Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0

Grampos

Arcelor – O Sindicato dos Metalúrgicos está negociando com a Arcelor Mittal a concessão de benefícios para os seus trabalhadores. Dentre eles, a extensão do plano de saúde até janeiro, o fornecimento de cesta básica a partir de abril (2018), o pagamento da PLR e a cesta de Natal. A empresa está resistente quanto a alguns itens e garante que a cesta básica será concedida somente a partir de agosto. O plano de saúde foi negado e a cesta de Natal está mantida. Quanto à PLR, a Arcelor disse que não tem nem a definição das metas e critérios e que vai pagar um salário base no dia 9 de novembro a título de gratificação.

 

Aposentados – Um grupo de voltarredondenses já está se reunindo para tratar das eleições para a poderosa Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda. Os planos são de formar logo uma chapa e começar a difundir os planos de grupo, que é de renovação. A ideia, diz um deles, é botar o ‘bloco na rua’ já em janeiro. A eleição será em 2020.

 

Caos – O aQui acertou em cheio ao prever que haveria um caos no primeiro final de semana de funcionamento do novo shopping. Começou na noite de sexta, 26, e só terminou no domingo, 28. A fila do estacionamento, por exemplo, era quilométrica. Começava no Mergulhão do Tinhorão. 

 

Shopping (I) – A direção do Park Sul comemorou o movimento e as vendas no primeiro fim de semana do shopping, inaugurado em 23 de outubro. De sexta a domingo, o Shopping recebeu mais de 130 mil pessoas. “Foi acima de qualquer projeção otimista. Várias lojas tiveram que repor seus estoques. A população foi em peso ao shopping, pois se trata da grande novidade da região”, comemorou Alfredo Zanotta, superintendente.

 

Shopping (II) – No sábado, 27, quando a Havan abriu suas portas, o estoque de edredom acabou no mesmo dia. Também pudera, estava sendo vendido a R$ 30, uma pechincha. O povo deve estar se prevenindo para o próximo inverno, não é mesmo?

 

Estacionamento (I) – Outra notícia referente ao novo shopping é que o valor do estacionamento será de R$ 8 – tarifa única. Ou seja, ficando uma hora ou dez horas por dia, o cliente terá que morrer em oito reais.

 

Estacionamento (II) – Vizinho do shopping, o Walmart apressou-se em instalar cabines de cobrança na sua área de estacionamento. Tudo para evitar os ‘espertos’, que iriam passar a estacionar no supermercado para gazetear ou fazer compras no shopping. Detalhe: quem fizer compras fica isento do pagamento do estacionamento.     

 

Estacionamento (III) – A medida adotada pelo Walmart é comum em outros locais de Volta Redonda. Mostra que a regra deve ser disciplinada por uma lei municipal. Quem se habilita?

 

Estacionamento (IV) – Para o consumidor que fizer compras acima de R$ 30,00 na Havan, o estacionamento será cobrado pela metade, ou seja, R$ 4,00. No Supermercado Bramil, dependendo do valor da compra e do tempo de permanência do consumidor no Shopping, o estacionamento será gratuito (a exemplo do que já acontece no Pátio Mix e no Spani, em Resende).

 

Estacionamento (V) – Para os frequentadores do cinema, o valor do estacionamento também será diferenciado. Os descontos, porém, ainda não foram definidos porque as salas de exibição ainda não estão funcionando. O Cine Araújo deve ser inaugurado até o final de novembro.

 

Estacionamento (VI) – Um detalhe: o estacionamento do hipermercado custa R$ 10,00 a hora. Um absurdo para Volta Redonda.

 

Católicos – Às vésperas do segundo turno para Presidente, o bispo emérito de Volta Redonda soltou uma carta aos católicos. Claramente pedia aos seus fiéis que não votassem em Jair Bolsonaro por uma série de motivos. Apostou errado. Primeiro porque Bolsonaro foi eleito pela maioria dos brasileiros, incluindo, obviamente, milhares de católicos, incluindo os da diocese que comanda. E, principalmente, por ter sua opinião contestada abertamente por ilustres católicos.

 

Vai vendo (I) – Em fevereiro, quando era apenas um ex-atleta olímpico, o deputado federal eleito pelo PSL Luiz Lima esteve na região para fazer palestras dentro do Projeto Superando Limites. Fez o maior sucesso. Na época, segundo uma fonte, ele teria se oferecido para visitar e palestrar em duas secretarias do governo Samuca, ligadas à área esportiva. Nas duas, Luiz Lima ouviu um sonoro ‘não’.

 

Vai vendo (II) – Eleito com mais de 115 mil votos, sendo que 882 votos obtidos só em Volta Redonda, Luiz Lima tem tudo para virar Ministro do Esporte. Ou, se for o caso, indicar alguém. É dele, para quem não sabe, o projeto de esportes do futuro governo Bolsonaro.

