Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 26 de Setembro de 2018
0
Publicado em 26/12/17, às 09:13

Investimento milionário

Conforme o aQui anunciou com exclusividade, Volta Redonda recebeu na manhã de sábado, 16, com uma carreata, os 26 novos ônibus das três empresas de transportes que atuam nas linhas municipais da cidade do aço. O investimento foi milionário, da ordem de R$ 10,5 milhões, valor correspondente aos chassis e carrocerias adquiridos, além dos equipamentos internos dos veículos, mais os programas de GPS e Wi-Fi.

 

 Com os 26 novos veículos, que já estão rodando, os empresários do setor cumpriram o acordo feito com o prefeito Samuca Silva de renovar, no mínimo, 10% da frota dos coletivos até o final do mês de dezembro. O percentual foi, inclusive, superior ao pré-determinado, que era de 20 ônibus. As empresas Elite e a Sul Fluminense, por exemplo, compraram, cada uma, 10 novos ônibus e a Pinheiral outros seis veículos, segundo, informações do Sindpass (Sindicato Patronal das Empresas de Ônibus do Sul Fluminense). 

 

“É um investimento das empresas para a população de Volta Redonda. Exigimos delas também que todos os ônibus tivessem Wi-Fi; que os idosos não fossem impedidos de entrar nos coletivos; e que os impostos fossem pagos rigorosamente em dia, o que está ocorrendo”, ressaltou Samuca ao acompanhar a entrega dos novos veículos pela cidade. “Os impostos estão sendo utilizados na área da Saúde”, completou.

 

A entrega dos novos ônibus aconteceu bem cedo na Ilha São João, e depois, em carreata, passaram pelo Retiro, Açude, Aterrado, Centro, Vila Santa Cecília, Conforto, 207, Mangueira, São Lucas, Jardim Belvedere, São Geraldo, Jardim Amália, Água Limpa e Santo Agostinho. “É um momento histórico e único para Volta Redonda. É uma repercussão para a mobilidade urbana. Com isso, vamos trazer mais pessoas para o transporte coletivo da cidade, com maior dignidade aos usuários. Essa é uma proposta da atual gestão: que tenhamos um sistema de transporte que seja referência para outras cidades. Os novos veículos são o primeiro passo da grande transformação e peço aos usuários que conservem esse bem que é da população”, destacou Wellington Silva, secretário de Transporte e Mobilidade Urbana.     

 

A compra dos novos veículos, para Paulo Afonso Paiva Abrantes, presidente da Sindpass, foi fruto de um diálogo com o prefeito Samuca Silva. “Foi (diálogo) fundamental para aquisição desses ônibus. O prefeito acreditou nas empresas e cumprimos o prometido. Nós, empresários do transporte coletivo, sempre tivemos dificuldades para ter esse crédito junto ao poder público”, afirmou, para logo acrescentar: “A nova frota é menos poluente e, o que é melhor, os piores veículos serão retirados de circulação. Equipamos todos os novos ônibus com wi-fi, com câmeras de monitoramento interna e externa e alguns deles com ar condicionado”, pontuou Paulo Afonso.   

 

O presidente do Sindpass foi além. E lembrou das faixas exclusivas criadas e ainda por criar. “O governo está implementan-do vias expressas que são fundamentais para a mobilidade urbana. Isso deu certo nas avenidas Amaral Peixoto e Getúlio Vargas (ambas no Centro) e agora esperamos que o Retiro e o Aterrado também recebam essas vias”, comentou.

Elogios

Embora tenha provocado vários contratempos ao longo do trajeto, especialmente no Aterrado e na Vila, a carreata dos novos ônibus despertava a curiosidade da população. “Enfim, teremos ônibus de qualidade. Com o wi-fi e ar condicionado, não vou nem querer descer do ônibus”, brincou a vendedora Sabrina de Oliveira, 26, que trabalha na Avenida Sávio Gama, no Retiro, e mora no Santo Agostinho.

No Açude, quem elogiou o investimento dos empresários de ônibus foi a manicure Tânia Ferraz, 45. “A prefeitura está de parabéns e, agora, teremos um transporte confortável para irmos trabalhar”, frisou ela, que utiliza o coletivo pelo menos duas vezes por dia.    

 

Morador do Conforto, o aposentado José Augusto Ferreira, 68, também gostou da postura do governo Samuca. Para ele, o mais importante é obrigar as empresas a deixarem os idosos entrarem de graça nos veículos. “É lei e as empresas têm que cumprir. Trabalhamos a vida toda para a cidade e, agora, precisamos de alguns benefícios, com a entrada gratuita nos ônibus”, ressaltou.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.