Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Segunda-Feira, 16 de Setembro de 2019
0

Grampos

Grupo – Ontem, sexta, 6, Samuca foi até a Rádio Vibe para uma entrevista. Levou a tiracolo Nelson Gonçalves, América Tereza e Rogério Loureiro. E ainda Márcia Cury, Hilquias (coordenador da Central das Ambulâncias) e Alfredo Peixoto, secretário da Saúde. A selfie foi tirada pelo próprio prefeito.

 

ISO – A CSN manteve as certificações ISO 9001:2015 e IATF 16949:2016, necessárias para fornecer aço para as indústrias automotivas e da linha branca. As certificações foram concedidas pela BVC – Certificadora Bureau Véritas.

 

Escória – Uma Comissão de Saneamento da Alerj, mais uma criada pelos políticos para atazanar a vida da CSN, estava sendo esperada na manha de ontem, sexta, 6, para ‘vistoriar’ o depósito de escória da CSN no Volta Grande. Os deputados esperavam verificar a situação do armazenamento dos resíduos e coletar dados para uma ação judicial, que está sendo movida pelo MP e MPF – e não pela Alerj – contra a CSN e a Harsco.

 

Recesso – O vereador Carlinhos Santana (SD) vai mexer em um vespeiro, na própria Casa. É que ele quer acabar com o recesso parlamentar de julho, quando os parlamentares saem de férias. A maioria, é lógico, já mandou avisar que vai vetar o Projeto de Lei se o mesmo for apresentado. “O Carlinhos está no terceiro ano de mandato, por que quer colocar o PL só agora, a um ano das eleições? Ele quer jogar pra galera”, aposta um experiente parlamentar.

 

Viagem – No dia em que a Câmara aprovou o pedido do empréstimo de R$ 80 milhões e o fim do RPA, o vereador Paulinho do Raio-X (MDB) faltou à sessão. Diz que foi a Brasília. De manhã, entretanto, dizem que estava todo serelepe na inauguração do escritório do deputado estadual Gustavo Tutuca, na Vila. Em tempo, a relação entre Tutuca e Paulinho do Raio-X anda pra lá de estremecida.

 

Discurso – Na sessão de segunda, 2, o vereador Dinho fez um discurso emblemático. Disse que ele e mais dois ganharam o apelido de ‘Os três mosqueteiros’, e passou a listar as qualidades de cada um dos mosqueteiros. Mas lembrou que tem um personagem na história que ninguém se lembra: o Cardeal, que, no caso local, se acha importante, articulador. Mas não teria honra e nem moral. Vixe. Quem será o Cardeal da Câmara de Volta Redonda?

 

Carteirada – Um vereador de Volta Redonda está prestes a se encrencar. É que uma mulher, que frequenta seu gabinete, anda se apresentando em órgãos públicos como assessora parlamentar do dito cujo. Detalhe: ela não é nomeada.

 

Aniversário – Aos puxa-sacos de plantão: amanhã, domingo, 8, o prefeito Samuca Silva vai trocar de idade. Mas que se contentem em ligar ou mandar mensagens, pois não haverá a festa dos 38 anos. É que Dona Ângela, avó de Samuca, faleceu ontem, sexta, 6.

 

Votos – O prefeito Samuca deveria exigir que os cargos comissionados contratados durante o seu governo e que morem em cidades vizinhas, como Barra Mansa, passem, pelo menos, a votar em Volta Redonda. Segundo cálculos de quem conhece o assunto, tem muita gente de fora que não está nem aí em transferir seus títulos eleitorais para a cidade do aço.

 

Barra Mansa – A prefeitura de Barra Mansa promove na quinta, 12, a XII Conferência Municipal de Assistência Social  para debater o tema “Assistência Social: Direito do Povo, com financiamento Público e Participação Social”.

 

Nomeado – O prefeito Rodrigo Drable decidiu nomear, na quinta, 5, Anderson Brasil Fonseca para o cargo de Presidente do Fundo de Previdência Social de Barra Mansa.

 

Vixe – A prefeitura de Barra Mansa vai contratar 42 coveiros, sendo 14 para contratação imediata, e 28 para o cadastro reserva, pelo prazo de 12 meses.

 

Deu ruim (I) – Na tarde de quarta, 4, mais precisamente por volta das 18 horas, quem passeava pelo Park Sul ficou, no mínimo, assustado. É que durante a chuva que caiu sobre a cidade, houve um rompimento na tubulação de um dos corredores do shopping, obrigando os lojistas a providenciarem um rodo para puxar a água se não quisessem ter suas mercadorias afetadas.

 

Deu ruim (II) – A assessoria de Imprensa do shopping chegou a explicar aos jornais que o problema foi solucionado de forma imediata, e que nenhum cliente ou funcionário foi atingido pelas águas que caíam pelo teto do shopping. Mico puro!

