?T bem na foto??
Jornal aQui - “Tô bem na foto?”
Hoje é Terça-Feira, 21 de Outubro de 2014
Publicado em 24/06/2013, às 10:18 - Postado por Jornal aQui

“Tô bem na foto?”

Vereadores de BM põem as mãos em enxadas e vassouras para fazer bonito junto ao eleitorado

Lívia Venina

A regra é clara: a função do vereador é elaborar leis que busquem a melhoria da qualidade de vida da população e, ainda, receber o povo, atender suas reivindicações e desempenhar o papel de mediador entre os moradores e o prefeito. Tem ainda entre suas tarefas a obrigação de fiscalizar o Poder Executivo. Ponto. Mas, num país em que grande parte da população não sabe dizer qual é a diferença entre o Executivo, o Legislativo e o Judiciário, todo parlamentar sabe que se quiser manter fiel o seu eleitorado, precisa mostrar serviço – e “mostrar serviço”, neste caso, nem sempre significa prestar contas à população sobre os projetos de lei que apresenta na Câmara.

Ainda que não esteja entre suas atribuições arregaçar as mangas e, literalmente, meter a mão na massa, o que não falta é vereador fazendo de tudo para ‘fidelizar’ eleitores. Em Pinheiral, por exemplo, o vereador Felipe Rivello (PSB) causou frisson em março ao publicar no Facebook uma foto sua na qual aparece muito à vontade, de bermuda e chinelos de dedo, enxada na mão, virando massa para tapar um buraco na Rodovia Benjamin Constant, que liga o município à Via Dutra.

Na época, Felipe justificou a medida afirmando que recebia diversas reclamações em seu gabinete sobre o estado da pista, mas que, por tratar-se de uma rodovia estadual – e, portanto, sob a alçada do Departamento Estadual de Rodagens (DER/RJ) –, seus colegas vereadores e o próprio prefeito, José Arimathéa, de acordo com ele, estavam de pés e mãos atados. Por isso, não pensou duas vezes antes de acionar amigos e promover um mutirão para encobrir os buracos da rodovia – com cimento, areia e pedra, não com asfalto e, detalhe importante, debaixo da chuvarada de março.

Nas redes sociais, onde a foto foi publicada, houve quem aplaudisse a iniciativa. Mas também houve quem tenha visto na divulgação nada mais que mero oportunismo, apenas um desejo incontrolável de aparecer. Diante das muitas críticas, o rapaz acabou excluindo a polêmica foto. Pena (para ele) que alguns internautas salvaram-na antes que desaparecesse de vez. Sendo ou não oportunismo, o fato é que o vereador pinheiralense não foi o primeiro – e certamente não será o último – a lançar mão desse tipo de ‘marketing pessoal’ para tentar fazer bonito junto aos eleitores.

Em Barra Mansa, se ele não sabe, praticamente todos os vereadores participam de mutirões de limpeza e aproveitam a oportunidade para se deixarem fotografar com a mão na massa. Ou na enxada. Ou na vassoura. Tem mais. Quando não podem estar presentes, fazem questão de enviar integrantes de suas equipes – em alguns casos, devidamente ‘uniformizados’ – para, depois, publicar no Facebook todas as fotos da empreitada. 

Embora muitos internautas não poupem críticas à ‘mania’ dos vereadores e afirmem – cobertos de razão – que eles deveriam se ater mais à função para a qual foram eleitos e deixar a limpeza urbana para as prefeituras, uma coisa é certa: de bobos os parlamentares não têm nada, nadica de nada. Sabem (e muito bem) o que estão fazendo.

De acordo com Levi Gama, publicitário e especialista em Marketing Político, uma imagem positiva na cabeça do eleitor é muito mais importante do que horas e horas de atuação parlamentar exemplar. “Se colocar a mão na massa é uma atitude natural do vereador, ele deve divulgar essa imagem. Isso agrega valor ao indivíduo”, explica, frisando, porém, ser fundamental que os vereadores desempenhem o papel de legisladores – apresentando projetos de lei e fiscalizando o Executivo.

Ainda de acordo com Levi, é importante que os parlamentares levantem bandeiras inteligentes e mostrem aos seus eleitores empenho em causas diversas. Para isso, diz, vale até capinar terrenos baldios. “Por exemplo: o vereador constata que o Poder Público está demorando a fazer uma capina no bairro e decide colocar a mão na massa. Assim, ele mostra que o que está faltando é boa vontade. Isso pode ser o pontapé inicial para que a prefeitura se mobilize e faça o trabalho que é necessário”, explica o publicitário, acrescentando que, se a prefeitura se mexer depois disso, os pontos positivos vão todos para o vereador. “Pode-se ter o mesmo resultado com requerimentos, discursos e reuniões com o prefeito e secretários, mas a iniciativa não estaria registrada na cabeça do eleitor com imagens reais”, emenda.

