Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0
Publicado em 22/10/18, às 12:10

Noites quentes

Um bom arrasta-pé faz a alegria de muita gente, principalmente se for às sextas-feiras, sem hora certa para acabar. Mas não é disso que gostam os vizinhos do Clube Náutico, em Volta Redonda. Há um mês e meio eles sofrem com o evento de forró que é realizado no clube, nas noites de sexta, das 23 às 4 horas. “Moro a dois quarteirões do clube, próximo da delegacia, e o barulho incomoda muito, mesmo dentro de casa, com tudo fechado e a televisão ligada”, desabafou um deles, que preferiu não se identificar.

Sócio do Náutico, ele diz que frequenta quase todos os bailes e shows, mas a zoeira só acontece nos dias do forró. “Engraçado é que nem nos dias de funk isso incomoda tanto. A festa Ploc (anos 80, grifo nosso), o pagode, nada dá problema. Só o forró mesmo”, relatou, garantindo que todos os moradores do quarteirão em que mora – onde residem muitos idosos – estariam incomodados com o barulho do forró do Náutico. “O bairro é de idosos, aqui tem muita viúva de peão da CSN, então o pessoal está realmente incomodado com o barulho”, pontua.

Procurado pelo jornal, um dos diretores, que se identificou como Paulo César, se mostrou surpreso com a queixa dos moradores, e afirmou que já na próxima edição do evento (ontem, sexta, 19) iria tomar providências. “Não sabia que estava perturbando, vamos tentar adequar o som. E se não resolver, podem me procurar aqui na secretaria do clube. Não queremos prejudicar ninguém, principalmente os vizinhos”, disse Paulo.

Ele confirmou que o forró começou há cerca de um mês e meio, e é feito com show ao vivo. “O clube tem quase 70 anos, e sempre tivemos um bom relacionamento com os vizinhos”, afirma o diretor. Que assim continue!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.