 

Crítica – A prefeitura de Barra Mansa criou o projeto “Humanize-se”, para ser desenvolvido nas escolas municipais da cidade. A ideia é despertar nos alunos senso crítico, promover o respeito ao próximo, discutir questões sociais, culturais e econômicas, além de outras práticas consideradas pertinentes.

 

#SetembroAmarelo – O curso de Enfermagem do UniFOA, em parceria com a Divisão de Marketing, dará continuidade na segunda, 9, à campanha #Setembro Amarelo do UniFOA, que está sendo realizada nos campi Olezio Galotti, João Pessoa Fagundes e Porfírio José de Almeida. Sob orientação da professora Márcia Canavez, responsável pela disciplina de Saúde Mental, os alunos do quarto ano vão distribuir fitinhas amarelas e folhetos sobre prevenção ao suicídio. “Sempre trabalhamos com os alunos exemplos atuais de pessoas comuns que passam por depressão, porque o enfermeiro não tem contato apenas com o paciente que tem transtorno mental grave, mas também com uma mãe que levou o filho para vacinar, um homem internado no hospital ou uma paciente de um exame de rotina que podem apresentar um quadro de depressão”, exemplificou.

 

Bomba (I) – Essa é difícil de acreditar, mas uma fonte do aQui garante que, em breve, Volta Redonda vai receber a visita de representantes de um grupo paulista de investidores que estariam dispostos a apostar R$ 500 milhões na cidade. O projeto já estaria pronto, aprovado, e o grupo seria do ramo de shoppings centers.

 

Bomba (II) – Segundo a fonte, que pede anonimato, os investidores fazem parte do Grupo Ceimbra Águia Shopping e a ideia dos empresários passa por construir um Complexo ÁguiaShopp em um terreno próximo à Via Dutra. “Eles vão construir um hospital, um hipermercado, uma faculdade, um hotel, torres de salas comerciais, e ainda 1.500 casas, com creches”, detalha a fonte. “Serão gerados sete mil empregos”, garante. Como a fonte é boa, vamos pagar pra ver!!!

 

Bomba política – Para quem acha que viu tudo, o prefeito Samuca, segundo uma fonte, deve anunciar, em alguns dias, outra bomba. Teria a ver com mais uma composição política.        

Mistérios da meia noite (I) – Ganha um doce quem souber explicar o que aconteceu na noite de segunda, 2, na Câmara de Volta Redonda, quando duas polêmicas mensagens do prefeito Samuca foram analisadas pelos vereadores. Antes de mais nada, é bom que se frise que as duas foram aprovadas. Uma autoriza o prefeito a contrair um empréstimo de R$ 80 milhões (ver páginas 14 e 15), a ser quitado em 2031. Outra, autoriza Samuca a reduzir de 3.000 para 750 o número de cargos de livre nomeação, o famoso RPA. 

 

Mistério da meia noite (II) – A primeira mensagem foi aprovada por 16 a 4, com uma abstenção, do vereador Paulinho do Raio-X, que não foi à sessão. Na segunda, o placar se repetiu: 16 a 4, com a mesma ausência. Até aí, tudo bem. Só que não foi bem assim. Na mensagem do dim-dim, o vereador Granato votou com a bancada, a favor do prefeito. Na do RPA, Granato votou contra Samuca.

 

Mistério da meia noite (III) – E quem do grupo de oposição teria votado com o Palácio 17 de Julho no caso da mensagem do RPA? Nada mais nada menos que Neném, aliado de primeira hora do ex-prefeito Neto. Ninguém entendeu nada. Nem nós!

 

Mistério da meia noite (IV) – Por falar em Neném, o vereador quase foi às vias de fato nos corredores da Casa com Maurício Pessôa. Foi um tal de agarra, separa, agarra, xinga e cospe sem tamanho. Um vídeo, inclusive, foi postado nas redes sociais (ver em http://bit.ly/2k2JJOP). Depois, já mais calmo, Neném pediu desculpas a Mauricinho. Fez bem, afinal a Casa é da Lei, e não do boxe.

 

Dívida Ativa – Para tentar receber dívidas atrasadas, muitas impagáveis, a prefeitura de Volta Redonda criou a Central de Atendimento da Dívida Ativa, pela qual o contribuinte que tiver alguma dívida com o município e que não esteja ajuizada pode entrar em contato pelo telefone 0800-883-2424 e negociar o pagamento. O objetivo é facilitar a negociação e melhorar o poder de investimento do município em melhorias para a população. De acordo com o procurador geral do Município, Augusto Nogueira, a negociação pode ser feita com pessoas físicas e jurídicas. “O cidadão pode solicitar o envio do boleto por e-mail ou mensagem SMS, sem precisar comparecer à prefeitura. A partir da próxima semana, ele também poderá pedir o parcelamento pelo telefone”, avisou, lembrando que o município tem a receber cerca de R$ 2 bilhões. Caso queira tirar alguma dúvida, o cidadão pode entrar em contato com a Central de Atendimento: 0800-883-2424.

