Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 19 de Julho de 2018
0

Grampos

Dívida – A CSN precisa encerrar, ainda em julho, as negociações com a Caixa Econômica sobre a reestruturação da sua dívida. A empresa deve R$ 29,5 bilhões, sendo que um quarto deste valor refere-se a débitos obtidos junto à Caixa. Há quem garanta que a CSN está tendo mais dificuldade de negociar com a CEF do que com o Banco do Brasil. Quem conhece os dois bancões sabe os motivos.  

 

Vendeu – A CSN concluiu a venda da participação societária em sua subsidiária LLC, nos Estados Unidos, por R$ 1,5 bilhão (400 milhões de dólares). A Steel Dynamics foi quem arrematou a empresa.

 

Ainda não vendeu – A CSN precisa se desfazer de suas ações na Usiminas. A ordem é antiga e foi dada pelo Cade. A empresa chegou a sondar o mercado quando a ação estava cotada em quase R$ 11. Agora, o papel está em R$ 7.

 

História – Para ilustrar as aulas de história, a Escola Municipal Professora Juracy Varanda de Almeida Gama, da Água Limpa, levou 40 dos seus alunos a diversos pontos turísticos e culturais da cidade do aço.  “Nós estamos estudando os pontos turísticos da cidade e os locais de manifestações culturais. Tudo isso faz parte do conteúdo que já abordamos dentro de sala. Acho fundamental essa vivência para os alunos; eles conseguem, através dessa experiência, registrar melhor a informação”, justificou a professora Maria Aparecida Costa. Ela tem razão. Os alunos estiveram na Praça Brasil, no Memorial Zumbi dos Palmares, no Espaço de Arte Zélia Arbex, no Escritório Central, Cine Nove de Abril, Teatro Gacemss e terminaram o passeio pela Biblioteca Municipal, onde realizaram atividades lúdicas. Que outras escolas copiem o bom exemplo!

 

Festa – Cerca de 80 pessoas serão homenageadas pelo prefeito Samuca Silva no aniversário de Volta Redonda, terça, 17 de julho. São pessoas de diversos segmentos. Em 2017, Samuca homenageou todos os ex-prefeitos e apenas um não compareceu à cerimônia: Neto.

 

Extra – A Câmara de Volta Redonda, que está em recesso, deve realizar uma sessão extraordinária na próxima semana. Há uma série de projetos importantes que ainda aguardam votação antes de agosto. Entre eles, o projeto de auxílio-alimentação para os profissionais de educação com duas matrículas.

Arrecadação – O mês de junho foi um dos piores da história em arrecadação da prefeitura de Volta Redonda.

 

Sine – O governo do Estado do Rio, em parceria com a prefeitura de Volta Redonda, vai inaugurar, na segunda, 16, às 11 horas, a nova unidade do Sine-RJ (Sistema Nacional de Empregos), localizada na Avenida Antônio de Almeida, 46, no Retiro. No posto, os moradores poderão dar entrada nos pedidos de seguro, tirar carteira de Trabalho e ainda encontrar emprego através da intermediação de mão de obra que é feita pelo órgão. 

 

Compras – De acordo com estimativas da Guarda Municipal, a Rua de Compras do bairro Santa Agostinho atraiu pelo menos 50 mil pessoas. Há controvérsias.

 

Mamografia – De terça, 3, a sábado, 7, 731 mulheres foram atendidas no Mamógrafo Móvel que estacionou em Volta Redonda, conforme campanha desenvolvida pelo governo do Estado em parceria com a prefeitura local. Foram feitas 525 mamografias e 206 ultras-sonografiastransvaginal.

 

Telão – O vídeo da mãe voltarredondense que viralizou na internet por ter ficado horas com sua filha esperando para ser atendida na pediatria do Hospital São João Batista deu margens para um questionamento sobre o atendimento da unidade.  Em entrevista ao Programa Fato Popular, de Betinho Albertassi, o prefeito Samuca Silva reconheceu as deficiências, mas garantiu que está tentando melhorar o atendimento na rede pública. E anunciou que vai instalar um telão no HSJB e outro no Retiro para que, a cada 20 ou 30 minutos, a população fique sabendo o tempo médio de atendimento em cada unidade.

