Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018
0
Publicado em 26/11/18, às 10:21

Mudanças no Jardim Amália

Desde a posse de Maurício Batista, há pouco mais de um mês, a secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana de Volta Redonda tem trabalhado duro para melhorar o trânsito no município. Algumas ações, experimentais, é bom que se diga, já melhoraram a circulação de veículos. Dentro da programação da pasta, a próxima via a receber intervenção será a Rua Coronel Camilo de Assis, no Jardim Amália I. A partir de hoje, sábado, 24, o trecho entre a rotatória da Praça Dona Santinha até a Rua Senador Alfredo Ellis passará a funcionar com mão inglesa (os veículos seguirão à esquerda da via).

 

“O objetivo é acabar com o congestionamento que existe logo abaixo do viaduto e que se prolonga até a rodovia nos horários de pico. O motorista que vier da Rodovia Lúcio Meira com intenção de ir ao supermercado localizado ali na via, por exemplo, terá que ir até a rotatória para chegar a seu destino”, explicou o diretor de Trânsito, Bruno Soares, explicando ainda que para acessar o Jardim Amália não haverá mudança. “Quem for para o Jardim Normândia, após a mudança, terá que ir até a Rua Santo Mucianini porque a Senador Alfredo Ellis passará a operar em mão única e servirá somente como saída do Jardim Normândia”, destacou.

 

Maurício Batista foi além. Explicou que as modificações foram planejadas com base em estatísticas. “Queremos reduzir os congestionamentos e reforçar a segurança. Trabalhamos em cima de estudo junto com a Guarda, com base em ocorrências, verificando onde estão os maiores índices de acidentes”, disse, ganhando apoio do prefeito Samuca Silva. “Estamos realizando alterações em vagas de estacionamento, mudanças de mão em ruas e avenidas, adequações e sinalizações, tudo para melhorar a mobilidade em Volta Redonda. Aos poucos os cidadãos vão sentindo a melhoria ao circular pela área urbana da cidade”.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.