 

Compras – A prefeitura de Volta Redonda, através da Central Geral de Compras (CGC), registrou uma economia de cerca de R$ 17 milhões em licitações somente no período de janeiro a agosto de 2019. “Não havia sentido abrir diversas licitações com o mesmo objetivo. Um exemplo é a compra de material de limpeza: toda secretaria realizava um processo para adquirir esse tipo de material. Diante disso, realizamos a centralização dessas compras em um só processo, o que faz com que o valor diminua”, comentou o prefeito Samuca Silva.

 

Vai vendo (I) – Desde que passou a ser centro de uma boataria sem tamanho, dando conta de uma possível aliança com o deputado federal Antônio Furtado, o vice-prefeito Maycon Abrantes tem dado várias entrevistas. Ao aQui, inicialmente, ele negou a armação com o delegado contra Furtado. Depois, negou que tivesse sido convidado a se filiar ao PSL, garantindo apenas que no SD (Solidariedade) não ficaria. Tem mais. Disse que poderia voltar ao PV. Pois bem, na última entrevista a jornais da cidade, Maycon já disse que pode ir para o PSL ou para o PSC. Só falta dizer que vai para o PT para bater de frente com Samuca.   

 

Vai vendo (II) – Os leitores do aQui foram os primeiros a saber que a cabeça do engenheiro Horácio Delgado, que é de Barra Mansa, à frente da secretaria de Infraestrutura (Obras) do governo Witzel está a prêmio. Depois deles, pela ordem, os leitores do Extra e depois de O Dia também passaram a ter ciência do assunto. “Está com os dias contados”, comentou um dos políticos mais influentes do Estado.

 

Mais um – Quando Horácio cair, ele tem tudo para levar junto o ainda presidente da Emop, engenheiro Marco de Oliveira Vargas Francisco.

Explicação – As más línguas dizem que tanto Horácio quanto Marco não rezam na mesma cartilha do pastor Everaldo, que seria o homem-forte do governo Witzel.    

 

DEM – O jornal Extra chegou até a dizer que o cargo de Horácio será entregue ao DEM, de Rodrigo Maia. Estariam na disputa: Bruno Kasuhiro, presidente da Juventude Nacional do DEM, o deputado estadual Carlo Caiado, e ainda Alexandre Cerruti. A cadeira vale ouro.

 

A conferir (I) – Há quem garanta que o SD de Volta Redonda está prestes a anunciar uma aquisição. Uns dizem que é forte. Outros, entretanto, não. Entendem que o filme do voltarredondense famoso está meio desgastado na vida política local. 

 

A conferir (II) – Segunda, 9, pode ser um dia muito importante para a agricultura fluminense. É que nesse dia, se tudo correr bem, o governador Wilson Witzel deverá anunciar o nome do futuro secretário de Agricultura do Estado do Rio. Atualmente, segundo uma fonte, Eduardo Lopes, ligado ao bispo Edir Macedo, tenta permanecer no cargo, mas o deputado federal Áureo, do SD, quer indicar um dos seus protegidos e teria apoio do pastor Everaldo.

 

Azedou (I) – Fontes do aQui garantem que o ar ficou super pesado na manhã de ontem, sexta, 6, no Aterrado. As nuvens negras podiam ser vistas entre o Palácio 17 de Julho e o Edifício Plaza. O clima ruim teria começado na noite de quinta, 5, quando duas grandes figuras do meio político saíram para jantar. Detalhe: o prato principal foi a cabeça do prefeito Samuca.

 

Azedou (II) – Ontem cedo, o azedume dos envolvidos continuou, com alfinetadas em direção ao Palácio 17 de Julho. Tem mais. Entre ‘comes e bebes’, as duas figuras chegaram à soma de 148.219. Na divisão, um deles morreu em 80.001, que corresponde a 50% +1 do total envolvido no banquete.

 

Fantasmas – Quase um milhão e duzentos mil reais é a economia que a prefeitura de Volta Redonda fez em agosto. O dinheiro deveria ter sido usado para o pagamento de servidores do Palácio. Só que 800 deles não se recadastraram, como deveriam ter feito para ter direito ao salário, e o dimdim vai ficar em caixa. Será melhor usado, com certeza.

Rodovia dos Metalúrgicos – A secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana instalou na terça, 3, na Rodovia dos Metalúrgicos, um redutor de velocidade, à base de asfalto, antes da faixa de travessia de pedestres em frente ao Shopping Park. Tudo bem visível, como mostra a foto. Titular da pasta, Maurício Batista diz que a ideia é obrigar os motoristas a reduzirem a velocidade dos carros, dando preferência aos pedestres. “Além de ser um moderador de tráfego, vai reduzir a velocidade da via, logo o risco de acidentes será menor. Esse é um benefício para a população”, comentou, anunciando que dois outros redutores serão colocados ao longo da rodovia.