 

Urgência – O problema é que, segundo uma fonte, os hospitais de Volta Redonda não contam com duas – ou mais – equipes para atender os casos de emergências que chegam no Pronto Socorro do Hospital São João Batista. “No Hospital do Retiro não existe Pronto Socorro e no São João Batista só existe uma equipe por plantão. Caso cheguem baleados – e isso ocorre quase todos os dias –, os cirurgiões são obrigados a deixar o PS para operá-los. Quem estiver esperando atendimento só será atendido quando as cirurgias acabarem”, pontuou. “A ideia (dos telões) é boa, mas na prática não vai funcionar”, lamenta. 

 

Espera – Por falar em Saúde, vale lembrar que até a mulher de Samuca Silva já sofreu com a fila de espera nos consultórios dos ‘homens de branco’. Ao marcar consulta com um especialista, ela só conseguiu vaga para três meses depois. A informação foi dada pelo próprio prefeito.   

 

Cuidador de Idoso – Termina na sexta, 20, o prazo para quem quiser se inscrever para o curso de capacitação de Cuidador Familiar de Idoso oferecido pela prefeitura de Volta Redonda. Existem 40 vagas para pessoas de qualquer idade ou sexo. As aulas serão realizadas entre 14 de agosto e a primeira semana de dezembro, sempre às terças e quintas, das 13 às 17 horas.

 

Curso gratuito – A Fevre, o Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil e o Senai estão oferecendo um curso de pedreiro aplicador de revestimento cerâmico. As aulas estão previstas para começar em em agosto e, ao todo, serão oferecidas 10 vagas no período noturno. O curso, com duração de três meses, tem como objetivo atender a crescente demanda de mão de obra especializada na região. As inscrições podem ser feitas em https://cursosenairio.com.br/cursorio/portal/lista_
cursos_qualificacao_setorial.

samuca1

Podemos (I) – O vereador Washington Granato, que desistiu de concorrer pelo PTC a uma vaga na Câmara dos Deputados, é um dos coordenadores da campanha de Romário, pré-candidato do Podemos, ao governo do Estado. “Um dos motivos pelos quais aceitei o convite do Romário para coordenar sua campanha foi o fato de que este trabalho não irá prejudicar em nada minha atuação como vereador”, disse Granato, que, paralelamente a isso, estará cuidando da revisão do Plano Diretor da cidade do aço. .

 

Podemos (II) – Para quem não sabe, o Podemos em Volta Redonda é comandado pelo empresário Rogério Loureiro, pré-candidato à Alerj, e tem como principal filiado o prefeito Samuca Silva. Detalhe: que não se bica com Romário desde que o ex-craque quis sentar na janela do ônibus da legenda no estado do Rio.   

 

Podemos (III) – Na segunda, 16, por exemplo, Samuca vai fazer as honras do Palácio 17 de Julho ao senador Álvaro Dias, pré-candidato do Podemos à presidência da República, e que estará visitando a cidade do aço. Álvaro Dias, inclusive, dará uma entrevista coletiva às 16 horas, em um dos salões do Hotel Bela Vista, onde ficará hospedado.

 

Podemos (IV) – Na noite de segunda, 16, a partir das 18h30min, o presidenciável Álvaro Dias fará uma palestra na sede da Câmara de Volta Redonda, sobre o tema: “O Rumo do Brasil em 2018”. Bem apropriado, não é?

 

Podemos (V) – O prefeito Samuca Silva, um dos mais próximos a Álvaro Dias no Sul Fluminense, aposta na vitória do candidato da sua legenda, que nas pesquisa aparece com apenas 4% das intenções de votos. “Eu também comecei assim antes da campanha para prefeito e ganhei, lembra?”, indagou, com aquele sorriso maroto no rosto. “Ninguém dava nada por mim e hoje sou o prefeito”, completou. “Vai acontecer o mesmo com o Álvaro Dias”, aposta. É. Pode ser.

 

Benção – Pré-candidato a deputado estadual pelo PSD, o empresário barramansense Bruno Marini está fazendo contato com lideranças de todo tipo, desde as mais simples, como presidentes de Associações de Moradores, de Aposentados e Pensionistas, até lideranças religiosas. Esteve, por exemplo, com Ubirajara Vaz (AAP-VR) e acaba de se encontrar com D. Francisco Biasin, bispo da diocese local.

