Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 11/09/17, às 09:30

Curtas

Universidade da Melhor Idade

deley

Imagine uma turma universitária. Pensou logo num grande grupo de jovens reunidos, não é mesmo? Pois é, mas esse conceito pré-estabelecido está com os dias contados. A Universidade da Melhor Idade teve sua primeira aula inaugural na segunda, 4, no campus da Universidade Federal Fluminense, na Vila. As 40 vagas disponibilizadas foram preenchidas rapidamente, desde que as inscrições foram abertas, no dia 18 de agosto.

A implantação e custeio da universidade partiram de ações do deputado federal Deley de Oliveira (PTB), que fez uma emenda de R$ 850 mil destinada para a UFF. A instituição será a gestora do curso, através da Escola de Engenharia de Volta Redonda. “Além de todo aparato, de todo ensino, o que mais me encantou com esse projeto foi a possibilidade de ver a melhor idade frequentar o ambiente universitário. Acredito que teremos uma rica troca de experiências, sem igual”, declarou Deley, complementando que já está atuando com o intuito de ampliar o número de vagas para os próximos anos letivos.

O curso tem a duração de um ano, com 600 horas. Dentro desta carga horária, 480 horas são destinadas para aplicação das disciplinas e 120 horas para oficinas. A faixa etária dos estudantes é a partir de 55 anos e o nível de escolaridade exigido para ingresso na faculdade foi o fundamental completo. Fotografia, segurança doméstica e primeiros socorros, plantas medicinais e musculação na melhor idade são alguns dos workshops desenvolvidos ao longo da graduação. Já o conteúdo teórico conta com matérias de inglês, espanhol, matemática, produção de texto, direito do idoso, entre outras.

 

Começou a limpeza do Córrego Laranjeiras

04-09-17 - Draga Vista Alegre - Chico de Assis (13)

A chegada das máquinas que farão a limpeza e o desassoreamento do Córrego das Laranjeiras, que corta o Vista Alegre, foi comemorada em Barra Mansa. O prefeito Rodrigo Drable acompanhou tudo, tendo ao lado o vereador Thiago Valério, o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Cláudio José da Silva, o presidente da Câmara, Marcelo Cabeleireiro, e representantes do Inea (Instituto Estadual do Meio Ambiente). O trabalho de “higienização” foi iniciado na terça, 5.

Por meio do programa “Limpa Rio”, a prefeitura recebeu uma escavadeira e três caminhões para realizarem todo o serviço. “Estou preocupado com as chuvas de verão e o rio está com muito lixo, como pneus, restos de obra e materiais de diversos tipos. Com as chuvas, o rio transborda e prejudica os moradores. Peço aos residentes que mantenham os rios limpos, porque isso afeta diretamente a qualidade de vida dos barra-mansenses”, disse o prefeito, fazendo um apelo à população.

Esta será a primeira vez que o córrego será limpo por máquinas. “Nossa previsão é de que a limpeza tenha uma extensão de 400 metros para poder recuperar o local. A expectativa é que cerca de 1500 m³ de resíduos sejam retirados do córrego”, explicou Rondinele de Oliveira, chefe de serviço e engenheiro do Inea.

Os moradores do Vista Alegre estão vendo o trabalho com bons olhos diante do sofrimento vivido por conta do acúmulo de lixo, proliferação de mosquitos e das constantes enchentes. Vanderlei de Braz elogiou Rodrigo Drable e os demais responsáveis pela limpeza do córrego. “Fico muito feliz com o trabalho realizado, creio que o prefeito esteja no caminho certo e que esse seja o pontapé da recuperação do córrego das Laranjeiras. Espero que nosso povo se conscientize também a não jogar lixo no local”, declarou.

 

Chamada Escolar 2018

A secretaria de Educação de Volta Redonda está aceitando as inscrições para a Chamada Escolar 2018 até o dia 29 de setembro, atendendo crianças na creche e pré-escola, além da EJA (Educação de Jovens e Adultos). A inscrição deverá ser feita nas unidades escolares mais próximas do bairro onde os alunos moram. “A inscrição pode ser feita por qualquer cidadão para as crianças com até cinco anos e para jovens ou adultos acima dos 15 anos”, lembrou a secretária de Educação, Rita Andrade.

Nas creches, serão matriculadas crianças nascidas entre 03/04/2014 e 30/11/2017; na Pré-Escola, crianças nascidas entre 03/04/2012 e 02/04/2014. O objetivo da secretaria é que todos os pais e responsáveis atendam à campanha da Chamada Escolar 2018. A inscrição na Chamada Escolar para a Educação Infantil (creche) é o instrumento necessário para se medir a demanda de vagas escolares por bairros, regiões, além do número de creches. “É fundamental que os pais ou responsáveis pelas crianças atendam ao chamado da Educação e façam as inscrições nas unidades mais próximas”, salientou o prefeito Samuca Silva.

