Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 14 de Agosto de 2018
0
Publicado em 04/06/18, às 08:31

‘Pagando o pato’

2018-06-01-PHOTO-00000718_cor

Essa vai pegar meio mundo de surpresa: na terça, 29, o prefeito Samuca Silva, em entrevista ao radialista Betinho Albertassi, da Rádio 88 FM, anunciou que estaria apoiando a greve dos caminhoneiros, encerrada no dia seguinte, quarta, 30. “Eu, como prefeito, estou fazendo de tudo para que as famílias de Volta Redonda não sofram tanto. A manifestação dos caminhoneiros tem o meu apoio”, revelou, dando a seguir uma informação que praticamente é desconhecida por boa parte da população.

 

“Essa greve já estava anunciada desde 2017, na verdade desde 2015”, afirmou, sem explicar os motivos da afirmação. “O fato é que a população já paga o pato pelo alto preço do combustível. Eu acho que os caminhoneiros deviam se organizar melhor, e não deixar que (a greve) afete o dia-a-dia. Estamos mantendo no mínimo 50% de todos os serviços públicos de todas as unidades da prefeitura”, acrescentou. 

 

Samuca acabou contando a Betinho Albertassi uma das manobras que foi obrigado a fazer para evitar que a greve dos caminhoneiros afetasse a distribuição de água aos bairros de Volta Redonda.  É que um caminhão, a serviço do Saae-VR, contendo produtos químicos utilizados pela autarquia no tratamento da água, estava parado em um dos bloqueios montados pelos grevistas. Mais precisamente em Cruzeiro, cidade do interior paulista.

 

A solução foi enviar alguém para conversar com os grevistas e, depois de muita negociação, o veículo acabou sendo liberado para viajar, devidamente escoltado por um carro da Guarda Municipal (ver foto). A preciosa carga de cloro só chegou à ETA do Belmonte na noite de segunda, 28, sendo recebida por José Geraldo, o Zeca, presidente do Saae-VR. “Se interrompesse (o fornecimento), a água de Volta Redonda, Barra do Pirai e a região leste de Barra Mansa também seriam afetadas”, ressaltou o prefeito.

‘Prefeitura + Presente’

Na entrevista ao Fato Popular, Samuca abordou também o mais novo projeto do seu governo, o ‘Prefeitura +Presente’, lançado no final de semana. No evento, realizado na Escola Municipal José Juarez Antunes, diversos serviços gratuitos foram colocados à disposição da população dos bairros São Luiz, Caieiras, Candelária, Cailândia, Dom Bosco, São Sebastião, Pinto da Serra e Brasilândia. 

 

Todas as secretarias e autarquias da prefeitura participaram da iniciativa. Entre os serviços oferecidos estavam: consulta médica e realização de exames; inscrição e atualização de cadastro habitacional; inscrições para cursos de qualificação profissional; captação de currículos e emissão de carteira de trabalho; solicitações referentes a trânsito e transporte; serviços relacionados à Dívida Ativa; emissão de taxas de alvarás; 2ª via de IPTU e da conta de água, além de solicitação de corte e poda de árvores.

 

“Espero que a população tenha gostado, pois a ideia é realizar o projeto uma vez ao mês e, assim, atendermos toda a cidade. As pessoas merecem serviços de qualidade e com comodidade. E o “Prefeitura + Presente” tem como meta oferecer essa facilidade para todos. Eu agradeço o apoio de todas as secretarias, que se empenharam nesta organização”, frisou Samuca.

 

A segunda etapa do projeto vai acontecer no final deste mês (dia 30), das 8 às 17 horas. “A ‘Prefeitura + Presente’ chegou para ficar e será feita uma vez por mês. Faremos em todos os bairros de Volta Redonda”, prometeu Samuca.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.