Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019
0
Publicado em 08/07/19, às 11:36

Quem quer?

Não é de hoje que o prefeito Rodrigo Drable tenta – sem sucesso – atrair novos negócios para o terreno da antiga Edimetal, às margens da Via Dutra. O ex-prefeito Jonas Marins também tentou e nada conseguiu. Logo após assumir, Rodrigo chegou a anunciar que estava negociando a cessão do imóvel para a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para que o município recebesse um entreposto de grãos no local. As negociações não avançaram e o prefeito não voltou a tocar no assunto. Na segunda, 1, o chefe do Executivo barramansense divulgou que está negociando o espaço – de mais de 700 mil metros quadrados – com um grupo de empresários de Belford Roxo.

 

No anúncio, Rodrigo Drable não detalhou em que pé estão as negociações, apenas diz que apresentou o terreno da antiga Edimetal para os empresários da Baixada Fluminense. A empresa em questão é a Meg Rio Logística e Produção, que seria especializada em produtos alimentícios, medicamentos e ração, com uma frota de 80 veículos circulando por dia. “Queremos fazer deste espaço o novo parque industrial da região”, destacou Rodrigo, durante o encontro com empresários no terreno da Edimetal, que foi adquirido pelo ex-governador Luiz Fernando Pezão.  “Este espaço é muito rico. Temos aqui sete nascentes de água mineral. O aquífero Guarani corre aqui próximo. É preciso explorar mais esta diversidade”, comentou Rodrigo. 

 

Mais detalhes da visita e das negociações não foram revelados. O que se sabe é que o empresário Alex Chaves, da Meg Rio, teria dito que pretende expandir os negócios da empresa para o Sul Fluminense. “Temos três empresas, adquirimos uma organização no norte fluminense e agora estamos conversando aqui no Sul Fluminense. Trabalhamos com uma frota de 80 veículos por dia, que percorrem todo o Rio de Janeiro. É preciso executar a aquisição de um lugar que impacte na logística da instituição”, frisou, referindo-se ao fato do imóvel estar situado às margens da Via Dutra.

Área nobre

O terreno da antiga Edimetal passou às mãos da prefeitura ainda no governo Jonas Marins e, pela sua localização e infraestrutura, poderia atrair investidores. Na verdade, só serviu, por enquanto, para atrair falsários interessados na especulação imobiliária. Em 2018, por exemplo, a prefeitura chegou a emitir uma nota para orientar a população de Barra Mansa a não comprar lotes que estariam sendo comercializados por pessoas de fora da cidade na área da Edimetal. De lá pra cá, a Guarda Municipal tem feito um grande esforço – muitas vezes em conjunto com a Polícia Militar –  a fim de impedir invasões. “É importante falarmos que não podemos perder aquela terra pra nenhuma invasão. Será feito um grande esforço para que a área da Edimetal seja de desenvolvimento econômico com geração de emprego e renda para a cidade”, concluiu Rodrigo.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.