uma crise financeira e com uma dívida milionária, conseguimos lançar esse programa de recapeamentos por toda a cidade. É um programa contínuo, que não tem data para acabar”, pontuou o prefeito.

Advertência – Em dezembro, conforme edital publicado em jornais, a direção do Saae-VR advertiu publicamente uma empresa – a Vinaque Comércio de Alimentos – por não entregar materiais constantes de uma nota de empenho. Foi além. Forneceu o telefone de um contato para quem quisesse obter mais informações a respeito do caso. Fica e pergunta: Isso pode?

Quebrando – A doença da Sul Fluminense, que vivia provando baixas na frota da empresa, anda atingindo outras viações, como a Cidade do Aço. Na manhã de segunda, 10, o ônibus da Cidade do Aço quebrou quase em frete ao Hospital São João Batista. Os passageiros tiveram que descer na chuva.

INSS (I) –  Sem a presença de Samuca, que tinha ido a São Paulo para se reunir com o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, a prefeitura de Volta Redonda firmou parceria com o INSS, representado por Erik Higino, gerente executivo do órgão na cidade do aço, para criar um posto de atendimento da autarquia federal no ‘Na Hora’ do Retiro. Entre os serviços do INSS que serão oferecidos estão a solicitação de aposentadoria por idade, rural, urbana ou por tempo de contribuição; pensão por morte previdenciária, auxílio-reclusão, amparo assistencial ao idoso, amparo assistencial ao deficiente físico, salário-maternidade, certidão de tempo de contribuição, cópia de processos, extratos previdenciários, revisão de benefícios e recurso junto à Junta de Recursos da Previdência Social (JRPS).

INSS (II) – Segundo Erik Higino, gerente executivo do INSS na região, as ações e serviços vão poder atender aos anseios da população. “Tudo que envolve a previdência é muito grande. E esse convênio vai favorecer a população e devolver esse serviço aos que contribuíram com a previdência social. Temos uma visão otimista sobre essas ações. Esperamos atender a população da melhor forma possível”, contou.

Assumiu (I) – Tido como um dos pivôs da ciumeira do vice-prefeito Maycon Abrantes para com o prefeito Samuca Silva, que culminou com o fim do relacionamento entre os dois, o empresário Rogério Loureiro foi o único que se manifestou até agora sobre o caso. Nelsinho, Tereza e Baltazar continuam fingindo de mortos. 

Assumiu (II) – A posição de Rogério Loureiro ficou clara no domingo, 9, quando ele postou nas redes sociais que continuaria apoiando o governo Samuca. “Volta Redonda é uma cidade em que eu amo viver, tenho orgulho da cidade. Sou empresário e vivo um momento muito feliz na minha vida porque estou dividindo meu tempo entre minha empresa e a prefeitura”, escreveu, fazendo questão de deixar claro que seu “negócio (Transporte) não depende em nada da prefeitura”, disparou, indo além. “Ninguém pode dizer que estou no cargo de secretário por causa de meus negócios”, afirmou.

Assumiu (III) – Loureiro, que é secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, foi além. Diz estar satisfeito da vida no Palácio 17 de Julho, como que mandando um recado aos insatisfeitos. “Sou muito grato ao prefeito Samuca por ter me convidado para fazer parte da equipe e estou em seu governo porque acredito que ele está fazendo um excelente trabalho. Merece ser prefeito de nossa cidade, onde eu vivo, trabalho e meus filhos vivem e estudam”, ponderou.

Assumiu (IV)  – Dizendo-se feliz por poder contribuir com Samuca e poder ajudar a cidade, “que é e a cidade do emprego, do turismo, do produtor, e que é uma cidade maravilhosa”, Rogério Loureiro soltou farpas sem dizer a quem (seria a Maycon?). “Quem mora aqui tem que prestigiar a cidade e o Samuca, que é um cara diferenciado”, alfinetou.

Dia D – A prefeitura de Volta Redonda aderiu à campanha pela erradicação do sarampo e realiza neste sábado, 15, o ‘Dia D’ de vacinação contra a doença. Todas as 46 unidades da Atenção Básica de Saúde estarão abertas, das 8 às 17 horas, para receber a população-alvo, que é composta por crianças a partir de seis meses e adultos até os 59 anos.

Na região – O deputado federal Luiz Lima (PSL) esteve peregrinando por Itatiaia, Resende, Porto Real, Quatis, Piraí, Mendes e Paulo de Frontin. Fica a pergunta: por que não passou por Volta Redonda e Barra Mansa?

Porto Real – Luiz Lima, com o aQui adiantou, está procurando montar bases políticas na região. Em Porto Real, por exemplo, já esteve quatro vezes desde que foi eleito. E foi recebido, de braços abertos, pelo prefeito Ailton Marques. “Visitar os municípios é sempre a melhor forma de aproximar o nosso mandato das pessoas. Estive no Sul Fluminense antes, durante e depois de ser eleito deputado federal. Agora, vamos pleitear junto às pastas na esfera Federal as necessidades municipais e continuar o nosso trabalho de fiscalização”, pontuou Luiz Lima.

Volks – Maurício Rodrigues, na foto ao lado de Roberto Cortes (presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus), assumiu a posição de vice-presidente e membro do Executive Board responsável por Finanças e TI na fábrica de Resende. Ele assumiu o posto que era de Paulo Barbosa, que deixou a companhia por vontade própria.

Carnaval – A prefeitura de Rio Claro deve estar bem de finanças. Prova é que vai gastar exatos R$ 301.200,00 para promover o carnaval na cidade e ainda nos distritos de Passa Três, Lídice, Fazenda da Grama e Macundu. O ‘até quarta-feira’ vai ficar por conta da Empresa Dan Christian Clementino de Carvalho.

Artes – Estão abertas as inscrições para o Programa de Exposições 2020 da Galeria de Arte Cílio Bastos no Espaço Cultural GA-CEMSS.  Os artistas da região interessados em expor seus trabalhos têm até o dia 13 de março para se inscreverem. Mais informações em https://www.ga-cemss.com.br/editais/3/exposicao-de-artes-2020/

Radares – A prefeitura de Volta Redonda, com autorização do Dnit, retirou quatro radares do trecho urbano municipalizado da BR-393, que vai do Santa Inês ao Jardim Amália I. Os radares funcionavam na entrada da 249; na Morada da Granja, na divisa com Barra Mansa; e no Jardim Amália.

Praça (I) – O prefeito Samuca Silva anunciou na segunda, 10,  o início das obras de revitalização da Praça Roberto Pinho Soares, no Santo Agostinho, beneficiando ainda quem mora no Volta Grande. Será feita a troca do piso, pintura, recuperação dos brinquedos e do alambrado e plantio de mudas. As obras devem ser concluídas em 90 dias.

Praça (II) – Moradores do Vila Rica esperam que Samuca também mande reformar a pracinha do bairro.