Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Segunda-Feira, 20 de Maio de 2019
0

Grampos

Artes marciais – O Centro Municipal de Artes Marciais de Volta Redonda (Cemam) está aceitando inscrições de alunos para três modalidades de lutas oferecidas na Arena Esportiva da Voldac e duas no Ginásio Amaro Inácio, no Retiro. As aulas de jiu-jítsu, karatê e kickboxing acontecem na arena e as de capoeira e taekwondo no Retiro. Detalhe: as aulas são gratuitas e para alunos a partir de seis anos, adultos e idosos, em diferentes horários. Informações pelo telefone 339-2105.

Porcaria – Quando ocorre uma enchente na Vila, a maioria adora atacar as autoridades. Xingam até a mãe das autoridades. Esquecem que isso não adianta se não houver consciência do povo para cuidar dos rios. Como a que faltou para o porcalhão que jogou um pneu no leito do Rio Brandão. Se não for retirado, vai acabar encalhando no Rio Paraíba. Uma pena.

 

Negado – Funcionários da Cohab que estão indo a uma agência da Caixa para pedir empréstimo consignado estão dando com a cara na porta. É que a Cohab está no vermelho com o bancão. Assim, mesmo tendo nome bom para pegar os empréstimos, os funcionários estariam recebendo um sonoro “não”.

 

Tapete – O detalhe é que representantes do bancão, que corre atrás de lucro como outro qualquer, foram recebidos pelo prefeito Samuca Silva com direito a tapete vermelho. Tinha que estar ensaboado.

Blitz – Na quarta, 15, o ex-prefeito Paulo Baltazar, hoje diretor do Hospital do Retiro, foi parado em uma blitz do Detran, montada (meio que escondida) na Rua 161-B, nas proximidades do Hospital das Clinicas, no Laranjal. Teve que trocar um dos pneus da caminhonete para que sua esposa, a ex-vereadora Marri Baltazar, pudesse seguir em frente. Deve estar pensando em como é ruim perder a caneta, não é mesmo?

 

Almoço – Um dos seguidores do delegado Antônio Furtado fez questão de ligar para o aQui para desmentir o ex-prefeito Neto que, em entrevista ao jornal, teria garantido que desde a eleição do ano passado nunca mais teria se reunido com o hoje deputado federal por Volta Redonda. “Eles se reuniram sim; foi no sítio do Neto, há coisa de dois meses”, disse, pedindo para não ter seu nome revelado. “O Furtado estava acompanhado pelo Vinicius (policial-assessor, grifo nosso)”, detalhou.

 

.Interesse próprio (I) – O deputado estadual Marcelo Cabeleireiro, ex-vereador de Barra Mansa, esteve presente na Câmara de Volta Redonda para dar apoio aos funcionários da Viação Sul Fluminense que foram até a Casa para protestar contra o decreto que determinou a intervenção em 10 linhas operadas (e mal) pela empresa. A princípio, o apoio seria político. Seria. Na verdade, Marcelo estava ‘legislando’ em causa própria. É que ele teria ligações familiares (por tabela) com um dos sócios da Sul Fluminense. 

 

Interesse próprio (II) – Ao agradar ao quase parente, Marcelo acabou chutando o balde dentro do seu próprio território. É que a maioria dos empresários do setor de transporte de passageiros é de Barra Mansa. Gente que deve ter lhe apoiado em várias eleições, né? Que coloque as barbas de molho…

 

Saída – Essa interessa aos funcionários da Sul Fluminense, especialmente motoristas e trocadores. As empresas convocadas pelo prefeito Samuca Silva para tocar as 10 linhas que a SF não conseguia fazer direito pensam em recorrer ao Ministério do Trabalho para que possam contratá-los mesmo sem a baixa da carteira, caso não sejam liberados pela Sul Fluminense. A ideia é fazer, com apoio da Justiça, o mesmo que o Hospital das Clínicas conseguiu para assumir o lugar do famigerado Hospital Vita, despejado pela CSN.

Nomeados – Conforme o aQui previu, o prefeito Samuca Silva nomeou o coronel Antonio Goulart Matos (foto) para comandar a nova secretaria de Segurança Pública de Volta Redonda. Nomeou também Carlos Rosa para a pasta de Projetos Especiais e Captação de Recursos. A ideia é que Goulart use a ‘inteligência’ na prevenção. “Ele é especialista em segurança pública, e atuou na região como comandante de área do 5º CPA”, frisou Samuca.