 

‘Compra Rio’ – Na quarta, 18, Volta Redonda vai sediar a Rodada de Negócios do ‘Compra Rio’, tendo como empresa âncora o Grupo Trigo. Para se inscrever, basta acessar www.com
prario.com.br. Mais informações em (21) 2332-8354 ou (21) 2332-8378. As vagas são limitadas.

Seu-Aureo

Luto – Na semana passada, por um erro da redação o aQui não divulgou a morte, na madrugada de quarta, 4, do presidente da Associação dos Participantes da Caixa Beneficente dos Empregados da CSN (APCBS) Áureo de Araújo Braga (foto). Áureo lutou por muitos anos para manter em alta a representação dos trabalhadores nos conselhos Deliberativo e Fiscal da CSN, inclusive com vários processos na Justiça contra a siderúrgica. Ele tinha 85 anos e lutava contra um câncer. Seu corpo foi velado e sepultado no Cemitério Portal da Saudade. Áureo era viúvo e deixou três filhos.

 

Luto (II) – O boato de que o presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, esteve no enterro, não é verdadeiro. Ele estava viajando. 

 

Piratas – Na semana passada, Samuca se reuniu com profissionais do transporte escolar para tratar das demandas da categoria. Para quem não sabe, atualmente existem 145 veículos realizando diariamente o transporte escolar de duas mil crianças em Volta Redonda. O número de piratas ainda não é conhecido. Todo cuidado é pouco!  

 

Na bronca (I) – Um leitor do aQui ficou muito indignado ao descobrir, quando foi fazer a vistoria anual do seu carro, que ele teria que pagar três multas por estacionamento irregular na Vila. Todas próximas ao colégio onde seu filho estuda.

 

Na bronca (II) – O detalhe é que o leitor sempre para próximo à escola e nunca havia sido multado. “O que eu queria entender é se os critérios mudaram, porque sempre paro rapidamente, menos de cinco minutos, com o pisca alerta ligado, o que é a regra para embarque e desembarque. Por que estou sendo multado agora se nunca fui antes?”, questiona.

 

Cadê? – Segundo o leitor, que pede que seu nome não seja revelado, a caneta dos GMs anda mais nervosa do que nunca. “Fica parecendo que estão querendo faturar em cima das multas”, avalia.

 

Antivacina – Os grupos que são contrários à vacinação em massa e que proliferam nas redes sociais podem ser uma das causas da queda do número de pessoas imunizadas em todo o Brasil. Mas o fato não preocupa muito o secretário de Saúde de Volta Redonda, Alfredo Peixoto, que está às voltas com a campanha de vacinação contra o sarampo e a pólio, doenças que voltaram a assustar os brasileiros. “É um movimento nacional e não regional. E é irresponsável, pois cria uma confusão na cabeça das pessoas e diminui, mesmo que pouco, a cobertura vacinal”, disparou o secretário. Ele tem razão.

 

Promessa – Em visita ao bairro Siderlândia no domingo, 8, o prefeito Samuca Silva prometeu reformar o campo do bairro e revitalizar a sua área de lazer. A pro-messa foi feita ao presidente do clube, o ex-vereador Zeomar Tessaro, tendo como testemunha atletas, moradores e ainda o vereador Luciano Mineirinho.

 

Denúncia – A reforma do Parque Aquático da Ilha São João foi entregue em janeiro. No dia 5, para ser exato. Só que até hoje, seis meses depois, segundo um leitor, a piscina olímpica da unidade nunca chegou a ser aberta ao público. Ele vai além. Pedindo para não ser identificado, o leitor garante que o administrador do parque estaria ameaçando os funcionários.

 

Face (I) – A equipe de Comunicação do prefeito Samuca Silva vive postando os feitos do chefe do Executivo no Facebook. Rendem elogios, críticas, piadinhas e chacotas. Um destes foi o post que dá conta da reunião (dia 3) entre Samuca e diretores de escolas municipais. “Me reuni, hoje, com diretores de escolas municipais conversando sobre as demandas das unidades de educação de nossa cidade. Estou sempre aberto para dialogar e ouvir as demandas para melhorar nossa educação, só assim conseguiremos avançar ainda mais nessa área”, escreveram. Foi o suficiente para a professorada cair matando.

