Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Segunda-Feira, 19 de Fevereiro de 2018
0
Publicado em 05/02/18, às 10:21

Parques estaduais

parque pedra selada

Recentemente o Inea (Instituto Estadual do Ambiente) lançou o site ‘Visite Parques Estaduais do Rio de Janeiro’, que traz informações sobre localização, lista de condutores de visitantes credenciados, histórico, clima, flora, fauna e os principais atrativos como trilhas e cachoeiras. O visitante também conta com mapas interativos de cada parque com as trilhas indicadas, seu traçado e tempo de percurso, além de guias para observações de aves para download.

Foram lançadas ainda publicações sobre cada um dos parques com informações turísticas e mapas com as principais trilhas e atrativos que servirão como guia de campo, facilitando a orientação dos visitantes. Esses impressos serão distribuídos gratuitamente na sede dos parques administrados pelo Inea. “Com esta nova iniciativa, pretendemos divulgar as áreas naturais de rara beleza do Rio de Janeiro e ainda receber visitantes com qualidade e atenção, estimulando o lazer, o ecoturismo e a conservação”, disse o diretor de Biodiversidade e Áreas Protegidas do Inea, Paulo Schiavo.

O Inea administra 11 parques e reservas: da Pedra Branca, na Zona Oeste do Rio; do Men-danha, na Baixada; da Concórdia, no Médio Paraíba; da Ilha Grande, no Sul; da Costa do Sol, na Região dos Lagos; dos Três Picos, na Região Serrana; Cunhambebe, no Sul; da Tiririca, na Região Metropolitana; da Pedra Selada (foto acima), no Centro-Sul; Lagoa do Açu e Desengano, ambos no Norte; e a Reserva Ecológica Estadual da Juatinga, em Paraty, no Sul.
Confira o site:  www.inea.rj.gov.br/visiteparquesestaduais

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.