Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 15 de Novembro de 2019
0
Publicado em 15/10/18, às 08:16

Nenhum do aço

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio terá uma renovação de 51% a partir do ano que vem. A composição da próxima legislatura, determinada pelo resultado das eleições de domingo, 7, contará com 34 deputados reeleitos, como é o caso de Tutuca (Piraí) e André Corrêa (Valença), e com 36 parlamentares que começarão seu primeiro mandato, caso do barramansense Marcelo Cabeleireiro. A posse dos novos integrantes da Alerj acontecerá em fevereiro de 2019. A maior bancada será do PSL de Bolsonaro, com 13 deputados. Em sequência vem a bancada do DEM, com seis parlamentares, seguida pela do PSol, com cinco. O deputado mais votado foi Rodrigo Amorim (PSL), com 140.666 votos.

A eleição para a Alerj, que não contou com a participação dos voltarredondenses Edson Albertassi (MDB), Gotardo Neto, e Nelson Gonçalves (PSD que se candidatou à Câmara) foi trágica para quem sonhava conquistar os votos deixados pelos três parlamentares. Baltazar, Jari, Munir, Márcia Cury, Dinho, Hermiton e Sukinho, entre outros, candidatos por Volta Redonda, maior reduto eleitoral do Sul Fluminense, fiaram de fora. Baltazar, o mais votado com 27.558 votos, não se elegeu e, detalhe, teve mais votos que os últimos 10 eleitos para a Assembleia Legislativa. Teve quase 10 mil votos a mais (9.555) do que o polêmico Marcelo Cabeleireiro, que se elegeu por contar com o apoio do prefeito Rodrigo Drable.   

Bancada feminina

Um dos destaques foi o crescimento da bancada feminina da Casa. Na próxima legislatura serão 12 mulheres, um aumento de 33% em relação às nove deputadas que exercem mandato atualmente na Alerj. A campeã de votos foi a paraquedista do exército Alana Pessoa, que teve pouco mais de 106 mil votos e foi a terceira mais votada dos 70 eleitos.

Entre as eleitas estão ainda três mulheres que trabalhavam no gabinete da vereadora Marielle Franco (PSol), executada em março deste ano no Estácio, região central do Rio. São elas: Mônica Francisco, Renata Souza e Dani Monteiro, todas do PSol.

Confira a lista dos novos deputados:

Rodrigo Amorim (PSL) – 140.666 votos

Alana Passos (PSL) – 106.253 votos

Alexandre Knoploch (PSL) – 103.639 votos

Coronel Salema (PSL) – 99.459 votos

Renata Souza (PSol) – 63.937 votos

Daniel Librelon (PRB) – 63.767 votos

Max Lemos (MDB) – 59.672 votos

Delegado Carlos Augusto (PSD) – 56.969 votos

Rosane Felix (PSD) – 53.644 votos

Franciane Motta (MDB) – 45.123 votos

Mônica Francisco (PSol) – 40.631 votos

Anderson Moraes (PSL) – 40.540 votos

Gustavo Schmidt (PSL) – 34.869 votos

Vandro Família (Sdd) – 33.315 votos

Carlo Caiado (DEM) – 32.435 votos

Welberth Rezende (PPS) – 31.725 votos

Renato Zaca (PSL) – 31.627 votos

Gil Vianna (PSL)* – 28.636 votos

Dani Monteiro (PSol) – 27.982 votos

Filippe Poubel (PSL) – 27.832 votos

Doutor Serginho (PSL) – 26.906 votos

Pedro Brazão (PR) – 26.846 votos

Chicão Bulhões (Novo) – 26.335 votos

Rodrigo Bacellar (Sdd) – 26.135 votos

Marcelo do Seu Dino (PSL) – 25.497 votos

Anderson Alexandre (Sdd) – 25.384 votos

Val Ceasa (Patriota) – 25.259 votos

Valdecy da Saúde (PHS) – 23.307 votos

Márcio Gualberto (PSL) – 23.169 votos

Pedro Ricardo (PSL) – 22.006 votos

Léo Vieira (PRTB) – 20.751 votos

Alexandre Freitas (Novo) – 20.234 votos

Marcelo Cabeleireiro (DC) – 18.003 votos

Subtenente Bernardo (Pros) – 16.855 votos

Giovani Ratinho (PTC) – 13.234 votos

Marina (PMB) – 12.294 votos

*Gil Vianna é suplente e já exerceu mandato temporariamente na atual legislatura.

Colaboração: Comunicação Social

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.