 

Face (II) – Uma delas disparou: “Isso só pode ser piada…falta TUDO e você só fala em diálogo? Brincadeira”. Como resposta, a Comunicação, em nome do prefeito, disse: “Ninguém melhor que os diretores, que estão vivendo diariamente essas questões, para apontar quais são os problemas, para que possamos resolvê-los juntos”, responderam. Se saíram bem.

 

Face (III) – Sobrou até para a secretária de Educação, Rita de Cássia, que estava presente na reunião entre prefeito e diretores. Foi acusada de ficar no Facebook tomando conta da vida dos outros. “As escolas também são de responsabilidade da secretária de Educação, pois ela está lá pra isso, pra vistoriar e resolver os problemas ao invés de perder seu tempo e ficar ligando pras pessoas, questionando o que elas colocam no Face. Vai cuidar mais das escolas, é pra isso que você está aí”, comentou uma das internautas, se dirigindo a Rita.

PHOTO-2018-07-05-16-51-36_cor1

Erramos – O jornal aQui errou na matéria sobre o assassinato do empresário Antônio Carlos de Souza, 62, ocorrido em Rio Claro. O suspeito do crime é o jovem Gilliard Eloy (ver foto). 

 

Contas – Na coletiva onde anunciou a retirada dos nomes de Maycon e Samuquinha, o prefeito Samuca Silva disse que havia recebido naquele dia um relatório financeiro das contas da prefeitura. E, na avaliação dele, o desempenho teria sido “muito melhor” que no ano passado. Os números serão apresentados em uma futura entrevista coletiva

 

Prioridade – Para Samuca, o maior problema de Volta Redonda hoje é a geração de empregos. O da prefeitura não. “Nosso maior problema é o endividamento”, disparou, dando um detalhe a seguir: em 18 meses já teria pagado mais de R$ 90 milhões de dívidas deixadas pelo governo Neto.

 

Saúde – Outro pepino que mexe com os cofres públicos é o aumento do atendimento de pacientes de fora – cidades vizinhas – na rede municipal de Saúde. De acordo com Samuca, o número de pacientes de fora aumentou de 37% para 42% dos atendimentos em Volta Redonda.

 

De bem? – O mal estar entre Romário e Samuca dentro do Podemos ainda rende, apesar do prefeito afirmar que “vai tudo bem”. Quando perguntado por que não teria ido receber o baixinho em sua visita à cidade do aço, Samuca foi irônico: “Ele esteve aqui?”, disse, cheio de sorrisos.

 

Compromisso – Alguns jornalistas não pescaram a marotagem do prefeito e retrucaram: “Ele veio na semana passada”. Claro que Samuca sabia, mas disse que não foi ao encontro do senador porque estava em uma agenda fora da cidade. “Depois a secretaria de Comunicação passa o que era, eu não me lembro”, justificou. Malandrinho ele, não?

 

Climão (I) – Apesar de Samuca negar, o clima no Podemos não é para quem pode. Muito pelo contrário. “Após a eleição, o Podemos terá que parar para fazer uma avaliação”, disparou Samuca.

 

Climão (II) – Na coletiva, Samuca só fez cara feia mesmo quando falou de Neto e seu grupo. “Desafio alguém, até vocês da Imprensa mesmo, a perguntar ao ex-prefeito porque ele não é o candidato do grupo, ao invés de lançar o irmão”, disparou.

 

Chiquelê – A sala da CDL-VR onde foi realizada a entrevista coletiva de Samuca é chique demais. Tem até elevador privativo. Mas Samuca usou mesmo foi a escada para chegar ao último andar. Na sala, a mesa de reuniões tinha umas 20 cadeiras, máquina de café expresso, frigobar (água e suco, grifo nosso). Tudo nos trinques. Os jornalistas aprovaram.

 

Call Center (I) – A empresa Youtility, prestadora de serviços de Call Center, está oferecendo 700 vagas em Volta Redonda. O processo seletivo termina neste final de semana, pois os treinamentos começam já na segunda, 16. Das 700 vagas, 200 serão para contratação imediata, as demais para o mês de agosto. Os interessados podem enviar currículos pelo e-mail: empregos@voltaredonda.rj.gov.br ou comparecer à sede do ‘Na hora’, à Avenida Antônio de Almeida, 45, no Retiro (antiga subprefeitura).