 

Vai vendo (III) – Pela região, Luiz Lima esteve com o prefeito Ailton Marques (Porto Real), com Fábio Buchecha (vereador de Volta Redonda) e até com Munir Francisco, candidato derrotado a deputado estadual. Ele apoiou Alexandre Serfiotis, garante a fonte, acrescentando a informação de que Luiz Lima virá a Volta Redonda ainda na primeira quinzena de novembro. 

Democracia (I) – O governador Luiz Fernando Pezão mostrou que é um democrata. Mesmo tendo apanhado tanto de Bolsonaro quanto de Witzel, Pezão já na noite de domingo fez questão de cumprimentá-los pelas vitórias à Presidência e ao governo do Rio, respectivamente.  

 

Democracia (II) – Na terça, 30, Pezão recebeu Witzel de braços abertos no Palácio Laranjeiras, onde combinaram detalhes da transição.  Depois, através de um decreto, Pezão instituiu a comissão de transição, formada pelos secretários da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, Sergio Pimentel, Fazenda e Planejamento, Luiz Claudio Gomes, e Governo, Affonso Monnerat. Por parte do governador eleito, o coordenador da transição é José Luiz Cardoso Zamith. O ex-prefeito Gotardo Neto também fará parte da equipe de Witzel.

 

Democracia (III) – Os secretários estaduais deverão encaminhar ao presidente da comissão, secretário Sergio Pimentel, até 22 de novembro, informações sobre programas realizados e em execução, assuntos que demandarão ação ou decisão da administração nos 100 primeiros dias do novo governo, projetos que aguardam implantação ou que tenham sido interrompidos e as contas públicas do governo estadual.

 

MAN – A MAN vai implantar, em dezembro, o segundo turno parcial na fábrica de Resende. Serão criados 350 empregos diretos. O anúncio foi feito por Roberto Cortes, presidente da marca no Brasil, na terça, 30. Segundo ele, o turno extra será para a produção e montagem de chassis de ônibus e caminhões extrapesados. A contratação dos novos colaboradores começa em novembro.

 

De novo – Uma fumaça alaranjada foi vista novamente saindo dos fornos da CSN. Desta vez, na manhã da última quarta, 31. Em nota, a CSN admitiu o problema e disse que houve uma emissão fugitiva pontual e de curta duração no setor de aciaria. A nota diz ainda que apesar do impacto visual, não foram registradas alterações na qualidade do ar da cidade.

 

Insalubridade – Os trabalhadores da Aços Longos já estão recebendo insalubridade. O direito era uma reivindicação antiga do Sindicato dos Metalúrgicos à CSN e passou a ser pago depois da realização de uma perícia comprovando a insalubridade no trabalho.

 

Hospital (I) – Terminou na quarta, 31, o prazo dado pela CSN para o Hospital das Clínicas de Volta Redonda tocar o antigo Hospital Vita. Procurada, a empresa não informou se o contrato foi renovado e por quanto tempo mais. Sabe-se apenas que um emissário de Benjamin Steinbruch esteve vistoriando a unidade para apresentar um relatório ao empresário. Detalhe: o relatório teria sido positivo. Amém! 

 

Hospital (II) – Uma fonte do aQui, entretanto, garante que a situação está sob controle. E conta uma novidade, que era do conhecimento de poucas pessoas: “A decisão judicial estabeleceu o prazo de quatro meses no mínimo, não tendo fixado um prazo improrrogável e/ou intransponível de quatro meses. Considerando que os quatro meses de “carência” já se encerraram, a partir de agora, a CSN pode substituir o HC a qualquer momento, mas não é obrigada a isso”. Ou seja, pode ir ficando, ficando, ficando… “Tudo está sendo estudado pelo RH da CSN”, completou.

Faixa – A secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana acertou ao reorganizar a faixa de pedestres que atravessa a Rodovia dos Metalúrgicos em frente ao Shopping Park Sul. Agora, como mostra a foto, a faixa está em linha reta e os consumidores não pisam mais na grama para atravessar o canteiro da rodovia. Outra boa notícia, dada por Maurício Batista, titular da pasta, é que dois novos pontos de ônibus estão sendo colocados no trecho do shopping.

 

Rotatória – Com relação à rotatória que o Portal da Saudade está construindo na entrada do cemitério para atender também os consumidores que vão para o shopping, Maurício diz que até o Natal uma ‘grande e funcional’ rotatória estará funcionando no local. 

 

Exposição – Em comemoração aos seus 73 anos de fundação, o Gacemss promove na Galeria de Arte Cílio Bastos, na Vila, de 8 a 30 de novembro, uma exposição da artista plástica Ana Lammbert, intitulada “Gente”. A mostra é composta por 8 trabalhos em tela, técnica mista e 30 desenhos em nanquim.  

