Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
0
Publicado em 26/12/17, às 09:14

Para 2018

O prefeito Samuca Silva comemorou a aprovação, na Câmara de Volta Redonda, do Projeto de Lei da criação do VR Parking. O objetivo é organizar o estacionamento como um todo e ainda resolver a questão dos ‘flanelinhas’ que atuam nas áreas comerciais do município. A expectativa é que o projeto gere 50 empregos diretos e entre em operação no primeiro trimestre de 2018.

 

“Sabemos a dificuldade que é estacionar os veículos na nossa cidade, por isso a importância do VR Parking. E, principalmente, vamos resolver a questão dos flanelinhas. Além disso, vamos organizar o que está desorganizado, e não teremos mais a questão das moedinhas. Vamos modernizar a cidade, como é feito nas melhores cidades do mundo”, justificou Samuca. “Outro dado importante é que o motorista poderá pagar por tempo fracionado. Ou seja, se for utilizar apenas 30 minutos, vai pagar por esse tempo”, acrescentou.

 

Ao todo, como o aQui já divulgou com exclusividade, deverão ser disponibilizadas cerca de 4,7 mil vagas. Detalhe: o número de vagas específicas para os idosos vai triplicar. Atualmente, são 67 vagas destinadas à terceira idade e, com o novo sistema, o número passará para 270 nos principais centros comerciais do município. O ruim na história é que os idosos não poderão mais estacionar onde houver vaga disponível. Terão que usar apenas as vagas delimitadas para eles. Os deficientes físicos também terão mais vagas: 108 contra as atuais 85. 

 

Na primeira fase de implantação, o VR Parking atenderá cinco áreas: Aterrado, Vila Santa Cecília, Centro, Retiro e Santo Agostinho. No segundo momento, os bairros Ponte Alta e 207. De acordo com o presidente da Empresa de Processamento de Dados, Matheus Moreira Cruz, os tickets de comprovante de pagamento serão eletrônicos, sem obrigatoriedade de os motoristas imprimi-los. “Serão credenciados pontos para comercialização junto a lojistas que tenham interesse. Haverá também agentes nas ruas, contratados pela concessionária, para venda dos tickets eletrônicos. Para isso, bastará o motorista informar o número da vaga e a placa do veículo. O comprovante da compra será entregue ao motorista”, disse.

Além disso, será criado um aplicativo exclusivo para quem quiser garantir a vaga pelo celular. “Os motoristas que possuem smartphones poderão instalar o aplicativo, cadastrar seus veículos e comprar, eles mesmos, os tickets eletrônicos para estacionar, bastando informar o número da vaga. A fiscalização será realizada pela placa e número da vaga, também de forma eletrônica. Pelo aplicativo, o motorista poderá prolongar o horário de estacionamento”, disse Matheus.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.