Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Domingo, 30 de Abril de 2017
0
Publicado em 23/01/17, às 14:52

Você está… demitido

A expectativa para 2017 – pelo menos até agora – não é nada boa para quem está procurando emprego. E até para quem está empregado, já que pode ser colocado no olho da rua a qualquer momento. Prova disso é que a Organização Internacional do Trabalho (OIT) acredita que o desemprego irá aumentar no Brasil no ano que vem em mais de um milhão de pessoas, atingindo a marca de 13,7 milhões de desempregados. A crise, como se vê, é feia. Muito feia. E as cidades do Sul Fluminense sofreram com ela. Prova disso é que Volta Redonda, Barra Mansa e Barra do Piraí fecharam 2016 com mais demissões do que contratações.

Como maior cidade da região, Volta Redonda foi a que teve saldo mais negativo, com 3.660 postos de trabalho fechados, segundo dados do Caged (Cadastro Geral de Empregado) do Ministério do Trabalho, divulgados na tarde de ontem, sexta, 20. O dado corresponde a quase dez desempregados por dia na cidade do aço. Durante os 12 meses do ano passado, foram contratados 19.892 funcionários, enquanto 23.552 foram demitidos. Nos últimos quatro anos o saldo foi negativo em Volta Redonda – são 9.230 postos de trabalho fechados de 2013 até 2016.

Na cidade do aço, o setor que mais demitiu foi o de Serviços, que mandou embora 1.994 profissionais. O setor de Indústria de Transformação (CSN, por exemplo), demitiu 1.044 trabalhadores. Já a Construção Civil colocou na rua 389 empregados durante o ano passado. O Comércio mandou embora das lojas 299 voltarrredondenses.

Barra Mansa, por sua vez, terminou o ano com 1.697 postos de trabalho fechados. Foram demitidos, durante 2016, 10.917 trabalhadores. Por sua vez, apenas 9.220 foram contratados. O setor que mais fechou postos de trabalho foi o de Serviços, com 1.105 demissões. Em segundo lugar, o Comércio demitiu 352 barramansenses, enquanto o setor da Construção Civil fechou 251 vagas.

Já o ano de 2016 deixou pra trás em Barra do Piraí 1.052 trabalhadores. Durante os 12 meses, foram contratados 3.729 barrenses na cidade. Por sua vez, foram para o olho da rua 4.781 profissionais. O setor de Indústria da Transformação foi o que mais demitiu, mandando embora 560 empregados. O segundo setor que mais demitiu foi o da Construção Civil, com 227 demissões.

demissão

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.