Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019
0
Publicado em 08/07/19, às 11:39

Grampos

Cipa (I) – O Ministério Público do Trabalho recomendou à CSN que passe a constar, expressamente, nas atas das reuniões extraordinárias da Cipa os questionamentos dos cipistas e dos gestores da CSN.

 

Cipa (II) – A decisão foi tomada após a procuradoria do Trabalho ter acesso à ata da reunião realizada no dia 17 de maio (dois dias depois do acidente em que 30 metalúrgicos inalaram pó preto da coqueria), e verificar que a mesma foi “lacônica no que pertine aos questionamentos por parte dos cipistas, assim como dos esclarecimentos prestados pelo gestor”.

 

Homenagem – Benjamin Steinbruch recebeu o Diploma José Ermínio de Moraes – uma premiação concedida pelo Senado a empresários de destaque do país. A premiação aconteceu em sessão especial na terça, 2. 

 

Luto oficial – O prefeito Samuca Silva agiu certo, com o coração, ao decretar luto oficial por três dias na cidade do aço por conta do falecimento de Dona Munira, na segunda, 1°. “Dona Munira, como era conhecida, era mãe do ex-prefeito Antônio Francisco Neto, prefeito por quatro mandatos. Ela também deixa os filhos Munir Francisco, Marco Antônio e Valéria”, comentou.

 

Paradas – No velório de D. Munira corria a informação de que a mãe do ex-prefeito Neto teria sofrido seis paradas cardíacas antes de falecer, na noite de segunda, 1. Ela foi internada originalmente no Hospital Unimed e teve que ser transferida para o Hospital das Clínicas de Volta Redonda. Motivo: segundo uma fonte, a transferência teria sido recomendada, pois um equipamento do Hospital da Unimed, necessário para a colocação de um stent, não estaria funcionando. O clima, que já era ruim, ficou pior.

 

Encontro – O velório de D. Munira atraiu centenas de amigos do ex-prefeito Neto, e, entre eles, estavam o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, e o ex-deputado estadual Ademir Melo, entre outros da cidade vizinha. Na cantina do cemitério, Rodrigo se encontrou com o ex-deputado federal Deley de Oliveira. “Já liguei seis vezes para você. Não quer me atender não?”, perguntou. Deley, com cara de assustado, pegou seu celular e disse: “Não recebi nenhuma ligação”, retrucou. “Falei com a Dora”, explicou Rodrigo, referindo-se à assessora do ex-parlamentar.      

 

Almoço – No frigir dos ovos, os dois combinaram um almoço, a ser realizado na casa do prefeito de Barra Mansa. 

 

Arte (I) – O grafiteiro paulista Helder Holiveira, a convite da prefeitura de Arcos (MG), com apoio da CSN e da Fundação CSN, é famoso na área e esteve grafitando a fachada inteira de um ginásio poliesportivo municipal, que também passa por várias intervenções e reformas. O trabalho pode ser visto em http://www.jornalcco.com.br/noticias/visualizar/artista-helder-holiveira-grafita-fachada-do-poliesportivo

Arte (II) – Aproveitando a parceria da prefeitura de Arcos com a CSN e a FCSN, fica a sugestão: por que não fazer o mesmo em Volta Redonda, envolvendo o Palácio 17 de Julho e a siderúrgica? O artista Anderson de Souza, disparado o melhor da cidade do aço, poderia muito bem dar vida ao ginásio do Recreio do Trabalhador, não acham?

 

Leilão – A Justiça do Trabalho de Volta Redonda e o leiloeiro oficial Fábio Manoel Guimarães realizam leilões presenciais e eletrônicos nos dias 9 e 22 de julho, a partir das 13 horas, na Justiça do Trabalho e pelo site www.leiloesjudiciais.com.br/rj. Mais informações em www.leiloesjudiciais.com.br/rj.

 

Zumba – Amanhã, domingo, 7, a partir das 9 horas, na Praça Brasil, acontece a 2ª Edição do Zumba Sunday Funday, evento da secretaria de Esporte e Lazer que contará com a presença de dois profissionais da pasta, além de outros 11 profissionais credenciados ao Zumba Instructor Network (ZIN).

 

Corrida – Além da Zumba na Praça Brasil, a Smel estará dando apoio à Corrida do Aço, prova que será disputada nas categorias de 10 quilômetros, cinco quilômetros, caminhada e corrida Kids. A largada e a chegada vão acontecer na Arena Esportiva da Voldac, a partir das 8 horas.

 

Michila – O ex-prefeito Neto tinha uma relação de cumplicidade com a mãe, Dona Munira, que faleceu esta semana. Tanto é que, parceiros de baralho, Neto implicava com D. Munira a chamando de Michila, um meio perna de pau do Flamengo, irmão de Fio Maravilha, craque do Mengão. “Eu dizia que ela fazia nove jogadas de Michila e uma jogada boa. Ela respondia que Michila era eu”, contou Neto.