Documentos

A inscrição – isenta de qualquer taxa – pode ser feita pelo pai ou responsável legal pelo aluno, que deve ser morador de Volta Redonda. O endereço apresentado pode ser residencial ou de trabalho do responsável. Os documentos necessários são: número do NIS (Número de Informação Social), comprovante do último pagamento do benefício do Programa Bolsa Família ou Declaração de Beneficiário expedido pelo Gestor Municipal da Assistência Social (Smac), original da certidão de nascimento do candidato, comprovante de renda, residência de trabalho (no caso de creche).

Os critérios para a classificação final na Chamada Escolar 2018 para a creche são: cidade (com prioridade para os moradores de Volta Redonda); ser inscrito no CAD Único (NIS); estar inserido no Programa Bolsa Família; idade (o filho mais velho tem prioridade); mãe trabalhando e renda familiar.

EJA

 A Chamada Escolar da EJA pode ser feita pelo aluno com idade superior a 18 anos ou pelo responsável legal para alunos menores, com idade mínima de 15 anos.

Não há taxa de inscrição e os documentos originais exigidos são: Certidão de Nascimento do candidato ou carteira de identidade, comprovante de residência (é necessário ser morador de Volta Redonda), declaração ou comprovante de trabalho. Para se classificar, é necessário que o aluno trabalhe, ou que esteja afastado do processo educativo, com prioridade para quem está mais tempo longe do estudo.

 

Junta Médica

01-09-17.Junta Médica (1)

A transferência dos serviços referentes à medicina do trabalho da responsabilidade de uma empresa terceirizada para a gestão da Junta Médica Permanente da prefeitura de Volta Redonda já rendeu bons frutos. Em um mês de funcionamento na sexta, 1, 1.436 servidores foram atendidos. O local, implantado pela prefeitura por meio da secretaria de Administração, oferece serviços como: homologação de atestados, exames admissionais e demissionais, licenças médicas, aposentadorias, exames de retorno ao trabalho, CAT (Comunicado de Acidente do Trabalho), entre outros.

A diretora do DRH da prefeitura, Renata, contou ainda sobre a ligação estabelecida com a UFF (Universidade Federal Fluminense) para a realização do trabalho. “Nós fizemos uma parceria com a faculdade e quatro estagiários do curso de psicologia atuam conosco, juntamente com os médicos do trabalho. O objetivo é ouvir os servidores, apurar as demandas e, a partir disso, desenvolver oficinas temáticas voltadas às funções exercidas”, explicou.

A Junta Médica Permanente de Volta Redonda fica na Rua 33, na Vila. Seu horário de funcionamento é das 9 às 12 horas e das 14 às 17 horas. Para mais informações, os telefones são: (24) 3350-7446 ou 3350-7476.

 

Água para o Santa Bárbara

Com 59 anos, dona Eunice Maria Batista busca água na mina do vizinho quase todos os dias. Quando ela não pode, os filhos e netos ajudam. Todos moram na mesma casa, na comunidade do Santa Bárbara, localizada logo depois do Roma II. Detalhe: não possui água potável e nem rede de esgoto. Além da necessidade de buscar água em poços artesianos ou minas, os moradores precisam utilizar fossas ou o esgoto é jogado in natura no Rio Brandão, que corta a área.

Essa situação está prestes a mudar. É o que a prefeitura de Volta Redonda promete. “Essas obras já entraram no Orçamento Participativo e estamos em fase de precificação das prioridades que foram eleitas pela população”, contou o secretário de Planejamento, Transparência e Modernização da Gestão, Júlio Andrade.

 

Cálculo Renal

A secretaria estadual de Saúde e o Hospital Universitário Pedro Ernesto inauguraram na quarta, 6, o Centro de Tratamento para Cálculo Renal (Centro de Tratamento de Litíase), que funcionará como uma extensão do serviço de Urologia do hospital. O atendimento, que já acontece na unidade, será ampliado e passa a ser especializado no tratamento de cálculos nas vias urinárias (desde o rim até a bexiga). O Centro contará com 5 leitos, além dos 21 já existentes no setor de Urologia, terá capacidade para realizar cerca de 60 cirurgias por mês e atenderá pacientes de todo o estado do Rio, as consultas serão agendadas através do Sisreg.  

O setor conta com uma equipe multidisciplinar formada por urologistas, cirurgiões, anestesistas, nefrologistas e enfermeiros, além de realizar exames de imagem de alta complexidade, como ressonância, urografia excretora e tomografia.

O Centro de Tratamento do Cálculo Renal terá ainda um ambulatório e uma enfermaria exclusivos, além de uma sala no centro cirúrgico onde serão realizadas cirurgias diariamente. Entre as técnicas cirúrgicas utilizadas está a cirurgia aberta, percutânea (que é uma punção que se faz no rim para quebrar o cálculo e retirar) e endoscópica (que utiliza laser para fragmentar o cálculo).

 

ID Jovem

01-09-2017 - id jovem - gabriel borges (3)

Agora, os jovens de Volta Redonda terão direito à meia-entrada nos eventos artístico-culturais e esportivos da cidade além de passagens interestaduais gratuitas. Trata-se da Caravana ID Jovem, cujo lançamento ocorreu na sexta, 1, no Colégio João XXIII, no Retiro, com a presença do prefeito Samuca Silva. O projeto prevê o cadastramento de jovens de 15 a 29 anos no programa para a obtenção dos benefícios citados. 

