Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 16 de Janeiro de 2018
0
Publicado em 08/01/18, às 09:07

Opinião do leitor

Detran
Novela com final feliz

Cena 1:

28/11/2017 vendi um Corolla pra um comprador de S. Paulo… reconheci minha firma, e fui ao Detran VR para dar baixa do carro.

– um servidor me orientou que seria necessário o reconhecimento da firma do comprador.

Cena 2:

13/12/2017 – o comprador reconheceu firma, autenticou e me enviou a xerox.

14/12/2017 – fui apresentar o documento no Detran VR… um servidor me orientou que seria necessário apresentar a autenticação original da xerox do recibo – reclamei que ninguém tinha me dito isso na primeira vez… o servidor disse que não podia responder pelo colega.

Cena 3:

27/12/2017 – de posse da xerox original autenticada, fui novamente ao Detran VR… um servidor me apresentou um formulário, com a exigência da apresentação de mais 3 documentos: xerox do RG, xerox do CPF, xerox do comprovante de residência, e que a autenticação do recibo precisaria ser avalizada em cartório local (VR), e para isso eu teria que apresentar o recibo original no cartório (lógico que não tenho o original, que está com o comprador, em SP).

Reclamei educadamente com o servidor, que o primeiro servidor deveria ter me dito tudo isso na primeira vez (28/11).

Ele me disse: – “como o colega iria responder, se o Sr. não perguntou nada?”

-“mas como eu iria perguntar, se eu não sabia o que era necessário?”

– “o Sr. nunca vendeu carro antes? não posso falar por meu colega, eu estou lhe dando todas as informações agora” (afffffff)

– “mas o Detran VR tinha que orientar tudo à pessoa que chega no balcão, pra não ficar esse vai-e-vem”

– “o Detran VR não tem culpa, foi uma pessoa que atendeu ao Sr., não o Detran” (como se o servidor não trabalhasse no Detran… affffff)

– “e agora, como eu faço? não tenho o recibo original, que está com o comprador!”

– “não sei, o Sr. poderia tentar que algum cartório abonasse sem a apresentação do original”.

O que vou fazer: contratar um despachante, pra resolver um problema que não fui eu quem criou!

Haja paciência com essa bur(r)ocracia e péssimo atendimento do Detran VR!!!

DETALHE IMPORTANTE: o prazo para comunicação de vendas é de 30 dias, ou seja, até amanhã (28/12)!!!

 

Resposta bur(r)ocrática da Ouvidorioa do Detran/RJ (Inacreditável)  

Prezado Sr. Francisco Gonçalves,

“Agradecemos a sua manifestação.

Comunicamos que o prazo de 30 dias, para a realizar o serviço de Transferência de Propriedade, conta o dia agendamento e não o dia da vistoria (o senhor tem que agendar até 30 dias).

Comunicamos que todas as informações sobre o serviço de Transferência de Propriedade encontram-se no link http://www.detran.rj.gov.br/_documento.asp?cod=2170.

Obrigada por entrar em contato conosco.

cid:image001.png @01CFE7BD.451D0A40

Danielle Oliveira

Ouvidoria Eletrônica

 

Resposta de Francisco Gonçalves

  1. não se tratava de “Transferência de Propriedade”, mas sim de comunicação de venda…
  2. tratou-se do péssimo atendimento dos servidores do DetranVR, que só deram informações detalhadas após a minha terceira ida ao DetranVR…
  3. sem essa de “todas as informações encontram-se no link”: o consumidor esteve no local de atendimento 3 vezes, sem obter informações pessoalmente!!!

Francisco Gonçalves

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.