Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quinta-Feira, 21 de Fevereiro de 2019
0
Publicado em 04/02/19, às 08:55

Falso emprego

A secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos de Barra Mansa (SMASDH) encaminhou no sábado, 26, os idosos S. N. e C. N., de 68 e 65 anos, respectivamente, para seus lares no Paraná. Eles estavam na cidade desde que foram enviados, vejam só, pela secretaria de Assistência Social de São Gonçalo, na Baixada Fluminense. Coisa do tipo: “aqui não; vá pra outro lugar”. 

 

De acordo com o casal, eles decidiram viajar para Barra Mansa atraídos por uma falsa promessa de emprego. Sem o emprego, ficaram próximos ao Parque Centenário, no Centro, durante grande parte do dia até que a equipe da Assistência Social os abordou. A secretaria fez a locomoção do casal até a rodoviária do município, onde os idosos embarcaram na manhã de domingo, 27.

 

De acordo com a secretária de assistência social, Ruth Coutinho, quando ela chegou ao local percebeu que o casal estava totalmente sem rumo. “Eles ficaram mais de oito horas parados no mesmo lugar. Fizemos a abordagem e eles nos informaram o que havia acontecido. Fomos com eles para a rodoviária, onde foram compradas as passagens para São Paulo e de lá eles partiram para seus lares, no Paraná”, contou.

 

Segundo Ruth, no dia seguinte ela esteve na rodoviária para acompanhar o embarque do casal. Os dois estavam magoados por terem sido enganados com a promessa de emprego. “Assim como esse caso, muitas pessoas largam tudo e partem para outros estados iludidas com uma promessa que às vezes não é tão confiável; precisamos estar sempre atentos a essas situações”, orientou a secretária.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.