Para Levi, o artifício de divulgar fotos varrendo ruas e capinando terrenos, dentre outras, é uma “iniciativa inteligente” de produzir imagens positivas junto aos eleitores. Mas ele faz questão de esclarecer que esta não deve ser uma prática focada no resultado primário. “O vereador tem que pensar que a atitude de colocar a mão na enxada não tem simplesmente o objetivo de capinar um pedaço de terra. Ele precisa ter em mente a promoção de mudanças de comportamento na população e no Executivo”, finaliza. 

Mas nem todos...
Durante a semana, o aQui enviou a todos os vereadores de Barra Mansa um pequeno questionário relacionado ao assunto para que dissessem, dentre outras, se publicar fotos ‘obrando’ (sem trocadilhos, por favor!) realmente atrai a simpatia dos eleitores. Raridade entre os parlamentares barramansenses, o vereador Jaime Alves garante que não faz uso deste expediente. Em sua página no Facebook, afirma, divulga seu trabalho como político e publica assuntos de seu interesse pessoal. E só. Nada de fotos pegando no pesado. “Não sou adepto deste tipo de política. Gosto de trabalhar principalmente com projetos de lei. No entanto, a maioria das pessoas desconhece as atribuições do vereador, que é legislar e fiscalizar o executivo”, garante.

Por essas e outras, diz Jaime, os mutirões de limpeza com a participação ‘especial’ de vereadores acabam caindo no gosto popular. “Isso acaba, sim, agradando e fidelizando os eleitores. Faz parte da cultura política do nosso povo e a maioria dos vereadores é adepta dessa prática”, analisa o parlamentar, que não é dos que dizem ‘desta água jamais beberei’. Veja o que ele diz: “Até o momento não postei esse tipo de foto, pois, como disse anteriormente, não gosto de fazer esse tipo de política. Não digo que em algum momento eu não venha a fazer, mas não é o tipo de trabalho que gosto de fazer”, sublinha, lembrando que, desde o início de seu mandato, já apresentou 21 projetos de lei à Câmara, desde que assumiu a cadeira do polêmico Chris Vieira, hoje atuando como secretário de Esportes do governo comunista Jonastonian Marins. 

Quem também respondeu ao questionário foi o vereador Luiz Furlani. Ao contrário de Jaime, ele posta muitas fotos participando das mais variadas ‘faxinas’. Questionado sobre se publicar fotos de trabalho braçal é uma prática importante para fidelizar os eleitores, Furlani foi direto. “Valorizo o trabalho junto à comunidade e não importa de que forma seja”, resumiu, garantindo ter apresentado, desde o início do mandato, “dezenas de projetos de lei”. “Os projetos de lei demoram a ser votados, pois precisam passar pelas comissões. Então, devido a isso, tive três projetos aprovados, um sancionado pelo prefeito e dois aguardando serem sancionados”, informa.

Já o vereador Marcelo Cabeleireiro – autor, até o momento, de 10 projetos de lei – esclareceu que, em sua opinião, atuando como fiscalizador e criando leis pode beneficiar muito mais a população do que participando de mutirões. “Nunca fiz mutirão, só posto no Facebook algumas solicitações de serviços públicos”, frisa o petista.

O vereador Beleza, por sua vez, garantiu que não tem feito de seu perfil no Facebook uma ferramenta político-partidária. “Uso para fins políticos, no sentido de que busco o engajamento das pessoas às causas que defendo”, explicou, afirmando que procura publicar atividades e encontros importantes dos quais participa. “E tudo o que eu considerar interessante, que mereça ser divulgado”, emendou o parlamentar, autor de nove projetos de lei. Ainda de acordo com ele, não está entre suas práticas publicar fotos que mostrem-no trabalhando em mutirões. Para Beleza, o modo de fidelizar o eleitorado é outro: “Penso que cada vereador deve se manter fiel ao que propôs na campanha e buscar fazer o máximo pela cidade. Os eleitores reconhecerão. Isso pode fideliza-los”, acredita. 

Até o fechamento desta edição, os demais vereadores – Denílson; Baianinho; Ivan de Rialto; Leiteiro; José Marques; Luis Antonio Cardoso; Paulo Xuxu; Pedrinho; Ricardo Arbex; Rodrigo Drable; Ueslei Brito; Lia Preto; Roque da Coringa; Vicentinho e Pissula – não haviam respondido ao e-mail que lhes foi enviado. Deviam estar muito ocupados virando massa ou varrendo calçadas. Quem sabe? Confira na matéria as fotos que os ilustres parlamentares têm publicado em seus perfis no Facebook. 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.  

Compartilhe com Seus Amigos! |

:: Destaques

:: Notícias Relacionadas

:: Edições

© Jornal aQui.
Todos os direitos reservados.
Este material não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização.