Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 20 de Setembro de 2017
0
Publicado em 10/07/17, às 13:57

Pra frente

DSCN3361

Em seu segundo mandato como vereador de Volta Redonda, Sidney Dinho (PEN) recebeu um grande desafio no início do ano: ser presidente da Câmara. Em seis meses, a tônica que marcou Dinho foi a de defender o Poder Legislativo sempre que fosse necessário. Tanto que chegou a entrar em atrito, por duas vezes, com Samuca Silva (Podemos), por achar que o prefeito estava tentando interferir nos trabalhos da Casa. Sorte que os dois rapidamente se entenderam e, até prova em contrário, vivem em paz.

Na coletiva de imprensa, realizada na segunda, 3, Dinho aproveitou e fez um balanço do seu mandato, dizendo que conseguiu equilibrar as finanças da Câmara e confirmou que pretende sair como pré-candidato a deputado estadual pelo PEN. “Estou conversando com a direção estadual do PEN e coloquei meu nome à disposição do partido para essa tarefa. Depende agora da direção e dos meus colegas de legenda a decisão sobre se serei ou não candidato a deputado estadual”, comentou.

Voltando ao assunto da coletiva, Dinho fez questão de falar sobre as finanças da Casa – já que essa é a primeira vez ele atua como ‘ordenador de despesas’. “As contas da Câmara estão equilibradas. E ouso dizer que no fim do ano deveremos devolver algo aos cofres públicos para ser usado pelo prefeito em saúde, educação ou segurança”, avaliou, ressaltando que, mesmo com a economia, conseguiu fazer melhorias na estrutura da Câmara. “Instalamos 32 câmeras de monitoramento. Fizemos as melhorias na parte interna, nos gabinetes. E agora temos um projeto de reforma do plenário, que é escuro e precisa de melhorias”, garantiu.

Dinho também destacou que foram apresentados, nos primeiros seis meses de 2017, 122 projetos de lei, sendo que 48 já foram aprovados. “Os demais ainda estão tramitando dentro das Comissões Permanentes da Casa e, em breve, devem ir a plenário para votação”, destacou, ressaltando que ao assumir havia 26 carros e quatro deles viviam dando problemas. Hoje são 22 – um para cada vereador e um para a Direção Geral. “Adquirimos quatro veículos novos e devolvemos oito para a prefeitura. Conversamos com os vereadores para cada um assumir a responsabilidade da manutenção do próprio carro. E com os 22 veículos conseguimos atender bem a Direção Geral e os vereadores”, comentou.

Dinho, durante toda a coletiva, fez questão de agradecer aos servidores da Casa – com quem posou para as fotos. “Pedi a eles em janeiro, quando entrei, que não me deixassem errar. Fui PM 25 anos e havia comandado equipes na rua, mas nunca havia sido ordenador de despesas, por isso pedi ajuda aos servidores. Eles se empenharam e me ajudaram. Sem eles, não teria conseguido chegar até aqui”, agradeceu, elogiando os parlamentares que fazem parte da Mesa Diretoria: Paulo Conrado (PRTB), Francisco Novaes (PP), Pastor Washington (PRB) e Fábio Buchecha (PTB). “Pude contar com o apoio e a firmeza nas decisões da Mesa Diretora e dos meus pares. Sem isso não teria conseguido”, concluiu.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.