 

Transição – Desde a vitória de Wilson Witzel que o ex-prefeito Gotardo Netto vive com um pé na cidade do aço e outro na cidade maravilhosa. Na quarta, 31, na parte da manhã, Gotardo participou de mais uma reunião do grupo de transição do governo Witzel com a equipe do governador Pezão. E, na hora do almoço, retornou para Volta Redonda, onde iria fazer um parto no Hinja.

 

Saúde – Antes que os boatos se espalhem, uma informação: Gotardo não vai ser o secretário estadual de Saúde. Prefere ficar ajudando Witzel apenas nos bastidores da máquina estadual e nos corredores dos hospitais. Faz sentido, afinal ele entende das duas áreas.

 

Exclusivo – Em 2013, quando ocupava uma cadeira na Assembleia Legislativa, Gotardo apresentou um Projeto de Resolução – devidamente aprovado pelos deputados estaduais – para conceder a Medalha Tiradentes, a maior honraria da Casa, ao então juiz federal Wilson José Witzel, paulista de Jundiaí, a terra da uva. Prova que são amigos de longa data…

 

AAP-VR – O Centro Odontológico Bergonsil de Oliveira Magalhães, mantido pela Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, já está funcionando com um novo horário: das 7 às 19 horas – sem pausa de atendimentos no horário de almoço. Mais informações pelo telefone (24) 3343-5403.

 

Loja – O prefeito Samuca Silva esteve na abertura da Havan, no Shopping Park Sul. E fez questão de agradecer a Luciano Hang, dono da loja, que não veio a Volta Redonda por conta de uma suposta ameaça que teria sofrido pelas redes sociais. “Esse é um dia importante para nossa cidade. Eu quero agradecer ao Luciano por ter acreditado em Volta Redonda. Foram mais de 250 empregos para o nosso município”, justificou Samuca.

 

Quente (I) – O prefeito Samuca Silva anda travando uma guerra nos bastidores com um grupo de vereadores, incluindo ex-aliados. Maurício Pessôa é um deles e teria tentado aliciar outros parlamentares para, relembrando o grupo dos 13 que encarava Neto, criar o ‘grupo de 10’, de oposição a Samuca. Está tendo muitas dificuldades, é bom que se frise.

 

Quente (II) – Aliás, na reorganização da sua base aliada, anunciada pelo aQui na edição passada, Samuca se reuniu na terça, 30, com um grupo de parlamentares no Palácio 17 de Julho. O objetivo foi aparar arestas e acertar detalhes da nova formação da base aliada.

 

Quente (III) – Por falar em Câmara, Paulinho do Raio-X (MDB) acabou desagradando a alguns dos seus colegas de Parlamento. Na terça, 30, o vereador postou uma reportagem em seu Facebook e deixou no ar a seguinte pergunta: “Será que estou sozinho nessa briga pela Saúde?”. A cutucada não agradou a vários… Vem chumbo quente por aí.

 

Saúde – Em outra postagem, Paulinho aproveitou que um ônibus da prefeitura, que levava pacientes ao Rio de Janeiro, teve problemas mecânicos na Via Dutra, para gravar um vídeo. Acabou expondo os pacientes. O problema, inclusive, já estava sendo resolvido pela secretaria de Saúde.

 

Escola – A prefeitura de Volta Redonda inaugurou no sábado, 27, as obras da reforma da Escola Municipal Doutor Jiulio Caruso. A unidade recebeu pintura geral, interna e externa, reparo no telhado para retirada de infiltrações, reforma dos banheiros, iluminação da quadra poliesportiva, do pátio e do estacionamento e também foram instalados mastros para as bandeiras.  “Nós vamos trabalhar para colocar, nesta mesma situação, pelo menos outras 50 escolas do município até 2020”, prometeu Samuca ao participar do ato.

 

Vistoria – O governador eleito Wilson Witzel (PSC) confirmou que pretende mesmo acabar com as vistorias do Detran. A taxa de renovação continuará sendo cobrada, mas os motoristas não terão mais que ir aos postos do órgão para fazer a vistoria dos veículos. Uma boa notícia, com certeza.  

 

Visita – Dois ex-prefeitos, Gotardo e Baltazar, estiveram recentemente no Palácio 17 de Julho para trocar dois dedos de prosa com Samuca Silva.       

 

Coisas da eleição (I) – Digna de registro e estudo a votação de Cristina Bolsonaro, ex-mulher do Presidente eleito, Jair Bolsonaro. Em Volta Redonda, ela só conseguiu 128 votinhos. Tadinha dela, não é mesmo? Se serve de consolo, Cristina ficou à frente de Marcelo Crivela Filho, do PRB, que obteve 116 votos. 12 a menos que a ex-mulher do Presidente eleito.