 

Leal – Neto lembrou também da lealdade de D. Munira ao vereador Nilton Alves de Faria, o Neném, e ao ex-deputado federal Deley de Oliveira. “Ela sempre votava nos dois. Ela adorava o Deley, pedia votos, mas pelo Neném, ela até brigava com os outros”, revelou. Sobre a morte de D. Munira, Neném resumiu tudo com uma frase: “Perdi uma segunda mãe”.

 

Coração – Pessoas próximas a Neto se preocupam com o impacto que a morte de D. Munira poderá ter no ex-prefeito, já que eles eram super ligados.

 

Blocos (I) – Irresponsáveis continuam tirando do lugar os blocos usados para separar as pistas em vários locais de Volta Redonda. Desalinhados, os blocos acabam indo parar no meio da rua, onde viram armadilhas perigosas para os motoristas. O mais novo local onde o problema acontece fica na Rodovia dos Metalúrgicos, próximo à Pista de Skate, onde foram colocados para evitar uma conversão proibida. Ou seja, preferem fazer bandalhas e arriscar a pele. Depois reclamam da prefeitura…

 

Blocos (II) – A solução para evitar os problemas está em a secretaria de Transportes passar a usar os super blocões, que chegam a pesar mais de 500 quilos. Para movê-los, só com empilhadeiras!   

 

Nas nuvens (I) – O prefeito Samuca Silva, ao falar do desenvolvimento da parte sul de Volta Redonda (Jardim Belvedere, Jardim Tiradentes e Vila Rica), lembrou que a cidade do aço ainda tem várias áreas de expansão. Uma delas, citada por ele, a do aeroporto regional, próximo ao Roma, não decola. “Não desistimos do aeroporto”, disparou Samuca.

 

Nas nuvens (II) – Sem querer dar muitos detalhes – “Não gosto de anunciar nada antes que esteja concretizado”, justificou -, o prefeito afirmou que está se movimentando para conseguir que o projeto do aeroporto saia das nuvens. A saída, frisou, seria criar uma parceria com a iniciativa privada. A outra, mais difícil, obter recursos do Profaa (Programa Federal de Auxílio a Aeroportos). Está correndo atrás das duas.

 

Menos, Joselito, menos – O secretário de Desenvolvimento Econômico da prefeitura de Volta Redonda, Joselito Magalhães, se empolgou todo ao participar na manhã de quinta, 4, de um mutirão da limpeza na Vila. Apesar de estar usando camisa de manga comprida, sapatos de couro e calça jeans de marca, o empresário literalmente pegou na enxada e começou a capinar uma pequena área da Praça Brasil. O peão, ao lado dele, como mostra o vídeo, não leva jeito para ser empreendedor, com todo o respeito, é claro. Quanto a Joselito, é bom que ele volte a vender gás de cozinha, pois disso ele entende. Veja o vídeo em: http://bit.ly/2XQkNMr    

 

Piada da capital – Jornais da cidade maravilhosa divulgando a seguinte piada, que estaria correndo pelo Palácio Tiradentes: “O governador Wilson Witzel (PSC) já não diz mais que é candidato ao cargo máximo da República em 2022”, inicia, para completar. “Já fala como presidente”. É mole?

 

Chique – A prefeitura de Paraty vai promover um pregão (034/2019) para contratar uma empresa de ônibus que leve os estudantes universitários que residem na cidade praiana, no sistema de ida e volta, de segunda a sexta, até Barra Mansa e Volta Redonda. 

 

Curioso – Já a prefeitura de Rio Claro dá conta que o pregão 010/2019, realizado para contratar uma empresa especializada na prestação de serviços médicos/hospitalares, complementares à sua Rede Pública, foi vencido pela Irmandade da Santa Misericórdia de Angra dos Reis. Valor do contrato: R$ 3.792.240,00. Fica a pergunta: para os pacientes não seria melhor ser atendido em Barra Mansa ou Volta Redonda, que ficam mais perto, e, por enquanto, são mais seguras?

 

DEM (I) – Marcão, ex-futuro presidente do diretório do DEM na cidade do aço, ainda não jogou a toalha e promete reagir para retomar a cadeira que lhe foi prometida pela direção estadual da legenda, e que acabou indo parar nas mãos do engenheiro Sebastião Faria, ligado ao ex-prefeito Neto. “Vai ter troco”, disparou, ao ser indagado pelo aQui sobre as idas e vindas dos ‘democratas’ voltarredondenses.

 

DEM (II) – Para quem não sabe, o DEM, como o aQui vem noticiando, era comandado pelo grupo do ex-prefeito Neto. Depois, graças a uma manobra na cidade maravilhosa, a legenda foi prometida a Mateus Carlos de Ferreira de Azevedo, do grupo do prefeito Samuca Silva. Sabe-se lá por quais motivos, Mateus foi deslocado para a reserva e o comando do diretório seria entregue a Marcão. Enquanto preparava a festa da posse, Marcão ficou sabendo que Faria já falava como presidente do diretório. E não gostou do que ouviu. Agora, promete reagir. Aguardem, portanto, os novos capítulos da novela. 