 

Almoço (I) – A vereadora Rosane Bergone voltou a promover um baita almoço, como presidente de uma Associação de Moradores, para cerca de mil pessoas, tudo na base do 0800. Foi no sábado, 11, em uma escola – a Rubens Machado, localizada no Verde Vale. O almoço grátis foi pelo Dia das Mães. “Já é um almoço tradicional, que me enche de orgulho em realizar. Queremos unir as famílias e celebrar esta data tão importante. Também sou mãe e sei como é bom nos reunir com os filhos”, justificou.

 

Almoço (II) – Bergone, que passou a fazer oposição ao prefeito Samuca, fez um pedido especial aos presentes.  “Filhos, amem e respeitem suas mães. E para os pais, eu deixo um recado: respeitem suas esposas. Tratem elas com carinho, pois são as mães de seus filhos.  A mulher nasceu para ser amada e não deve sofrer qualquer violência”, teorizou.

 

Almoço (III) – Não satisfeita, a vereadora, como líder comunitária, distribuiu brindes às mamães. “Faço com amor, pois quero ver minha comunidade feliz. Que bom que vocês vieram”, disse ao agradecer ‘o grande apoio que recebeu dos moradores do bairro Vale Verde.

 

Internet (I) – Na reportagem sobre o radicalismo nas redes sociais, pautada em cima da repercussão da foto onde aparece a médica voltarredondense Cíntia Bracarense e o presidente Jair Bolsonaro, o aQui errou ao informar que o CEO da MF Press Global, Fabiano Abreu, seria psicólogo. Na verdade, o especialista em redes sociais é jornalista e filósofo.

 

Internet (II) – Ainda com relação à mesma matéria, o internauta Moisés Edu Ferreira enviou um pedido de ‘direito de resposta’ ao aQui. Não gostou de ser sitado (sic) como radical (de esquerda) por ter dito “Bom, agora já sei onde não almoçar”, comentário que ele postou na página do jornal, referindo-se ao restaurante Bracarense, da família de Cíntia. Que, convenhamos, não tem nada a ver com a briga da esquerda x direita, não é mesmo?  Ah, Moisés diz que se sentiu ‘ridicularizado’ com a inclusão do seu comentário na matéria. Que pena! Não foi essa a intenção do jornal.

Delegacia – Volta Redonda deve ganhar uma Delegacia de Homicídios para atender o Sul Fluminense, com sede no Retiro. O anúncio foi feito ontem, sexta, 17, pelo prefeito Samuca Silva e pelo deputado federal Antônio Furtado. O local da DH ainda será definido.

 

Jogando contra (I) – O secretário de Meio Ambiente de Volta Redonda, Maurício Ruiz, é de fora. Nunca deve ter colocado os pés na Usina Presidente Vargas. Mas gosta de aparecer. Na quarta, 16, depois do acidente na aciaria da CSN, ele correu para dar entrevistas sobre o caso. E jurou que foi quem chamou o Inea, do Rio, para ‘vistoriar’ a siderúrgica. Não satisfeito, disse que ligou para o presidente do órgão, exigindo que algo fosse feito. Chegou a falar em paralisar a aciaria. Mostra que não sabe nada de Volta Redonda.

 

Jogando contra (II) – A postura de Ruiz mostra ainda que ele está jogando contra o próprio governo Samuca, uma vez que, ao defender o extremismo do fechamento da aciaria, a CSN teria que demitir milhares de metalúrgicos, contrariando o discurso do prefeito, que só pensa em gerar empregos.

 

Jogando contra (III) – Também causou estranheza a posição de Ruiz quando se sabe que prefeitura e CSN vivem um bom relacionamento, e que, graças a isso, a siderúrgica deverá investir milhões de reais em projetos ambientais, área que Ruiz deveria cuidar melhor. Aliás, desde que assumiu a pasta, Ruiz só tem gerado polêmica (ver páginas 8 e 9 desta edição), plantado árvores, e, agora, dito abobrinhas.  

 

Parente – Além de Marcelo Cabeleireiro, deputado estadual por Barra Mansa, quem também teria ‘parente’ na Viação Sul Fluminense é o vereador Laydson. É por essas e outras que ele defende a empresa. Tá certo, parente é pra essas coisas, não é mesmo?

 

DEM – O ex-prefeito Neto perdeu mais uma para Samuca Silva. É que ele contava com o DEM para abrigar alguns candidatos a vereador em 2020, como Neném, que vai buscar a reeleição. Só que a legenda acabou sendo dada de bandeja aos seus adversários. O presidente do diretório local já foi escolhido: é o jovem Mateus Carlos Ferreira de Azevedo. Marcão, braço direito de Samuca, é o vice-presidente.

