Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sábado, 23 de Setembro de 2017
0
Publicado em 07/08/17, às 09:45

Envelhecer bem

Ainda curtindo o ‘Dia dos Avós’, que foi comemorado no último dia 26 de julho, vamos falar um pouco sobre um assunto que interessa a todos da terceira idade: o envelhecimento cutâneo. A pele, como qualquer outro órgão do corpo, sofre modificações, com o passar do tempo, que levam ao envelhecimento. E observamos, principalmente, a perda da hidratação e oleosidade, além da diminuição da atividade imunológica e da produção de colágeno e elastina, causados pelo envelhecimento cronológico, também chamado de intrínseco. O envelhecimento extrínseco, por sua vez, é provocado pelas interações ambientais e fatores externos como sol, álcool, tabagismo, estresse, doenças crônicas e outros.

 

As glândulas produtoras de sebo e de suor têm uma queda em suas atividades e, por isso, a pele do idoso fica mais ressecada e desidratada. O mesmo ocorre com a atividade imunológica, facilitando o surgimento de micoses, alergias e viroses. A menor produção de colágeno e elastina (que dão firmeza e sustentação) torna a pele mais fina e delicada, mais flácida e com mais sulcos e linhas de expressão.

 

Outras alterações comuns na pele do idoso são decorrentes da radiação solar acumulada durante a vida: manchas, feridas e tumores. Quanto mais sol, maior a chance de surgirem essas lesões, bem como maior é o envelhecimento, com formação de mais rugas e afina-mento da pele.

 

A pele do idoso comumente sofre com episódios de coceiras devido às alterações do envelhecimento e pode piorar com hábitos como tomar banhos quentes e demorados, além do uso de buchas, sabões e até o de algumas medicações.

 

Os cuidados diários para uma pele madura, pensando em controlar e prevenir o envelhecimento acelerado, incluem banhos mornos, rápidos, uso de sabonetes leves, uma hidratação diária e o uso regular de proteção solar. Isso vai ajudar a manter a pele mais hidratada, evitar as coceiras, reforçar a barreira de proteção cutânea, dando mais resistência e melhorando a imunidade.

 

maite_cor

 

 

 

 

Maitê Vieira Bahia é médica com pós-graduação em Dermatologia, CRM 52.85624-0. Atende no Centro Médico, ao lado do Hospital Vita – telefone (24) 2102-0088 e no Centro de Saúde Renascer – telefone (24) 3348-1098

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.