Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 04/09/17, às 09:53

Grampos Barra Mansa

PPA (I) – Previsto no artigo 165 da Constituição Federal e regulamentado pelo Decreto 2.829, de 29 de outubro de 1998, o PPA (Plano Plurianual) 2018/2021 da prefeitura de Barra Mansa já chegou às dos vereadores para que estes façam a análise da mensagem e do Projeto de Lei do plano.

Elaborado por uma comissão orçamentária composta por membros das secretarias de Planejamento Urbano, Controladoria Geral do Município, Fazenda e demais secretarias, o PPA estabelece as diretrizes, objetivos e metas a serem seguidos pela administração pública no período de quatro anos.

“O Plano é fundamental para o equilíbrio do sistema orçamentário. Neste momento de escassez de recursos financeiros, motivados pela crise nacional e a situação encontrada nas finanças municipais, o prefeito Rodrigo Drable recomendou ao secretariado máxima atenção na distribuição de recursos de forma que a sociedade seja contemplada com programas e ações, gastando menos e produzindo mais resultados”, disse Jorge Melhem, secretário de Planejamento Urbano.

 

PPA (II) – Segundo Melhem, caberá aos vereadores fazer a análise do Plano e, depois de aprovado, será direcionada a distribuição de recursos para a Lei Orçamentária de 2018, observadas as premissas contidas na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias).

“Para o prefeito, através de sua expressiva recomendação ao secretariado, o PPA não deve se constituir apenas em uma peça de ficção ou um documento de prateleira, haja vista que, por sua determinação, vários projetos que compuseram seu Plano de Governo durante o processo eleitoral e foram submetidos à aprovação da sociedade, constam nele”, completou. “É a peça mais importante do sistema, porque dele derivam as diretrizes para que sejam formuladas as Leis de Diretrizes Orçamentárias e Leis Orçamentárias Anuais, durante vigência de quatro anos”, finalizou.

 

Entidades filantrópicas – De autoria do vereador Wellington Pires (PP), a Câmara de Barra Mansa aprovou o Projeto de Lei 1.430/2017 que altera a Lei 4.487, ampliando o rol das entidades beneficiadas pelas doações feitas por meio da conta de água e esgoto. Pela atual legislação, apenas a Santa Casa de Misericórdia estava cadastrada e, com alteração, também serão contempladas a Apae-BM, SOS-BM, asilos e entidades de defesa de direitos constituídas na forma de política de assistência social.  O vereador lembra que a contribuição, por meio das contas do Saae, é de caráter voluntário e não se tornará obrigatória, em hipótese alguma, podendo ser suspensa pelo usuário sem aviso prévio.

 

Pátio de Manobras – Na terça, 29, os barramansenses ficaram sabendo de mais um capítulo da novela Pátio de Manobras. Foi em Brasília e contou com representantes de diversas diretorias do Dnit, do MPF, do prefeito Rodrigo Drable e do deputado federal Deley de Oliveira (PTB). E para variar, a reunião terminou com a promessa do Dnit de responder à proposta formulada pelo MPF, que, engraçado, não foi divulgada. O MPF deve, em breve, organizar junto com a prefeitura e o Dnit uma audiência pública, na qual serão analisados todos os pontos discutidos em Brasília. Que assim seja.

 

Pátio de manobras – Apesar de não ter dado fruto, o prefeito Rodrigo Drable se mostrou otimista. “O sonho da retirada do Pátio de Manobras, que estava virando um pesadelo, pode voltar a ser sonho agora. Saio otimista deste encontro”, afirmou o prefeito.

O deputado federal Deley de Oliveira, que ajudou a intermediar a reunião, seguiu a mesma linha. “Até pelo clima de todos os atores presentes, saio otimista também. É claro que todas as soluções que foram debatidas aqui serão, agora, levadas até a população, que será afetada por tudo que discutimos. Em breve teremos boas notícias, se tudo continuar neste caminho”, disse Deley. Que assim seja!

 

Social – Hoje, sábado, 2, tem sarau em comemoração ao aniversário de 84 anos da Aciap-BM. Será no auditório da Aciap, a partir das 18 horas.