 

Nome – Um dos filiados ao DEM é o ex-vereador Francisco Chaves. Ele até tentou melar a jogada, mas acabou convencido a dar o seu aval com a promessa de que poderá se candidatar em 2020, com apoio de Samuca.

 

P… da vida – O vereador Washington Granato anda cuspindo marimbondos contra quem não merece. Ou é louco ou mal informado. Ou os dois. Tudo por conta das amizades que fez ao longo da sua bem sucedida carreira de vereador.       

 

Prêmios (I) – A prefeitura de Volta Redonda está aceitando inscrições para o prêmio ‘Dandara e Zumbi’, condecoração que será entregue a negros e negras que se destacaram em 2018. As inscrições vão até sábado, 25, e podem ser feitas pelo portalvr.com. A entrega das homenagens será no dia 25 de junho, dia do 29º aniversário do Memorial Zumbi dos Palmares.

 

Prêmios (II) – A secretária de Cultura, Aline Ribeiro, explica que a votação será ‘on line’, sendo que os três mais votados em cada categoria serão anunciados na página da secretaria de Cultura, a partir de 30 de maio.

 

Armas – Qual será o gaiato (ops, vereador) de Volta Redonda ou Barra Mansa que vai propor o uso de armas, incluindo em plenário, nas duas Casas legislativas? Os do Rio de Janeiro já estão assanhados. Os deputados estaduais também. 

 

Ambulâncias (I) – A secretaria de Saúde de Volta Redonda ganhou mais dois veículos (R$ 190 mil cada) para atender a pacientes em tratamento e fase de recuperação na Policlínica da Cidadania, que funciona no Raulino de Oliveira. Os dois micro-ônibus, adaptados, serão usados para buscar em casa os pacientes e retornar com os mesmos ao final do tratamento. Os veículos vão atender pacientes de 12 municípios, ou melhor, cerca de seis mil pacientes todo mês. É por estas e outras que os moradores das cidades vizinhas adoram a cidade do aço.

 

Ambulâncias (II) – Alfredo Peixoto, secretário de Saúde, garante que o serviço de reabilitação oferecido no Raulino de Oliveira será transferido, “em breve”, para um anexo do Hospital Santa Margarida, “onde terá mais espaço para acomodar os pacientes”, frisou.

 

Se a moda pega… – Uma mulher, cujo nome não foi revelado, acabou condenada a pagar R$ 5 mil de indenização por danos morais ao prefeito da cidade de Frei Inocêncio (MG), José Geraldo de Mattos Bicalho. Motivo: ela atacou o político, por meio de um áudio, em um grupo de WhatsApp. Detalhe: ele foi chamado de ‘mentiroso’, ‘trapaceiro’ e ‘cretino’.

 

Tom – O vereador Carlinhos Santana (SD), sempre crítico ao governo Samuca, esperneou no microfone da Câmara, na noite de terça, 14, a favor dos funcionários da Sul Fluminense e contra o decreto do prefeito que passa 10 linhas da empresa para outras viações. Após ser duramente criticado nas redes sociais, o parlamentar adotou um tom mais ameno na sessão de quinta, 16. Nem teve coragem de postar em suas redes sociais que é o autor do Decreto Legislativo que quer derrubar a decisão de Samuca de licitar as linhas da Sul Fluminense.

 

Da série… – Por que vereadores, como Carlinhos Santana e Paulinho do Raio-X, sempre ativos nas redes sociais, andaram sumidos durante a semana quando o assunto predominante foi o decreto de Samuca para licitar as linhas da Sul Fluminense?

 

Prestação – O vereador Jari realizou na noite de quinta, 16, uma prestação de contas do seu mandato. Com dezenas de aliados, o afilhado político do ex-vice-prefeito Paiva (PT) negou que vá se candidar a prefeito em 2020. Mas se lançou como candidato a vereador. Já pode?

 

Desistiu – Por falar em candidato, um dos atuais vereadores, sempre bem votado, está prestes a deixar a vida pública. Trata-se de Tigrão, que tem cinco mandatos como parlamentar. Para surpresa de muitos, Tigrão já anunciou que não vai mais rugir.

 

Mutirão – Para acelerar os serviços de zeladoria na cidade do aço, o prefeito Samuca Silva vai lançar um projeto de mutirão nos bairros com limpeza, roçada, troca de lâmpadas, poda de árvores, pintura de ruas, entre outros.

 

Curiosidade – Durante as manifestações dos funcionários da Viação Sul Fluminense, os donos da empresa distribuíram lanches para os trabalhadores. Afinal, saco vazio não para em pé.

 

Inauguração – Na próxima quarta, 22, o prefeito Samuca Silva vai inaugurar a Unidade Básica de Saúde do São Sebastião.