Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 23 de Junho de 2017
0
Publicado em 10/04/17, às 09:50

Política & Cia

‘Grupos dos 14’ x ‘Grupo dos 7’
Após a discussão na Câmara de Volta Redonda, que envolveu o presidente da Casa, Sidney Dinho, e o prefeito Samuca Silva, o ‘Grupo dos 14’ – formado pelos parlamentares mais experientes e que comanda a Mesa Diretora da Casa – tenta se manter unido. Ainda há resquícios dentro do próprio grupo, já que a intenção de colocar as contas do ex-prefeito Neto para votar, sem o consentimento de todo o grupo, gerou um grande desgaste e desconfiança entre os parlamentares.

Os vereadores estão tentando se encontrar, quase que diariamente depois da crise, para aparar as arestas. “Nosso objetivo é continuar com o ‘Grupo dos 14’ mais forte do que nunca. Teremos mais força se continuarmos juntos”, afirmou um experiente parlamentar. “Tem muita gente tentando implodir nosso grupo, mas estamos atentos a isso”, completou. É, pode ser. Quem estaria, segundo esse parlamentar, tentando atrapalhar os 14, seriam os integrantes da base aliada de Samuca, o ‘Grupo dos 7’.

Tanto que na sessão de segunda, 3, o vereador Neném (PSB), um dos mais experientes da Casa, fez um desabafo e disse que existem vereadores – do ‘Grupo dos 7’ – fazendo fofoca junto ao prefeito Samuca Silva. “Quando forem fazer esse leva e traz, pelo menos que falem a verdade para o prefeito e para outras pessoas. Estão querendo agradar ao prefeito e estão falando mentira para ele”, disparou Neném, sem revelar o nome do fofoqueiro. O ‘Grupo dos 14’ endossou o coro com Neném. Já o ‘Grupo dos 7’ ficou calado.

Reembolso
A coluna revelou na edição passada que os parlamentares que foram visitar a direção da CSN, em São Paulo, receberam R$ 600,00 para cobrir os custos da viagem. Entre eles, estaria o vereador Granato (PTC). Durante a semana, Granato procurou a coluna para dizer que não foi a São Paulo e que não recebeu esse dinheiro, apesar de seu nome constar na Ordem de Serviço 013/2017, publicada em 21 de março. Então tá!

Assessores
Após a saída de Ronaldo Alves do Palácio 17 de Julho, outros assessores especiais também podem estar na mira do prefeito Samuca Silva. Estariam fazendo, como estamos na Semana Santa, o papel de Judas.

Sinceridade
Um dos vereadores mais sinceros da Câmara de Volta Redonda é Tigrão (PMDB). E na terça, 4, ele fez jus à fama. É que após Edson Quinto (PR) elogiar o serviço que tem sido feito por Toninho Oreste na secretaria de Obras, Tigrão disparou. “Concordo com o senhor, ele tem feito um ótimo trabalho. E olha que eu não gosto dele nem ele gosta de mim”, disparou, arrancando gargalhadas. Outro caso famoso de Tigrão foi o de ter, recentemente, cumprimentado a Toninho quando se encontraram no Palácio. “Mas foi contra minha vontade”, rugiu. É mole?

Indireta
Ainda sobre Toninho Oreste, o presidente da Câmara, Dinho, também elogiou a dedicação do secretário de Obras, mas aproveitou para mandar uma, digamos, alfinetada em direção ao vice-prefeito Maycon Abrantes. “Parece até que a gente tem dois secretários, porque onde o Toninho está, o vice-prefeito também vai”, disparou. Como se sabe, Toninho e Maycon devem ser candidatos a deputado estadual na eleição do ano que vem.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.