Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 17 de Janeiro de 2019
0
Publicado em 24/12/18, às 08:25

‘Vai faltar!’

Os últimos dias foram marcados pelo aumento das temperaturas. “Um inferno”, foi a expressão que mais se ouviu. Mas a partir de amanhã, domingo, 23, e na noite de Natal, 24, os especialistas garantem que o tempo será melhor, com chuva até.  Mesmo que não chova tanto o Saae de Volta Redonda e ainda o de Barra Mansa estão implorando a todos os moradores que economizem água. “Fico triste quando vejo alguém lavando um carro na rua ou a varanda da sua casa. Não estão nem aí se estão ou não desperdiçando água. Deveriam para ajudar a evitar a falta de água em determinados bairros”, pontua José Geraldo, o Zeca, presidente do Saae-VR, ao anunciar que a autarquia vai promover uma campanha de uso racional da água. “Nosso objetivo é diminuir o desperdício”, acrescenta. 

 

Segundo Zeca, a média de consumo por pessoa em outros períodos do ano é de 6m³ por mês ou o equivalente a 200 litros de água por dia. Com a chegada do calor, a média sobe para 8m³ por mês, ou o equivalente a 276 litros de água por dia. Tem mais. Devido à alta temperatura e ao consumo excessivo, alguns pontos da cidade do aço já estão com dificuldade no abastecimento. “Pedimos à população neste momento que utilize a água de forma racional e consciente, evitando desperdícios, tais como: lavar calçadas, veículos, verificando as torneiras com possíveis vazamentos, entre outros, priorizando o consumo humano e as necessidades básicas de higiene”, sugere.

 

Zeca informou ainda que o Saae está trabalhando incessantemente a fim de manter o abastecimento em toda a cidade, sendo necessária a colaboração de todos neste momento. “Se todos adotarem essas medidas simples, vamos juntos vencer este desafio”, completou. O que Zeca não quis informar ou confirmar foi a informação obtida pelo aQui referente à venda de água para Barra Mansa.

 

Segundo uma fonte, o Saae de Volta Redonda fornece cerca de 130 mil m³ de água para a região leste de Barra Mansa, gerando uma receita da ordem de R$ 300 mil aos cofres da autarquia voltarredondense. Detalhe: o consumo equivale, dispara a fonte, a quase 3 meses de abastecimento do Aterrado. Ou a 6 meses de abastecimento do Conforto. Uma água que pode faltar se o inferno continuar.  

Pipa

 O Saae–BM contratou quatro caminhões pipas e vai usar outros dois da autarquia pelos próximos 15 dias para garantir o abastecimento de água da parte superior da Região Leste, que é feito prefeituras de Barra Mansa e Volta Redonda. “Com o calor excessivo dos últimos dias houve um aumento considerável no consumo de água. Diante desse contexto, solicitamos a todos o uso racional de água. Pedimos ainda para os moradores da parte baixa da localidade que evitem lavar carros e calçadas”, alertou Fanuel Fernando, diretor do órgão.

 

O desabastecimento de água da Região Leste decorre de problemas enfrentados pelo Saae-VR, justificou. “Já estamos em contato com a autarquia daquela cidade e a expectativa é de que tão logo seja equacionada a questão, o abastecimento seja normalizado”, explicou o diretor, enfatizando que os chamados de emergências devem ser feitos pelo telefone (24) 3512-4333.

 

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.