Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 24 de Novembro de 2017
0
Publicado em 12/06/17, às 09:42

Pele morena e negra

O Brasil é um país onde as diversidades raciais se destacam em diferentes tipos de cabelo e pele. E, importante, cada pele tem características próprias e deve ser cuidada de acordo com elas. As peles morenas e negras, por exemplo, apresentam uma maior quantidade de melanina (pigmento), que confere maior resistência e elasticidade, assim como maior proteção solar. Dessa forma, esses tipos de pele apresentam algumas vantagens, como menor envelhecimento, menos rugas, flacidez e ainda, o que é melhor, menor chance do apresentar tumores cutâneos.

 

Mesmo tendo um fator de proteção solar natural, as pessoas de pele morena e negra não estão livres do uso do protetor solar. O fotoenvelhecimento, as queimaduras e os tumores são menos incidentes mas não são ausentes.

 

A maior produção de melanina, apesar de proteger contra os malefícios do sol, predispõem as duas peles a uma tendência maior ao aparecimento de manchas e quelóides, produzindo mais pigmento em resposta às agressões sofridas. E ainda uma cicatrização exagerada em resposta aos machucados. Clareadores, corticóides oclusivos ou injetáveis, betaterapia ou outros devem ser sempre indicados pelo dermatologista.

 

As glândulas sebáceas produzem uma maior quantidade de sebo, tendo tendência maior a oleosidade e lesões de acne. Os pêlos grossos e encaracolados também facilitam o sur-gimento de pêlos encravados e foliculite. Deve-se, portanto, higienizar o rosto duas vezes ao dia para ajudar no controle da oleosidade. Quanto à esfoliação, uma ou duas vezes na semana ajudam nas lesões de acne, pêlos encravados e foliculites. E o laser é o melhor tratamento para os pêlos encravados.

 

Já a pele do corpo tem tendência maior ao ressecamento que favorece o aparecimento de manchas mais claras. Portanto, a hidratação não pode ser deixada de lado, principalmente nas áreas com tendência a um ressecamento maior como as mãos, os pés, cotovelos e joelhos. Banhos longos e quentes devem ser evitados, assim como o uso de buchas.

 

Não podemos esquecer que cada pele é única e essas são dicas básicas. Na dúvida, procure sempre um dermatologista.


maite_corMaitê Vieira Bahia
é Médica com pós-graduação em Dermatologia, CRM 52.85624-0 Atende no Centro Médico, ao lado do Hospital Vita – telefone (24) 2102-0088, no Centro de Saúde Renascer – telefone (24) 3348-1098 e também na Clínica Dermatológica de Volta Redonda – Telefone: (24)3348-1410

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.