 

Saae– O Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Barra Mansa tem buscado melhorar a qualidade de leitura e marcação dos hidrômetros, e também a quantificação da água captada e distribuída no município. Dessa forma, providenciou a compra de novos hidrômetros e macromedido-res para serem instalados nas casas e em todas as ETAs (Estações de Tratamento de Água) a partir de outubro. O investimento total é de cerca de R$ 670 mil. Devem ser trocados todos os hidrômetros com cinco anos de uso ou se houver problemas de medição. A previsão é que a troca seja de um total de 11,2 mil hidrômetros.

Dutra (I) – Depois de reclamar – e muito – da Via Dutra, o prefeito Rodrigo Drable recebeu na segunda, 28, em seu gabinete, o diretor-presidente da CCR Nova Dutra, Ascendino Mendes. “Nosso encontro busca soluções para melhorar o dia a dia e a qualidade dos nossos problemas”, disse o prefeito. Tá bom.

 

Dutra (II) – Já o presidente da concessionária, Ascendino Mendes, disse que se sentia muito grato em se reunir com o prefeito e estar em sintonia com os municípios que são cortados pela rodovia. “Bom que a gente conheça as necessidades da população para solucionar as pendências. Essa vinda a Barra Mansa é muito importante e nos proporciona estar em contato direto com o município”. Conta outra!

 

Livres – O diretório do Livres (antigo PSL) de Barra Mansa será comandado pelo jornalista Diego Raffide, tendo como vice-presidente, Pedro Henrique Brisolla. O tesoureiro será Paulo Freitas e o secretário geral, Caio Miranda. Os quatro foram empossados na quinta, 24, em encontro no gabinete do deputado estadual Gothardo Neto na Alerj. O presidente estadual da legenda, Paulo Contijo, e o secretário-geral, Vinicius Oberg, também estiveram presentes. “Vamos começar a estruturar o partido e encontrar nomes que possam somar à nossa ideologia. Ainda vamos completar a Executiva com outros nomes e começar o processo de filiação”, afirmou Raffide.

 

Pastor – O prefeito Rodrigo Drable recebeu na quinta, 24, a visita do pastor Gerson Costa, que lhe deu o CD “Louvor e Gratidão”, lançado pelo religioso pela sua esposa Rosalha Costa, que também estava presente. Ficou acertado que no próximo dia 15 de setembro, a prefeitura de Barra Mansa realizará mais um “Café com Pastores”. Será no Parque Municipal de Saudade, a partir das 8 horas, e, na ocasião, o casal fará uma apresentação musical, com a presença do cantor Ronaldo Santos. 

“Não dê esmolas” – Esse é o slogan, bem apropriado, por sinal, para uma campanha que está sendo desenvolvida, desde sábado, 26, pela secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa com o intuito de incentivar os moradores de rua a procurar ajuda. Funcionários do Cras (Centro de Referência em Assistência Social), Centro POP e Conselho Tutelar foram às ruas, passando pelas lojas do comércio da cidade, distribuindo panfletos com orientações para que a população evite dar esmolas. A justificativa para a campanha é fazer os barramansenses entenderem que dar dinheiro aos moradores de rua não é uma ação positiva. Muito pelo contrário. Faz com que eles permaneçam nas ruas.  “Barra Mansa precisa ter a consciência de que se a população em situação de rua tiver dinheiro, eles não buscam meios de sair dela. Nós temos o Centro Pop que está preparado para atender essas pessoas, com alimentação, orientação e atendimento técnico adequado. Queremos que os barramansenses nos ajudem a encaminhar essas pessoas para nosso atendimento, ao invés de dar dinheiro”, destacou a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Ruth Coutinho.

Além do Centro Pop, que conta com profissionais especializados para fazer a reinserção familiar, Barra Mansa terá em breve o abrigo municipal. O local está sendo construído no bairro Saudade e terá estrutura para atender cerca de 50 pessoas. Seu funcionamento está previsto para começar em 60 dias.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.