Samuca ressaltou a importância do documento e lembrou que o objetivo da Coordenadoria Municipal da Juventude é fazer com que o município seja referência em políticas públicas para essa parcela da população. “Vamos, inclusive, criar o Centro de Referência em Juventude, um projeto que no estado só existe na capital”, anunciou, complementando que haverá fiscalização para que esses direitos sejam garantidos: “Se tiver algum empresário que não queira aceitar a ID Jovem, podem nos procurar na prefeitura. Faço questão de ir pessoalmente cobrar o cumprimento do projeto”, assegurou.

O ID Jovem é destinado aos jovens de famílias com renda mensal de até dois salários mínimos e inscritos no Cadastro Único do governo Federal há pelo menos dois anos. Para sua emissão, é necessário o Número de Identificação Social (NIS) impresso no Cartão Cidadão, no extrato do FGTS e na Carteira de Trabalho.

 

Tênis de Mesa

02-09-2017 - tenis de mesa - gabriel borges (2)

Diversão e descontração: esse foi o clima da 10º edição do Torneio de Tênis de Mesa, que ocorreu no sábado, 2, no Clube Náutico, no Aterrado. O evento, promovido pela Fevre, reuniu mais de 120 alunos de 21 escolas da instituição, que aproveitaram para praticar o esporte na companhia dos pais. É que a atividade possui uma categoria denominada ‘Open’, que permite a participação de pessoas com mais de 18 anos.  

Roberto Shalaguti recebeu uma homenagem da fundação. Ele é bancário e nas horas vagas treina voluntariamente os estudantes que gostam da modalidade no Colégio Professora Themis de Almeida Vieira, no Conforto. “Eu tinha dois filhos no Themis e comecei a ensiná-los com os amigos. Agora, ensino a quem quiser, não precisa ser aluno da escola, mas tem que ter dedicação e disciplina”, contou.

Um dos idealizadores do torneio, João Alcântara, ressaltou a importância da participação, revelando que, apesar das colocações, todos recebem medalhas: “Os alunos esperam o ano todo para este torneio. Aqui, embora haja a classificação dos primeiros lugares, o intuito maior é a integração entre os estudantes”, explicou.

 

Prorrogado – Para os atrasadinhos de plantão, o Fundamp (Fundo de Assistência Médica Permanente dos Servidores Públicos Municipais) prorrogou, até o dia 15, o recadastramento dos beneficiários do município. O atendimento continua sendo realizado diariamente na sede da autarquia, de 8 horas às 11h30min e de 14h30min às 17 horas. Para recadastrar, é obrigatório apresentar original e cópia dos seguintes documentos: RG, CPF, contracheque atual, comprovante de residência atual, certidão de casamento, nascimento ou união estável. Para os dependentes, apresentar original e cópia do RG, CPF e certidão de nascimento. O Fundamp funciona na Avenida Tenente José Eduardo, nº 104, no Ano Bom.

 

Exemplo – O professor e agora mestre em capoeira Pretinho, através do Grupo Abadá Capoeira, tem desenvolvido diversos projetos sociais com base nesse esporte em Barra Mansa. Desta forma, a rotina de muitos jovens e idosos da cidade já mudou para melhor. Seus dois programas de maior destaque são o “CapoeiraIdade” e o “Resgate de Prevenção às Drogas”. O primeiro ocorre todas as terças pela manhã na sede do Centro do Idoso, no Ano Bom, e conta com a presença de mais de 45 idosos, todos com mais de 60 anos. O segundo acontece às terças e quintas, à noite, no Ilha Clube, com mais de 150 jovens entre 10 e 18 anos participando das aulas.

 

Especialização – E, para quem não sabe, Pretinho é um especialista em diversas áreas da capoeira. O desenvolvimento de seus projetos sociais foi iniciado após retornar de Nova Iorque, onde se especializou em atividades para idosos, conforme contou o coordenador do Centro do Idoso de Barra Mansa, Eduardo Pimentel. “O Pretinho trouxe o projeto para ser implantado no Brasil e primeiramente em Barra Mansa. Dessa forma, surgiu uma parceria voluntária com o Centro do Idoso. Ele é um Mestre verdadeiramente, que executa seu trabalho extremamente bem. Veio gratuitamente fazer esse trabalho para nós e tem um carinho e paciência com os idosos, que faz você perceber que ele faz tudo com amor”, relatou.

 

Falando nisso… – A final do mundial de Capoeira, no período de 21 a 27 de agosto no Rio, foi disputada por vários capoeiristas barramansenses, como Nivaldo Lopes, Diego Pestana, Marcele Robolt, Gabriel Monteiro de Souza e Riezio da Conceição. Pretinho, então, demonstrou sua satisfação com a participação de competidores da cidade no evento: “Barra Mansa foi a cidade com maior número de capoeiristas numa final. Ninguém tem ideia do quão gratificante é aparecer no cenário mundial da capoeira, competindo com grandes centros como Rio de Janeiro e São Paulo. É fruto de muito trabalho”, declarou.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.