 

Call Center (II) – O sonho da empresa, segundo uma fonte do aQui, é se instalar em um dos 16 andares do Escritório Central da CSN, na Vila. Mas isso só ocorrerá se Samuca e Benjamin Steinbruch chegarem a um acordo sobre o prédio. O que pode ser anunciado logo depois do aniversário de Volta Redonda.

 

Call Center (III) – Se não houver acordo entre a CSN e o Palácio 17 de Julho, a fonte garante que a solução para instalar a Youtility será construir um galpão (nada pejorativo) no Laranjal, que terá capacidade para abrigar os 700 funcionários da empresa de call center.

 

Faps – Apesar dos esforços do governo Samuca, os voltarredondenses continuam a reclamar do atendimento nas unidades de Saúde. Não é para menos: até ‘dipirona’ andou faltando nos hospitais, situação que já foi resolvida com a compra do medicamento. A bola da vez agora é o Faps. A professora aposentada Telma Magalhães, por exemplo, diz que poucos estão conseguindo marcar consultas e exames na unidade. “O prefeito faz vários planos para a cidade, mas para os funcionários aposentados não oferece nada”, compara. 

 

Faps (II) – Telma lembra que o governo Samuca já pegou o Faps literalmente quebrado e que ele chegou a normalizar a situação dos atendimentos. “Há seis meses eles liberavam consultas, mas exames não”, compara, indo além. “Os médicos pedem exames para os idosos e eles não conseguem fazer e não voltam à consulta. Algo tem que ser feito”, dispara. 

 

Faps (III) – Samuca, ao saber disso, diz que entrou em contato com o secretário de administração para que ele resolva a questão. “Nós vamos começar a efetuar o pagamento de várias clínicas. O Faps estava parado e nós fizemos um credenciamento de todas as clínicas, mas desde maio elas não recebem. Não dá para parar o atendimento e temos que reativar as consultas do Faps”, avaliou o prefeito. Que assim seja!

 

PHOTO-2018-07-13-17-48-07

Inauguração (I) – Na terça, 17, data do aniversário da cidade do aço, o Saae de Volta Redonda vai inaugurar a Estação Elevatória de Esgoto João Batista Teixeira de Abreu, localizada na rotatória da Rua 207. A nova ETE receberá diariamente os despejos provenientes dos bairros São Lucas, São Cristóvão, Minerlândia, Morada da Granja, Eucaliptal e Conforto, com uma vazão de 15 l\s para serem encaminhados para tratamento na ETE Engenheiro Gil Portugal, na Vila, ao lado da CSN. “O acréscimo de contribuição no tratamento possibilitará o recebimento de recursos financeiros oriundos do Prodes – Programa de Despoluição de Bacias Hidrográficas, gerenciado pela Agência Nacional de Águas, na ordem de R$ 5,5 milhões, que serão utilizados em futuras obras de saneamento no nosso município”, destaca José Geraldo, o Zeca, presidente do Saae-VR. “Além disso, essa obra contribuirá para a melhoria da qualidade de vida da população local, bem como do Meio Ambiente, com a despoluição do córrego Secades, onde atualmente estes despejos são lançados”, acrescenta.

 

Inauguração (II) – Outra obra a ser entregue pelo Saae-VR é a da ampliação e reforma da estação elevatória de água potável Hélio Nunes de Moraes, localizada no início da Avenida Francisco Antonio Francisco, que proporcionará melhorias no abastecimento do Açude, aumentando a oferta e beneficiando mais de 15 mil habitantes do bairro. “Além da reforma, que compreende a substituição dos conjuntos motobombas e painéis com potência aumentada em 25%, também foi realizada a obra de construção de 840 metros de rede de recalque”, diz Zeca. “O valor total gasto foi de R$ 1 milhão com recursos próprios”, completa, anunciando que está previsto ainda o aumento da capacidade de “reservação de água para a localidade com construção de mais um reservatório com capacidade de 1.500.000 litros”.