Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 1 de Abril de 2020
0
Publicado em 09/03/20, às 10:25

Bate-Bola Sergio Luiz

Varandão da saudade

Quem disse que Libiano Abiatti era somente jogador de basquete? Olha ele aí, na foto do time de futebol dos Veteranos (jogo na década de 50), que empatou com a equipe de Casa de Pedra (MG) em 1 a 1. O jogo era válido pelo CIF – Campeonato Interdepartamental da CSN – e o gol do time da cidade do aço foi marcado por Libiano. É a nossa homenagem a um dos maiores esportistas da cidade do aço de todos os tempos.

Em pé, da esquerda para a direita: Turi, Antonio Souza, Fernando Schad, Wiliam Ponchio, Zé Machado, (NI). Agachados: Rubinho Paz, Libiano, Paulo Flemimng, Luisinho e Gilson Carraro.

Ligando o alerta

A magra vitória de 1 a 0 sobre o Macaé na estreia na Taça Rio, gol do artilheiro João Carlos, fez com o que o Voltaço mantivesse a invencibilidade dentro do Raulino de Oliveira. Os otimistas diriam que, mesmo jogando mal, o importante foram os três pontos conquistados. Pode ser. Afinal, o time está em segundo no grupo B, com três pontos, perdendo para o Fluminense, que é o líder, pelo saldo de gols.
Mas que o sinal de alerta seja ligado. O time não teve uma atuação convincente diante de um adversário que vinha de uma péssima campanha na Taça Guanabara. Além disso, o Macaé chegou a perder um pênalti, defendido pelo goleiro Douglas – um dos melhores em campo – e ainda teve um gol anulado.
E quando um goleiro se destaca é mau sinal. Mostra que o time precisa melhorar e, para que, isso aconteça, tem que contratar. E com urgência, pois a série C do Brasileiro começa no dia 2 ou 3 de maio, e com o time que está jogando, o torcedor vai penar. Tenho até dúvidas se o técnico Luisinho Vieira seria o ideal para comandar o Voltaço na competição. Até agora, o treinador e alguns reforços não justificaram suas contratações. Amanhã, domingo, 8, às 16 horas, o Volta Redonda terá pela frente o Vasco, que mesmo atravessando uma péssima fase, servirá de termômetro para que possamos avaliar as reais possibilidades do tricolor de aço na Taça Rio e na série C. Tomara que o Volta Redonda mantenha pelo menos a invencibilidade dentro de casa. Ou seja, até um empate será um bom resultado.
A esperança da torcida é que o jogo seja transmitido pela TV Globo, pois com a telinha ao vivo, a motivação dos ‘craques’ é maior. Todo mundo quer aparecer, né? Tenho dito!

Série C
A CBF definiu a tabela dos jogos da série C do Brasileirão de 2020, que começa em maio. O Voltaço estreia contra o Boa Esporte, em Varginha, no dia 2 ou 3. Depois pega Ituano e Tombense, ambos no Raulino. Depois viaja para enfrentar o São José (RS) e o Criciúma (SC). Retorna para enfrentar o Ypiranga-RS; viaja para Sorocaba para encarar o São Bento, e faz sua última apresentação, em casa, contra o Brusque-SC. A última partida do turno será contra o Londrina, no Paraná.

Confirmada
A informação que publicamos na edição passada, de que Leonardo Zanelli, o Zada, iria pegar as malas, se confirmou e ele deixou a gerência de futebol do Voltaço. Foi para Portugal, onde vai trabalhar na base um clube da terceira divisão. A vaga de Zada será ocupada por Wilson Leite.

Quem diria
Acredite se quiser: o Lagarto, que eliminou o Voltaço da Copa do Brasil, foi rebaixado para a segunda divisão do campeonato sergipano. E eleminado da Copa do Brasil pelo Vitória. Que dor de cotovelo, né?

História
Quando era colunista do oO Globo, o jornalista Renato Maurício Prado escreveu que, certa vez, um técnico perguntava aos garotos do time juvenil quais eram os mascotes dos grandes times brasileiros. Perguntou ao goleiro: “Qual é o mascote do Santos?”. A resposta veio rápida: “Peixe”. “Qual o do Botafogo?” “Pato mestre”. “E da Ponte Preta?”. “Dá uma dica, mestre”, pediu o lateral direito. O técnico: “Trabalhava com o Tarzan”. Resposta: “A macaca”. O treinador continuou: “E o do Cruzeiro?”. O artilheiro do time titubeou. “Dá uma dica professor”, pediu. “É aquele bicho que fica no galinheiro e come as galinhas”. Resposta: “O Galo”. Epa! O moleque foi dispensado. É mole?

Barra Mansa
O Leão já conhece o seu primeiro adversário na Copa Rio de 2020. Será o América, em jogo a ser realizado no dia 17 de junho, em Barra Mansa. O jogo da volta será no dia 24, no Giulite Coutinho. O vencedor enfrentará o Boavista. Detalhe: Voltaço e Resende entrarão só na segunda fase, sendo que o tricolor de aço vai pegar o vencedor de Bonsucesso e Carapebus e o time resendense enfrentará o vencedor de Sampaio Corrêa e Casimiro de Abreu. Vale lembrar que o campeão e o vice poderão optar por uma vaga na Série D do Brasileiro ou na Copa do Brasil.

Master
A Liga de Desportos de Volta Redonda anunciou que o campeonato de Master 60 vai começar no dia 4 de abril, com a participação de oito equipes: F.E.A; Novo Mundo; Oriente; Capitólio; Tocantins; Asa Negra; São Luiz e Siderlândia. A próxima reunião, na quarta, 11, servirá para definir a tabela do torneio.

Promoção
O torcedor que assistiu e guardou o ingresso de Voltaço e Macaé terá um desconto especial de R$ 10,00 amanhã, domingo, 8, às 16 horas, para a partida do Volta Redonda contra o Vasco, devendo apresentá-lo na hora em que for comprar a entrada para o jogo. Veja o valor dos ingressos normais: Arquibancada: R$ 40; meia R$ 20. Cadeira: R$ 60; meia R$ 30.

Bola fora
Para o árbitro venezuelano Alexis Herrera, que apitou a vitória do Flamengo (2 a 1) sobre o Júnior Barranquilla. O cara é muito fraco e conseguiu desagradar os dois times ao não coibir a violência dos colombianos e por não ter marcado o toque de mão do lateral João Lucas no lance do primeiro gol de Everton Ribeiro. E vai apitar a Copa do Mundo, no Catar.  Lamentável!

Bola dentro
Para a escolha de Wilson Leite como o novo gerente de futebol do Voltaço. O ex-goleiro é um profissional correto, conhece o clube como ninguém desde sua criação, em 1976. Tem mais. É dono de uma personalidade forte, e não aceita ingerência no seu trabalho. Valeu!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.