Até que enfim… – A ameaça da Defesa Civil de Volta Redonda de interditar a sede do Umuarama foi o bastante para a direção da entidade mandar começar a demolir o muro que cerca o clube, localizado na Vila. O risco de cair sobre algum pedestre era grande e a impressão que se tinha era que o Umuarama estava se lixando para o que acontecesse. Agora é necessário que a Defesa Civil dê uma dura nos responsáveis por outro muro que ameaça desabar: na Rua 35, esquina com a Rua 62, na Sessenta. 

 

Padre – Depois do Dia do Pastor, que é comemorado em 28 de junho, a Câmara de Barra Mansa criou o Dia do Padre, a ser comemorado sempre no dia 4 de agosto de cada. Como em Volta Redonda também existe o Dia do Pastor, fica a pergunta: qual vereador vai copiar a lei da Câmara vizinha para criar o Dia do Padre na cidade do aço? Quem apostar em Jari, o preferido dos padres, sai na frente… Mas pode dar zebra!

 

RPA – O prefeito Samuca Silva segue na luta para cumprir o Termo de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público e pôr fim aos cargos de RPA (Recibo de Pagamento Autônomo). Em entrevista a Dário de Paula, Samuca defendeu a aprovação de um projeto que está na Câmara, diminuindo de 2.300 para 750 os cargos de livre nomeação. “Não há caminho, precisamos disso. Essa pauta é positiva para a cidade. O que queremos é diminuir de mais de dois mil para 750 cargos, esses cargos em comissão, com direitos trabalhistas e tudo. Só alguns vereadores é que não querem que ele seja aprovado, entre eles um que sempre teve muitas “boquinhas”, disparou o prefeito.

 

PSDB – O governador de São Paulo, João Doria, esteve no Rio de Janeiro na quinta, 4, para dar uma palestra na Firjan. Entre os convidados do governador, estava o prefeito Samuca Silva, que assumiu a secretaria geral do PSDB no estado do Rio. Durante a palestra, Samuca foi um dos únicos políticos citados por Doria.

 

Recesso – Apesar do recesso parlamentar, os bastidores da política voltarredondense continuam pegando fogo. Mais especificamente nos grupos de WhatsApp. O que tem de ‘print’ de parlamentar vazando pela rede não está no gibi. Alguns envolvem até assessores de vereadores. Daqui a pouco o site The Intercept Brasil começa a divulgar algumas mensagens… 

 

Luto – A decisão de decretar luto oficial por três dias em Volta Redonda, por conta do falecimento de Dona Munira, foi do próprio prefeito Samuca Silva. Alguns assessores até se posicionaram contra, já que o chefe do Executivo teria sido atacado nas redes por aliados do ex-prefeito quando o mesmo velava seu pai. “Não podemos nos comparar a essas pessoas. Ela foi importante para a cidade, e o ex-prefeito também”, teria dito Samuca.

 

Abraço (I) – O abraço à Lagoa do Belvedere não foi um sucesso como gostariam os vereadores de oposição. Apesar de ter sido convocado por Jari, Neném, Paulinho do Raio-X e Carlinhos Santana, apenas cerca de 70 pessoas estiveram na manifestação política. Alguns, inclusive, nunca tinham pisado no Jardim Belvedere.

 

Abraço (II) – Por falar em abraço na lagoa, o presidente da OAB-VR, Alex Martins, que sonha em ser candidato a prefeito em 2020, mostrou mais uma vez que seu poder de mobilização é praticamente zero.

Sem candidato – Faltando pouco mais de um ano para a eleição de 2020, não há candidatos declarados ao Palácio 17 de Julho.

 

Merenda – O prefeito Samuca Silva está usando o exemplo da concorrência da merenda escolar para os mais de 40 mil alunos da rede municipal de Ensino para mostrar que é, ao contrário do que dizem seus adversários, um bom gestor dos recursos públicos. “O novo contrato gerou uma economia de 25% aos cofres da prefeitura de Volta Redonda”, afirmou, detalhando o que aconteceu: “O valor inicial da licitação, que teve a participação de 11 empresas, era de R$ 22.016.836,45 e a proposta vencedora foi de R$ 16.553.355,91, o que gerou a economia da ordem de 25%”, destacou. Os novos pratos da merenda serão oferecidos a partir do dia 15 de julho. 

 

Exagero – Na tarde de domingo, 30 de junho, chamava atenção a presença de três viaturas da GM e duas da PM ao lado dos campos do Aero Clube. Missão: impedir que garotos da cidade soltassem pipas nas imediações. Parece exagero, não é? E é.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.