Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 26 de Junho de 2019
0
Publicado em 24/12/18, às 08:46

O porquê das manchas brancas nos cabelos?

A história de um bebê com mecha branca no cabelo foi um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nos últimos dias. E o que atiçou a curiosidade dos internautas foi mais o nome da doença que ela tem, conhecida como piebaldismo, do que a sua apresentação na pele.

O piebaldismo, por exemplo, é uma doença genética, rara, e afeta a produção da melanina, que é o pigmento responsável pela coloração da pele. As pessoas que possuem a alteração podem apresentar manchas brancas em qualquer parte do corpo, sendo mais comum no centro da testa e no couro cabeludo, formando uma mecha de cabelo despigmentado, ou seja, branco.

Ao contrário do vitiligo, o piebaldismo está presente desde o nascimento e as manchas não aumentam de tamanho. E, por ser autossômica dominante (um tipo de padrão de herança genética), um dos pais também tem que ter a doença. Além das manchas brancas, a pessoa pode apresentar outras alterações, como surdez e excesso de pêlos pelo corpo.

O tratamento é baseado na proteção e na tentativa de repigmentação da pele. A proteção pode ser obtida com o uso de protetor solar para evitar as queimaduras solares, diminuindo ainda as chances do aparecimento de um câncer cutâneo, uma vez que a pele afetada não possui pigmento natural, que ajuda na proteção contra os raios ultravioletas. Já a repigmentação pode ser feita com medicamentos de aplicação direta na pele, remédios orais ou, até mesmo, pequenos enxertos de pele normal dentro da área afetada.

Dr. André Bahia é médico com pós-graduação em Dermatologia e Tricologia Médica, CRM 52.87713-1. Atende no Hospital das Clínicas (24) 2102-0088 / Centro de Saúde Renascer (24) 3343-2150 / Rio Medical Center (24) 2108-0030. Instagram @drandrebahia

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.