Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
0
Publicado em 08/01/18, às 09:36

Jacaré do Mal e do Bem

Do mal

andre_correa_etica_2

André Correa, deputado estadual, eleito pela pequena cidade de Valença, merece o troféu do Jacaré do Mal, por dois motivos: quer acabar com a CSN e, por tabela, com Volta Redonda. Por ele, que não teve nem 400 votos dos eleitores voltarredondenses, a cidade do aço vai virar uma cidade fantasma.

 celso jacobcor

Celso Jacob – O deputado federal, ex-prefeito de Três Rios, ganhou notoriedade ao tentar entrar no presídio, onde cumpre pena, com queijo escondido na cueca. É demais.     

 

Ônibus elétrico – a ideia de oferecer transporte gratuito dos bairros para as áreas centrais de Volta Redonda, a fim de estimular a população a gastar nas lojas dos centros comerciais, pode até ser uma boa jogada política. Mas, na prática, não funcionou. Leva o Jacaré do Mal quem levou o prefeito Samuca a pagar tal mico desnecessário. O ônibus elétrico só serviu para passeios de poucos idosos e estudantes querendo usar o Wi-Fi gratuito. Que não saia mais da garagem de onde veio.  

 

CEF – A Caixa Econômica Federal deveria ser exemplo de um banco social. Deveria. Virou, nas mãos de políticos de Brasília, um banco de negócios ‘acima de qualquer suspeita’, como os denunciados na Lava Jato.

DSC_0010_91_cor

Wellington Silva – Conseguiu uma proeza: fez com que muitos motoristas tivessem saudade do impopular Barenco, ex-presidente da Suser. Está até hoje atirando para todos os lados e em um ano não criou a pista seletiva para ônibus da Avenida Paulo de Frontin. A faixa da Vila, do tempo de Barenco, continua sem dizer para que foi criada.

12033196_803604289748955_6249128360058359531_n

Joselito Magalhães – Como presidente da Associação Comercial de Volta Redonda, nunca deveria ter ido para a secretaria de Desenvolvimento Econômico do governo Samuca. Poderia até ter indicado um ‘amarra-cachorro’, mas pelo cargo que ocupa na Aciap-VR, sua postura sempre será a de defender a classe e não o povo, que paga o seu salário.     

 

Fórum das Entidades Empresariais de Volta Redonda – O MEP da Burguesia, como foi apelidado nos bastidores do Palácio 17 de Julho, foi criado para dar pitacos no governo Samuca. O máximo que fez foi dar um pito em um vereador por apresentar um Projeto de Lei que não agradava aos empresários. Nem ao vice-prefeito Maycon Abrantes.

sergio cabral

Sérgio Cabral – Merece o troféu Jacaré do Mal por tudo que fez ou deixou de fazer no estado do Rio, em Brasília e, porque não, em Paris. A força-tarefa da Lava Jato já o denunciou 16 vezes. Foi condenado em quatro oportunidades e terá que cumprir pena de 84 anos. Não vai cumprir, é claro. 

mauro campos_cor

Maurinho – Dublê de político e empresário de família rica, o ex-presidente da Aciap-VR tentou manipular Samuca desde que este era candidato a prefeito. Ainda não saiu do Palácio 17 de Julho, mas seu ‘poder’ está fazendo água.    

 

Rodoviária da Ponte Alta – É a pior e mais feia coisa que existe em Volta Redonda. Já ganhou vários Jacarés ao longo dos últimos anos e ganha mais um, por um simples motivo: não merece existir, por não ter passageiros. A quantidade de pessoas que usam o terminal daria para encher uma Kombi dos anos 60. Segundo especialistas, pelo ‘terminal’ passam cerca de 180 a 200 ônibus por dia. Detalhe: não têm passageiros nem para encher 10 deles. Deveria ser destruída, dando lugar a alguma coisa mais útil para a população.

 

Do bem

ONU - samuca gabinete (1)

Samuca Silva – Embora tenha passado o ano como se candidato ainda fosse, o prefeito Samuca Silva merece o Jacaré do Bem por ter, com uma jogada de mestre, assumido duas unidades de Saúde que estavam falidas, entregues às baratas: o Hospital Santa Margarida e o Hospital São Camilo. Só isso já basta para lhe dar o título de ‘o melhor o ano de 2017’.

alfredo-peixoto-e-o-novo-secretario-de-saude

Alfredo Peixoto – O atual secretário de Saúde de Volta Redonda teve a difícil missão de substituir a ‘poderosa’ Márcia Cury, queridinha de alguns grupos políticos. Fez tão bem que ela simplesmente sumiu do mapa. De quebra, Alfredo mostrou que, como veterinário de formação – e dos bons, pode desenvolver e melhorar a Saúde de Volta Redonda.

fernando garcia_cor

Samuquinha – O irmão quase gêmeo de Samuca passou os 12 últimos meses trabalhando nos bastidores do Palácio 17 de Julho para ganhar o prêmio maior da atual gestão: assumir uma poderosa secretaria municipal e ser o candidato do prefeito em 2018. Tá quase lá. 

Silvio Campos - P. Dimas (3)

Silvio Campos – Polêmico como todo sindicalista, o presidente do Sindicato dos Metalúrgicos fez das tripas coração ao brigar com a CSN e a MAN, entre outras, para defender a empregabilidade dos operários da região. E conseguiu, embora seus adversários não reconheçam.

mauricio batista

Mauricio Batista – o ex-vereador sempre foi um adversário do Palácio 17 de Julho ganhando a fama, por seus atos contra o ex-prefeito Neto, de ser um ‘homem-bomba’. Com Samuca no poder, Mauricio Batista mostrou ser um excelente negociador e o atual prefeito navega em mares…          

deley

Deley – Apesar das investidas de forasteiros, a cidade de Volta Redonda continua sendo bem representada pelo deputado federal Deley de Oliveira. Só em emendas, ele conseguiu emplacar R$ 2,4 milhões,  e outros R$ 2 milhões em emendas genéricas só para a cidade do aço. De quebra, continua a atazanar a vida de Benjamin Steinbruch, presidente da CSN. 

rodrigo

Rodrigo Drable – Pegou uma prefeitura quebrada por conta da má administração do comunista Jonas Marins e pagou tudo o que encontrou em ordem. E ainda teve recursos para inaugurar escolas e creches.

Screenshot_121

Park Sul – Depois de passar meses assustando a população, as obras do novo shopping de Volta Redonda, localizado na Rodovia dos Metalúrgicos, estão a todo vapor e o empreendimento deverá abrir as portas no segundo semestre do ano.  

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.