Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 21/08/17, às 11:08

Curtas

Publicidade do UniFOA

foa 1059_cor

Alunos do primeiro ano do curso de Publicidade e Propaganda do Uni-FOA participaram de uma aula tendo como base a metodologia ativa. Divididos em estações de trabalho, os acadêmicos desenvolveram atividades na produção de anúncios radiofônicos (spots). “A metodologia ativa se configura como uma estratégia em que o aluno é o principal responsável no processo de ensino-aprendizagem, saindo da condição de espectador diante da explicação do professor”, explicou a professora Angélica Arieira, responsável pela disciplina Criação e Redação Publicitária em Rádio.

Angélica contou ainda que a metodologia foi um diferencial que aprendeu em um congresso promovido pelo grupo Sthem Brasil, filiado à Universidade de Harvard, ocorrido na cidade de Lorena, em São Paulo. “Dividir os acadêmicos em estações deu à aula um dinamismo, pois a cada estação pela qual passavam havia uma tarefa diferenciada, o que permitiu o desenvolvimento de competências múltiplas acerca do conteúdo. Esta metodologia aprendida no Sthem Brasil foi uma experiência importante, tanto para os acadêmicos, quanto para mim”, revelou.

Ao final da experiência os estudantes destacaram pontos importantes da metodologia ativa. “Achei a forma de trabalho em grupo muito legal. Trazer o conteúdo para a prática foi muito interessante, fora que tivemos a oportunidade de trabalhar com grupos diferenciados e ouvir uns aos outros”, destacou o aluno William Gama.

 

Tribos em ação

Imagine passar um dia inteiro conhecendo jovens de diversas tribos e participando de atividades que combinam esporte e cultura para cada grupo. Foi o que aconteceu no sábado, 12, na Praça Pandiá Calógeras, na Vila. O ‘Sábado de Juventudes’, organizado pela Coordenadoria da Juventude da cidade (Viva!), ofereceu uma programação recheada por torneio de futebol, ensaio das baterias das atléticas universitárias, oficina de circo, prática de skate e ‘rodas’ de debate. Os temas discutidos foram: meio ambiente, empoderamento feminino e a intervenção da cultura nerd. Além disso, também houve o cinema na praça, com a exibição do filme “O Hiato”.

O evento manteve o mesmo formato de sua edição anterior, realizada no dia 17 de julho, em comemoração ao aniversário de Volta Redonda, mas passou por algumas mudanças. “Agora ganhou novos participantes e será periódico. A ideia é levar as ações para toda a cidade. Ainda não definimos as próximas datas, mas vamos montar uma programação para atingir todos os bairros de Volta Redonda”, explicou o coordenador da Juventude, Luciano Campos.

 

Lançamento do MOVI

Apresentações de dança e artes marciais, brincadeiras para crianças e prestação de serviços sociais. Essas foram algumas das atrações que fizeram parte do evento de lançamento da segunda etapa do Movi (Movimento Vida Interativa), realizado no sábado, 12, no ginásio poliesportivo Amaro Inácio, no Retiro. A programação foi um resumo do que será oferecido aos moradores dos próximos bairros.

Além de oferecer cultura, entretenimento e conhecimento à população, o objetivo do Movi também é promover a integração, conforme explicou o vice-prefeito e secretário de Ação Comunitária, Maycon Abrantes. “Promover a interatividade entre as secretarias, autarquias e coordenadorias, mas principalmente estreitar a relação do poder público com a comunidade é o mais importante”, afirmou.

As atividades do projeto começaram na segunda, 14, e permanecerão por dois meses (agosto e setembro) no Retiro, Açude, Vila Mury e Jardim Cidade do Aço.

Confira a programação para a próxima semana:

Dia 21 (segunda)

Açude I: 15 horas – Oficina: Participação Social – Ginásio Poliesportivo Nery Miglioly (Rua Vereador Acácio da Rocha, 82)

 

Dia 22 (terça)

Vila Mury: 14 horas – Apresentação da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres Centro Especializado de Atendimento às Mulheres. Casa da Mulher Bertha Lutz e Oficina de Cartas (Projeto Carta) – CRAS Vila Mury (Av. Amazonas, 275)

Retiro: 8 horas – Roda de Conversa – Prevenção Álcool e Drogas – Escola Municipal Amazonas (Rua Bismark Oliveira Pontes, 20)

14 horas – Uso racional de Medicamentos: uma roda de conversa – UBSF Retiro II (Avenida Grandes Lojas, 77)

14 horas – Obesidade infantil: avaliação do Índice de Massa Corpórea na creche – Creche Maria Clara – Retiro I (Avenida Antonio de Almeida, 1938)

Açude I: 8 horas – Oficina de Saúde Bucal: tudo que precisamos saber sobre escovação. Público alvo 1º infância – UBSF Açude II (Rua 4, 56)

 

Dia 23 (quarta)

Vila Mury: 9 horas – Higiene Bucal para Gestantes e Bebês: tudo que precisamos saber – UBSF Vila Mury (Av. Amazonas, 275)

