Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 16 de Julho de 2019
0
Publicado em 10/12/18, às 08:55

‘Ponto positivo’

Após as chuvas do final de semana, a secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana conseguiu finalmente pintar a nova sinalização horizontal da Rua 33, na Vila, mudando as vagas de estacionamento para o lado do canteiro central da via. De acordo com o titular da pasta, Maurício Batista, a ideia é aumentar o número de vagas e melhorar o fluxo de veículos. “O número de clínicas, lojas e outros estabelecimentos é grande e estava complicado para encontrar vaga de estacionamento. Eram cerca de 90 vagas e, com a mudança, conseguimos criar outras 80, num total de 170. As modificações foram definidas com base em estudo do tráfego e estatísticas da Guarda Municipal”, explicou Maurício, acrescentando que também foram criadas vagas específicas para motos.

 

Ainda segundo Maurício Batista, próximo às paradas de ônibus não haverá vagas de estacionamento. “Queremos que o trânsito tenha fluidez, sem interrupção por conta da parada dos ônibus”, justificou, lembrando que, em relação às vagas para veículos de idosos e pessoas com deficiência, ele está sendo ampliado e será feito nas ruas transversais da 33. “Era uma preocupação do nosso prefeito. Essa medida vai permitir que o idoso ou a pessoa com deficiência não precise atravessar a via. O lado do qual ele for à clínica, por exemplo, terá vaga destinada para esse público”, afirmou Maurício.

 

Durante a manhã de terça, 4, vários motoristas começaram a utilizar as novas vagas e elogiaram a ampliação, como o dentista Igor Albuquerque, que trabalha na Rua 33. “Melhorou, tem mais vaga. Próximo de onde trabalho, só tinha vaga de um lado. Venho aqui há bastante tempo, e agora aliviou o trânsito dos dois lados, e acho que vai melhorar no bairro de uma forma geral”, contou Igor.

 

A mesma opinião teve o aposentado José Baía Filho, que mora na Casa de Pedra e costuma frequentar a Vila. “O maior benefício está sendo o número de vagas, que aumentou bastante. Do lado de lá quase não tinha vagas”. Já o prefeito Samuca Silva disse que a ação faz parte de uma série de mudanças que estão sendo realizadas nas vias de Volta Redonda, com o objetivo de melhorar cada vez mais a mobilidade urbana. “Estamos trabalhando em melhorias, como a implantação da mão inglesa no Jardim Amália, e agora na Rua 33, que é de grande importância para a cidade. É uma ação em caráter experimental. Se sentirmos que não funcionou, teremos a humildade de voltar ao que era anteriormente, mas a população está sentindo que a mobilidade tem melhorado a cada dia”, afirmou Samuca Silva.

Verbas

Na terça, 4, Samuca deu outra boa notícia: Volta Redonda vai receber R$ 8,7 milhões no ano que vem para investir em mobilidade urbana e turismo. A verba, segundo ele, já está empenhada no orçamento da União e será repassada pelos ministérios das Cidades e do Turismo. Cerca de R$ 4 milhões serão para a pavimentação de ruas e avenidas, na modernização do tráfego, modernização de pontos de ônibus, construção de pistas de ciclovias e calçadas para pedestres. Em termos de turismo, o dinheiro será usado na construção de pórticos, um centro de eventos na Voldac e criação de um museu municipal.   

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.