Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 23 de Abril de 2019
0
Publicado em 08/04/19, às 10:15

Vai virar lixão…

Por Roberto Marinho 

Não é por falta de aviso. O depósito de lixo que vem crescendo em uma servidão ao lado do Hospital da Unimed, na Rodovia dos Metalúrgicos, e que vem sendo denunci-ado há mais de um mês pelo aQui, tem tudo para virar um aterro sanitário, ilegal, é claro. Por enquanto, o local serve de estacionamento gratuito para os acompanhantes de pacientes do hospital, mas estes começam a perder espaço para os sujismundos (sem noção) que estão, na maior cara de pau, indo até a servidão para despejar todo tipo de tralha. De pedaços de móveis a fraldas sujas.
Em um flagrante na quarta, 27 de março, havia pneus, um sofá, uma televisão, restos de poda e muito mais. Sem contar que o ‘lixão’ estava turbinado por fezes humanas. Isso mesmo, além de lixão, virou banheiro publico.
Por meio de nota, a secretaria de Meio Ambiente de Volta Redonda disse que teria enviado uma equipe ao local e estaria tentando identificar os responsáveis pelo despejo irregular, que é crime ambiental. A secretaria de Infraestrutura também garantiu que já teria realizado, diversas vezes, a limpeza do local, mas o descarte irregular de lixo é constante.
Para piorar, no início da tarde de quarta, 3, todo o material relacionado acima continuava lá, inclusive os pneus e a televisão flagrados na semana passada. Prova que nenhuma equipe passou por lá; ou se passou, não fez muita coisa. Mesmo assim, o aQui vai insistir em acabar com o futuro aterro (lixão) e pede que os leitores ajudem a combater a prática, denunciando os sujismundos pelo telefone 3350-7123.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.