Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 24/07/17, às 08:17

Márcia – o retorno

Mácia Cury Diretora do HMMR 03.05.16.

Parece piada, mas não é. É, por sinal, difícil de acreditar, isso sim, mas a ex-secretária de Saúde de Volta Redonda, Márcia Cury, está de volta ao Palácio 17 de Julho. Deve voltar como assessora especial de Samuca Silva para a área da Saúde. A informação obtida pelo aQui ainda não é oficial. “Não sei se posso adiantar isso a vocês, tenho que falar com o Lizareli!”, argumentou Márcia, ao ser localizada ontem à tarde, por volta das 17 horas.

 

O contato com Márcia por telefone celular foi difícil. A princípio, a ex-futura diretora administrativa do Hospital Regional, limitou-se a usar a estratégia de dizer que estava dirigindo e que o sinal de telefonia estava muito ruim. E pediu que se tentasse falar com ela no final da tarde. Depois de muita insistência, Márcia atendeu o telefonema do aQui e tentou despistar. “Não posso dizer nada, isso é o com o Adriano Lizareli”, disparou, referindo-se ao secretário de Comunicação da prefeitura de Barra Mansa.   

 

Para quem não se lembra, há praticamente um mês, Márcia havia deixado o cargo de secretária de Saúde de Volta Redonda, sendo nomeada por Samuca para ocupar uma das diretorias do Hospital São João Batista. Ao chegar à unidade, acompanhada por assessoras que queria levar para o HSJB, Márcia teria sido mal recebida. Foi o bastante para jogar a toalha. Abandonou Samuca e, como o aQui noticiou, foi recebida de braços abertos pelo governo Pezão. 

 

Márcia, ex-diretora do Hospital do Retiro no governo Neto, ex-diretora do Hospital São João Batista e ex-secretária de Saúde do governo Samuca, atualmente estava ocupando cargo em comissão do governo Pezão, com salário da ordem de R$ 2 mil. Se dependesse apenas da vontade do secretário estadual de Saúde, Luiz Antônio Teixeira, ela iria ocupar uma das diretorias do futuro Hospital Regional. Em entrevista exclusiva ao aQui (edição 1051), Luizinho, como é conhecido, chegou a dizer que Márcia assumiria o RH da unidade.   

 

Aliás, para justificar sua ida ao Palácio 17 de Julho na tarde de quarta, 19, Márcia teria dito a aliados que estaria tentando convencer o prefeito Samuca Silva a entregar a responsabilidade administrativa do futuro Hospital Regional para o governo do Estado. Pelo visto, ele concordou, desde que ela, Márcia, passasse para o lado dele. E ela deve passar. Mas, que ela saiba desde já que caciques do PMDB não teriam digerido sua mudança de rumo.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.