Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 23 de Junho de 2017
0
Publicado em 23/01/17, às 11:13

“Foi positivo” 

presidente do sindicato - sebastião paulo de assisO Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de Volta Redonda e Região divulgou o balanço do trabalho que realizou em 2016. Para o presidente da entidade, Sebastião Paulo de Assis, um dos principais destaques foi o resultado obtido nas campanhas salariais com ganhos significativos para os setores representados pela base do Sindicato. “Apesar da crise econômica que nosso país enfrenta, com a mobilização dos trabalhadores e da diretoria tivemos conquistas nas convenções coletivas de trabalho deste ano.  No setor da Construção Civil, por exemplo, os trabalhadores tiveram a coragem de fazer uma greve para defender seus direitos e alcançar suas reivindicações”,  comentou Sebastião Paulo.

 

O aumento salarial conquistado pela Construção Civil foi de 9%, entre outros benefícios como reajuste de R$ 200,00 na cesta básica para trabalhadores que atuam no interior das indústrias e R$ 130,00 para os de fora das indústrias. Já para o setor de Mármore, granito e afins, o reajuste foi de 10%.

No setor da Construção Pesada e Montagem, o reajuste salarial foi de 9,5% para as funções que recebem até R$ 5.500. Para as demais funções, que recebem de R$ 5.501 a R$ 7.300 e que representam menos de 10% dos trabalhadores, o reajuste salarial foi de 7%.

 

Sebastião Paulo destaca outras ações importantes que aconteceram no ano passado. Entre elas, as comemorações dos 70 anos de fundação do Sindicato, uma das entidades mais antigas da região e que teve atuação em várias lutas dos trabalhadores, como na greve da CSN em 1988.

 

O sindicalista lembra que a entidade aproveitou a comemoração do aniversário especial de 2016 para recordar e registrar o seu histórico de luta. Além disso, disse, foi gratificante perceber que os diretores conseguiram dar continuidade ao trabalho iniciado pelos fundadores do Sindicato, fato que pode ser comprovado no trabalho do dia a dia. “Estamos sempre atentos na fiscalização de obras para apurar possíveis irregularidades que envolvam os trabalhadores. Participamos das mesas redondas no Ministério do Trabalho para dar suporte ao trabalhador e para que ele de fato tenha seus direitos garantidos, sem contar que oferecemos assessoria jurídica aos trabalhadores nas ações que tramitam na Justiça do Trabalho. Representamos nossa entidade em vários seminários e congressos com o objetivo de aumentar a representatividade  da nossa categoria  e trazer a realidade do que acontece no país para a nossa região, pois as decisões e mudanças na esfera nacional afetam diretamente ou indiretamente todos nós”, ressaltou. 

 

Sebastião Paula ressalta ainda outra ação realizada com sucesso: a 3ª Festa do Trabalhador. Idealizado pela diretoria, o evento tem crescido e se consolidado como uma importante iniciativa de valorização da categoria. A festa aconteceu no dia 19 de novembro, no Recreio do Trabalhador, com a participação de quase três mil pessoas. Teve sorteio de prêmios (poupanças), brindes, entre outras atrações, disse, lembrando que ele e a sua diretoria esperam enfrentar novos desafios em 2017, num cenário nacional preocupante com retiradas de direitos trabalhistas e sociais tramitando no Congresso e no Senado.  A meta, segundo ele, é continuar mobilizando a categoria e outras entidades para combater qualquer projeto que represente perda de direitos aos trabalhadores.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.