Retiro: 8 horas – Obesidade infantil: avaliação do Índice de Massa Corpórea na creche – Creche Maria Clara – Retiro I (Avenida Antonio de Almeida, 1938)

9 horas – Apresentação da Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres Centro Especializado de Atendimento às Mulheres. Casa da Mulher Bertha Lutz e Oficina de Cartas (Projeto Carta) – CRAS Retiro (Avenida Grandes Lojas, 107)

14 horas – Higiene Bucal para gestantes e bebês: tudo que precisamos saber – UBSF Retiro I (Avenida Antonio de Almeida, 1938)

Açude I: 9h30min – Palestra sobre consumo consciente (SMMA E SAAE/VR) – CRAS Açude (Rua Francisco Antonio Francisco, 5)

 

Dia 24 (quinta)

Vila Mury: 9 horas – Alimentação saudável: uma roda de conversa. Parceria do CRAS com a UBSF do bairro – CRAS Vila Mury (Av. Amazonas, 275)

 

Situação de Rua

rua morador (1)

O Centro Pop – que proporciona às pessoas em situação de rua higiene pessoal; alimentação; retirada de documentos; contato familiar; atendimento psicossocial; e encaminhamentos necessários intensificou as abordagens na Vila, local preferido dos pedintes que vivem em Volta Redonda, conforme o aQui já mostrou em diversas reportagens. A ideia é oferecer os serviços disponíveis na secretaria de Ação Comunitária. “Volta Redonda é uma das principais cidades do estado do Rio e precisa ter uma rede assistencial eficiente para atender à população de rua que, muitas vezes, não conta com mais ninguém. Nesse sentido, eu cobro constantemente para que a Smac melhore cada vez mais os serviços prestados”, justificou Samuca Silva.

Na sexta, 5, por exemplo, foi realizada uma reunião entre a equipe da Smac –  Centro Pop e Abrigo Municipal Seu Nadim – e representantes das secretarias de Saúde, Cultura, e Infraestrutura, além da Guarda Municipal. A reunião, realizada no gabinete do secretário de Ação Comunitária e vice-prefeito, Maycon Abrantes, serviu para discutir ações para o melhor atendimento à população em situação de rua, priorizando o território da Vila Santa Cecília embaixo da Biblioteca.

Os serviços que estão sendo oferecidos nas abordagens sociais são: acesso ao Abrigo Seu Nadim, Quarto de Passagem e Centro Pop, sendo este a porta de entrada aos outros dois. “É importante dizer que as abordagens já são realizadas pelo Centro Pop em toda a cidade, mas em razão do quadro atual que encontramos a Vila Santa Cecília, estamos nos mobilizando ainda mais neste bairro”, afirmou Maycon Abrantes.

A Smac faz parte do Comitê Intersetorial da Pessoa em Situação de Rua, que é formado por entidades pastorais, sociais e associações de moradores, entre outros. O objetivo do Comitê, segundo o secretário, é qualificar a oferta de serviços e criar novos fluxos e parcerias.

Segundo a equipe técnica do Centro Pop, já no primeiro dia foram atendidas 18 pessoas, sendo que, destas, três são trabalhadoras de rua e três são migrantes. As demais já são acompanhadas pela equipe. Após a abordagem, sete pessoas deixaram o local, acompanhando a equipe até o Centro Pop. Somente este ano, o Centro Pop atendeu 811 pessoas, sendo 558 migrantes.

 

‘Na Hora’

Quase todo mundo tem alguma peça de roupa que já não usa mais, ou mesmo um cobertor que poderia aquecer a quem, nesta época de dias e noites frias, esteja precisando. Pensando nisso, o programa ‘Na Hora’ está realizando até o final do inverno a arrecadação de agasalhos para as entidades beneficentes da cidade do aço. As peças doadas serão distribuídas aos grupos, ONGs e asilos cadastrados no portal como beneficiários. Segundo o coordenador do programa, José Geraldo Gonçalves, o Geraldinho do Gelo, as doações serão direcionadas de forma escalonada.

“A ação será realizada até o final do inverno e as entidades cadastradas serão beneficiadas de acordo com a data de cadas-tramento”, explicou Geral-dinho, reforçando que as contribuições podem ser realizadas na própria sede do ‘Na Hora’ ou em outros órgãos públicos, em diversos pontos da cidade. “Há um formulário online e existe a opção de indicar o espaço onde a doação será disponibilizada. Esse processo facilita a arrecadação”, comentou.

Segundo Geraldinho, a distribuição das peças será proporcional ao total arrecadado. “ As peças que forem doadas, desde roupas a cobertores, serão igualmente distribuídas. A campanha vai beneficiar entidades assistenciais, asilos, ONGs e albergues e convidamos a população para participar”, afirmou, lembrando que é necessário se cadastrar como doador ou entidade beneficiária pelo link  http://www.portalvr.com/campanha_agasalho/

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.