Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
0
Publicado em 16/09/19, às 08:54

Pegando fogo

O clima entre os vereadores de Volta Redonda não anda nada amigável, e olha que ainda falta mais de um ano para as eleições de 2020. Na semana passada, por exemplo, Neném e Maurício Pessôa quase saíram ‘no tapa’ nos corredores da Casa. E na noite de quinta, 12, teve dedo na cara, gritaria e muita confusão envolvendo duas velhas raposas: Granato (PTC) e José Augusto (PDT). “Recolha-se à sua insignificância, seu merda”, disparou Granato, atacando o colega de Parlamento. “Merda é você”, devolveu Zé Augusto.

 

A discussão começou por conta de um projeto de lei que estaria sendo apresentado por Granato em dupla com Paulinho do Raio-X, inimigo do Palácio 17 de Julho, para criar o Banco Cadastral de Doadores de Medula Óssea. Achando que era coisa da oposição, José Augusto, segundo uma fonte, pediu vistas (adiamento) da votação do projeto porque, segundo ele, já havia na Câmara uma lei tratando do assunto. A Lei 3.204.

 

Foi o bastante para começar o arranca-rabo.  É que Granato não gostou do pedido de vistas e acusou José Augusto de ser costumeiro em jogar “palavras ao vento”. A discussão pegou fogo. “Vagabundo! O senhor acabou com o prestígio dessa casa”, disparou Granato, fazendo alusão ao áudio gravado, recentemente,  por José Augusto que chegou a viralizar nas redes sociais. “Vagabundo é você”, retrucou Zé Augusto.

 

A turma do ‘deixa disso’ entrou em ação, principalmente para tentar acalmar José Augusto, que teve problemas recentes de saúde.

 

Nota da redação: tanto Granato quanto José Augusto foram procurados na tarde de ontem, sexta, 13, para explicar as desavenças. José Augusto limitou-se a dizer que não pretende apresentar nenhuma queixa contra Granato. Este, infelizmente, não retornou às ligações do aQui.

 

Discussão – Há quem garanta que os dois brigões poderão ser enquadrados por falta de decoro, já que trocaram acusações entre si usando palavrões.

 

Internet – Por falar em vereadores, muitos andam reclamando das críticas que estão recebendo nas redes sociais. E andam cismando que os ‘memes’ estariam sendo feitos em gabinetes dos próprios colegas. Muy amigos!

 

Visitas – O grampo do aQui, publicado na edição passada, deu efeito: uma mulher, que se diz assessora de um vereador para ter acesso aos prédios públicos, não foi vista mais circulando por nenhuma secretaria municipal durante a semana.

 

Nominata – Com mais de 130 nomes de pré-candidatos a vereador, o prefeito Samuca Silva está acelerando a montagem das nominatas dos partidos fiéis para as eleições de 2020. Além de dois partidos (dois chapões), Samuca pretende ajudar parlamentares da base aliada.

 

Expulso (I) – O vereador Paulinho do Raio-X (MDB) disse, na sessão da Câmara de segunda, 9, que deixou a base aliada de Samuca Silva após ‘perceber que o governo não andava bem das pernas’. O ‘x’ da questão é que a afirmação não procede. O vereador foi expulso da base aliada pelo prefeito Samuca, que abriu mão de ter o apoio do parlamentar.

 

Expulso (II)  – Alguns vereadores da oposição andam rondando o Palácio 17 de Julho: querem participar da base do prefeito e já teriam conversado com alguns aliados de Samuca. Motivo: acham que estão pregando sozinhos no deserto. O detalhe é que agora Samuca só aceita a inclusão de novos vereadores na base se os parlamentares de apoio aprovarem.

 

Modelo – Alguns políticos de Barra do Piraí devem estar querendo mudar o título de eleitor para Volta Redonda. Motivo: estão usando o prefeito Samuca Silva como exemplo. Para aprovar um empréstimo para tocar obras em Barra do Piraí, o prefeito Mário Esteves e alguns vereadores andaram elogiando a medida de Samuca de obter R$ 80 milhões com a Caixa. “Se Samuca conseguiu, podemos conseguir”, disse um político barrense.

 

Campanha – No ato de filiação do ex-prefeito Neto ao DEM, que acontecerá hoje, sábado, 14, alguns políticos tradicionais estarão presentes, como o deputado federal Rodrigo Maia. Foi o bastante para um gaiato brincar: “Será que o Sérgio Cabral, o Pezão e o Picciani, todos do ex-MDB, vão estar presentes?”, disparou, certo de que estava cometendo uma maldade! E que maldade.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.