Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0
Publicado em 29/10/18, às 10:47

Prós e contras

“É um dia histórico para nossa cidade. Agradeço a todos os empreendedores que acreditaram em Volta Redonda. Nosso papel foi ajudar, incluindo a desburocratização que estamos fazendo desde o início do nosso governo”, comentou o prefeito Samuca Silva ao falar na inauguração do Shopping Park Sul, localizado às margens da Rodovia dos Metalúrgicos. “No estado do Rio, há cerca de dois anos não se inaugurava um empreendimento desse porte. O desenvolvimento econômico é uma de nossas prioridades e estamos crescendo. Em breve, será criado o novo Polo Metalmecânico, que pode gerar até 3,5 mil empregos diretos inicialmente”, acrescentou.

 

Samuca está certo. O empreendimento, aberto às pressas talvez por questões legais ou devido à proximidade com o período de compras de Natal, pode gerar cerca de 3 mil empregos. Na manhã de quarta, 24, por exemplo, por volta das 6 horas, dava para checar que o shopping vai atrair trabalhadores, como os homens que amanheceram, de mala e cuia, na porta do Park à procura de uma vaga. E milhares de consumidores, como os que correram para conhecer a novidade já na noite de terça, 23, provocando o primeiro grande congestionamento da área. “Mais de 1200 motoristas brigavam por uma vaga de estacionamento no shopping”, comentou uma fonte. “Como não tinha (vaga), ficavam rodando pela rodovia. Foi um caos”, disse.

 

Ela vai além. Diz que o caos deve se repetir neste final de semana, o primeiro depois da inauguração, com um agravante. Haverá a abertura das portas de uma grande loja de departamentos, bem popular, que deverá atrair milhares de consumidores. Detalhe: como a maioria das lojas da praça de alimentação do Park Sul não foi inaugurada (apenas três estão funcionando), para matar a fome e a sede dos consumidores do final de semana, uma área de food trucks foi ‘armada’ na parte externa do shopping. Deu o ar de ‘roça moderna’ ao projeto de R$ 300 milhões. E haja chope!            

Nem tudo são flores

Apesar das palmas pela geração de emprego e renda, as obras do novo shopping geraram muita confusão. Que só serão desfeitas com o passar do tempo. A duplicação da pista da Rodovia dos Metalúrgicos e a construção de uma rotatória (definida, como o aQui tinha previsto) em frente ao Portal da Saudade, criou vários problemas. Um deles, curiosamente, é que a prefeitura, para vestir um santo, despiu outro. É que ela retirou   um dos sinais de trânsito da Rua Capitão Benedito Lopes Bragança, esquina com Rua Tuiuti, e o teria colocado na Rodovia dos Metalúrgicos (ver foto).

 

Sorte dos moradores do Jardim Normândia é que a prefeitura vai mudar o trânsito no bairro. A ideia é voltar ao que era antes da péssima mudança feita  por Paul Barenco, do governo Neto. Deve aproveitar para acabar com a faixa de pedestre logo na esquina da Rua Tuiti, criando uma nova, mais lógica, perto da Escola Domingos Maia.

 

Outra mudança que já está sendo estudada diz respeito ao ponto de ônibus localizado em frente ao Park Sul, sentido Centro-Dutra. Hoje, quem for de ônibus para o shopping tem que descer no ponto (ver foto), que não tem calçada, e não oferece segurança nenhuma.

 

Mauricio Batista, secretário de Transportes, diz que vai mudar o ponto de lugar. “Vamos  criar uma área especial  para o embarque e desembarque dos passageiros”, afirma, aproveitando para informar que a faixa de pedetres também seria modificada ainda ontem, sexta, 25.

 

Criada por algum burocrata de  plantão, a faixa obrigava os clientes que iam de ônibus para o Park Sul a andar pelo acostamento até chegar ao início da faixa, tendo que atravessar um canteiro que que separa as duas pistas da Rodovia dos Metalúrgicos para, logo a seguir, atravessar a rodovia e chegar ao shopping. “Vamos criar uma faixa em linha reta”, disse Mauricio. 

 

A pressa dos empreendores em inaugurar o shopping também prejudicou os voltarredondenses que caminham pela calçada até então existente ao longo da Rodovia dos Metalúrgicos. Ela foi destruída e, até a construção de uma nova (a cargo do shoppping e do Portal), os adeptos da caminhada estão tendo que passar por um caminho de pedra entre a entrada do shopping e o início da obra de duplicação da pista de subida da Rodovia dos Metalúrgicos, logo após o término da área do Portal da Saudade. Como o Dia de Finados está bem próximo – falta apenas 1 semana – até lá esse problema deverá estar resolvido, com a volta da calçada.

Light

Como o aQui já noticiou, as mudanças que a secretaria de Transportes planejou para a Rodovia dos Metalúrgicos também esbarram na Light. É que, embora tenha sido solicitada, a empresa, até ontem, sexta, 25, não tinha retirado os postes de iluminação existentes no trecho do shopping (ver foto). Enquanto eles não forem retirados, as pistas de rolamento abertas não poderão ser usadas com a devida segurança.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.