 

Coisas da eleição (II) – Aliás, quem diz que a onda bolsonarista elegeu até poste, engana-se. Veja só a relação dos militares, todos do PSL, que não se elegeram para a Câmara: Comandante Sérgio Weydt (63 votos em VR); comandante Ribeiro Afonso (39 votos em VR); comandante Sarmento (39 votos em VR); capitão Mateus (38 votos em VR); sub oficial Bonifacio (23 votos em VR); subtenente bombeiro Valdelei (23 votos em VR); Bambam Naval (será que é da marinha?, 16 votos em VR);. sargento Firmino (3 votos em VR); e sargento Etiene (1 voto em VR). Que fiquem na caserna!

 

Colchão – Tem empresário de Volta Redonda querendo deitar em um bom colchão para sonhar em ser uma espécie de Romeu Zema em 2020, que, de ilustre desconhecido virou governador de Minas Gerais. No caso do sonhador, ele quer subir a rampa do Palácio 17 de Julho.

 

Tá frio – O ‘Zema caipira’ só não pode é dar calote na praça como alguns candidatos de Volta Redonda fizeram nas eleições para a Câmara.

 

Vagas – A CSN está com vagas abertas para as áreas de operação e manutenção da Usina Presidente Vargas. As vagas são para soldador, mecânico, eletricista, montador de andaime, auxiliar de produção, operador de produção e ponte rolante. Para participar da seleção, os candidatos deverão cadastrar o currículo no site www.csn.com.br/oportunidades, até o dia 9. Para preenchimento das vagas é necessário ter ensino médio completo.

 

 

 

A conferir (I) – Há quem garanta que a família Nader seria próxima do governador eleito Wilson Witzel (PSC). Os peixinhos do governador seriam os filhos do ex-deputado estadual José Nader – Guto e Rubão. Detalhe: os dois teriam promovido encontros pró-Witzel em Pinheiral e Macaé e poderiam até ter espaço no governo Witzel.  

 

A conferir (II) – Só que há quem discorde das informações e previsões acima. Tudo não passaria de ‘balão de ensaio’. É, pode ser.

 

Barraco – Os internautas de Barra Mansa estão curtindo os lances do maior barraco que tomou conta das redes sociais envolvendo um dos grandes empresários da cidade e um dos secretários do governo Drable. “Situação fora de controle”, definiu quem conhece os dois barra-mansenses, garantindo que as ofensas virtuais podem virar um caso policial. Vixe.

 

Fundamp – A Câmara de Barra Mansa aprovou a criação de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito), no último dia 19 de outubro, para investigar a vida do Fundamp nos últimos 12 meses.  

 

Parceria – Para estreitar relações e estabelecer parcerias para 2019, o presidente da Fundação de Cultura de Barra Mansa, Marcelo Bravo, se reuniu com a diretoria do Grebal (Grêmio Barramansense de Letras), para tratar da realização de uma feira literária denominada ‘Biblioteca Itinerante’, proposta na qual um ônibus passará a circular levando literatura aos bairros de Barra Mansa.

 

Esperto (I) – Meio que não querendo chamar atenção, a prefeitura de Barra Mansa realizou no dia 16 de outubro – Processo 09043/2018 – um pregão presencial, tipo maior oferta, para contratar uma instituição bancária para gerir a folha de pagamento dos servidores públicos a partir de 2019. Pena que não tenha divulgado até ontem, sexta, 2, o resultado do certame.

 

Esperto (II) – O engraçado é que os serviços serão feitos a partir de janeiro de 2019, mas o bancão que ganhou o pregão teria que depositar o valor ofertado até sexta, 26 de outubro. “A CONTRA-TADA deverá efetuar o recolhimento do valor ofertado em até 10 (dez) dias corridos, mediante ordem bancária creditada na conta deste Município”, previa o processo.

Pátio de Manobras – Ainda de ressaca moral pela derrota do seu candidato (Eduardo Paes), o prefeito Rodrigo Drable esteve em Brasília e na terça, 30, anunciou que conseguiu uma verba, junto à bancada do Rio de Janeiro na Câmara dos Deputados, de R$ 20 milhões para as obras de readequação do Pátio de Manobras, iniciadas há 11 anos e paralisada há quatro. A verba, garante ele, será colocada como emenda de bancada no Orçamento da União para 2019, medida impositiva que obriga o governo Federal a aplicar esses recursos na cidade. “Uma vitória fantástica para a história de Barra Mansa, depois de anos com as obras paradas, conseguimos a liberação de recursos para a retomada do Pátio de Manobras”, afirmou Drable.