Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019
0
Publicado em 07/10/19, às 09:15

Mudanças no trânsito



Na noite de quinta, 3, o secretário de Transporte e Mobilidade Urbana de Volta Redonda, o ex-vereador Maurício Batista, cortou um dobrado ao falar, para uma plateia de presidentes das associações de moradores da cidade, sobre as mudanças que sua pasta vai promover, experimentalmente, no trânsito do Aterrado, um dos mais importantes centros comerciais do município. Não foi fácil. Mas ele conseguiu, por uma simples razão: trafegar pelo bairro era e ainda é um ‘Deus nos acuda’.
Entre as mudanças, destaque para a alteração no trânsito da Avenida Sete de Setembro, que terá mão dupla. “Vamos reverter uma das mãos da Ponte Presidente Médice e da Avenida Sete de setembro, readequando os espaços de estacionamento para permitir uma conexão direta ligando a ponte (rebatizada de Bispo D.Waldyr Calheiros) ao Viaduto Heitor Leite Franco”, explicou o diretor de Mobilidade Urbana da STMU, Igor Azevedo.
“Você vai sair de Niterói e seguir em linha reta até a Colina”, detalhou Maurício Batista, garantindo que tudo será feito de forma experimental. “Nós acreditamos que vai melhorar muito o fluxo do trânsito. Caso não dê certo, nós teremos a humildade de reconhecer e desfazer a mudança”, prometeu. Apesar da data da implantação das mudanças ainda não estar definida, o que se sabe é que elas poderão ocorrer no feriado do dia 12 de outubro ou no dia 2 de novembro.
A presidente da FAM (Federação de Associação de Moradores), Fátima Martins, viu como respeitoso o gesto de Maurício Batista apresentar o projeto às associações antes da implantação. “Toda alteração de trânsito gera uma polêmica. Se tem um estudo técnico, vamos experimentar. Se não der certo ou precisar fazer alterações, que seja feito. Se a proposta é melhorar, vamos melhorar”, pontuou.
Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.