Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
0
Publicado em 23/09/19, às 08:48

Nove obras

Rodrigo Drable, ao lado dos deputados federais Alexandre Serfiotis, Antônio Furtado, Sóstenes Cavalcante e dos deputados estaduais Marcelo Cabeleireiro e Tutuca, anunciou na noite de sexta, 13, nove obras que vão mudar a cara de Barra Mansa. A primeira, e mais importante é a retomada das obras do Pátio de Manobras, cuja licitação está marcada para o dia 7 de outubro. “Essa data será histórica para Barra Mansa”, pontuou, referindo-se ao fato da população local enfrentar, a cada 12 minutos, a passagem de uma composição (trem). “Atrasa o fluxo da cidade em 15 minutos”, comparou.

 

Ele foi além. “É um desafio que há 80 anos vem sendo registrado em Barra Mansa, que são os problemas que o trem nos impõe, que é o entrave do desenvolvimento de Barra Mansa”, avaliou. “Isso faz com que nós tenhamos perdas e custos imensos para a cidade e nós buscamos ao longo da história uma forma de superarmos e minimizarmos esses problemas”, concluiu. Segundo Rodrigo, o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), conforme o aQui divulgou com exclusividade, prevê que as obras do viaduto – que faz parte do Pátio de Manobras – estarão concluídas no dia 15 de janeiro. A segunda novidade anunciada por Rodrigo foi a revitalização da Avenida Presidente Kennedy, que representa um dos acessos mais importantes para a cidade, ligando Barra Mansa a Volta Redonda, e que receberá novo asfalto, calçadas, rede de drenagem e iluminação. A obra está licitada em R$ 5.853.267,07, sendo R$ 1,3 milhão provenientes de verba municipal e o restante do governo Federal, através de emendas parlamentares de Rodrigo Maia e Serfiotis. “É um desafio, mas nós vamos enfrentá-lo para fazer do jeito que tem que ser feito. Esse recurso vai ser aplicado da melhor forma possível para nós termos a solução definitiva desse problema e que essa obra tenha a durabilidade que nós merecemos”, disse Drable, lembrando que as obras atenderão os bairros Ano Bom, Getúlio Vargas, Vale do Paraíba e Vila Delgado, beneficiando cerca de 20 mil pessoas.

 

A terceira obra é a retomada da reforma do Palácio Barão de Guapy, patrimônio histórico tombado em 1979 pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac), e que sofreu uma interrupção dos fluxos de pagamento das obras na transição de governos. “Rodrigo Maia fez a intervenção junto com o Alexandre Serfiotis e, mais uma vez, resolveram o problema e a obra voltou agora, a todo vapor, com a expectativa de concluir no menor tempo possível”, explicou Rodrigo.

 

Outro ponto destacado foi o asfaltamento de várias vias importantes do município. Estão na lista a Rua Albo Chiesse, no Centro, e a Avenida Leonísio Sócrates Batista, na Boa Sorte, que serão completamente asfaltadas, como também está prevista a recuperação da Avenida Homero Leite, em Saudade e das ruas José Hipólito, no  Centro, e Major José Bento, no Ano Bom. “Se eu quero que a minha cidade se desenvolva, que a nossa Barra Mansa cresça, os acessos à cidade têm que ser melhorados”, pontuou Rodrigo.

 

As obras da Albo Chiesse começam na segunda, 23, e vão durar sete dias, sendo que a via ficará interditada das 20 horas deste domingo, 22, até às 18 horas da segunda, 30. Também foi anunciada a implantação de um ginásio poliesportivo oficial a ser construído na Santa Rosa. O projeto será custeado por R$ 5 milhões oriundos de uma emenda do ex-deputado federal Deley de Oliveira.

 

Outra grande conquista que beneficiará o município será a entrega das casas próprias, em dezembro. “Das várias ações que temos empreendido e que vão impactar a vida do barramansense, a mais importante é a casa própria. São 680 famílias que vão pegar as chaves do seu apartamento aqui na cidade. E isso vai transformar a vida de muita gente”, comentou Rodrigo, ao encerrar a festa. 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.