Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019
0
Publicado em 23/09/19, às 09:41

Curtas 1167

On-line

Cidadão em litígio com União já pode propor acordo pela internet

A plataforma digital do Programa Centrais de Negociação on-line (CN/PGU), do governo Federal, está disponibilizando ao cidadão em litígio com a União, a possibilidade de se fazer um acordo para o recebimento de valores. A ideia é propor o acordo administrativo para evitar que as demandas parem na Justiça. Na prática, funciona da seguinte maneira: o usuário acessa o site e seleciona a opção do acordo que deseja fazer. Em seguida, ele preenche um formulário informando se o conflito está judicializado, faz uma proposta dentro das opções existentes e aguarda a avaliação.

Enquanto tenta o acordo, o usuário tem ainda a opção de sugerir um valor para as parcelas e anexar algum documento que for exigido. A opção de realizar acordos pela internet existe desde 2013 e mais de 50 mil acordos já foram celebrados, resultando uma economia superior a R$ 4 bilhões aos cofres públicos. Vale lembrar que este dispositivo está alinhado com a Política de Governança Digital do Poder Executivo Federal, instituído pelo Decreto n.º 8.638/20, que estabelece a necessidade de disponibilização de serviços públicos em meio digital.

Para quem tiver interesse, o link da plataforma é: http://bit.ly/2lWUqmQ

intercom

Larissa de Paula, Juliana Martins e Luis Gustavo, alunos do 3º ano de Publicidade e Propaganda do UniFOA, foram os vencedores da etapa nacional do Intercon – Congresso de Ciências da Comunicação na região Sudeste. Neste ano o tema foi ‘Comunicação, Memória e História’ e reuniu trabalhos nas áreas de jornalismo, Relações Públicas, Publicidade, Rádio, Televisão, Cinema, Políticas Públicas de Comunicação, Produção Editorial e de Conteúdo para Mídias Digitais.

A etapa nacional aconteceu na cidade de Belém-PA, entre os dias 2 e 7 de setembro e o trabalho dos estudantes do UniFOA teve como título “Atravessar em Lusa Língua África-Brasil: Conselho de Classe, um blogue de Literaturas Africanas”. O trabalho foi orientado pela professora Stella Aragão, e levou o troféu de primeiro lugar na categoria Blog.

Roda Hans

O projeto Roda Hans, do governo Federal, com apoio do governo do Estado, está sendo aguardado em Volta Redonda. Trata-se de uma carreta equipada com consultórios e laboratórios, que leva informação e orientação à população sobre a hanseníase. A carreta deverá chegar amanhã, domingo, 22, mas ficará aberta ao público apenas na segunda, 23, e terça, 24, na Praça Brasil, das 8 às 17 horas. Vai poder atender moradores das cidades de Pinheiral, Barra do Piraí, Piraí, Rio das Flores e Valença.

Os encaminhamentos de pacientes para consultas e exames dermatológicos estão sendo feitos pelas secretarias de Saúde de cada município. Além deste atendimento, a equipe do Roda Hans fará uma capacitação aos profissionais da Atenção Primária de Saúde (APS) dessas seis cidades, com o objetivo de prepará-los para atuarem no controle e enfrentamento da doença. “Essa é uma iniciativa que busca não apenas diagnosticar novos casos da doença, mas conscientizar a população das cidades por onde o projeto passa”, comentou o prefeito Samuca.

Sobre a hanseníase

É uma doença que atinge a pele e os nervos periféricos, transmitida por via respiratória pela bactéria Mycobacterium leprae ou bacilo de Hansen. O tratamento varia de seis a 12 meses e é feito através de medicação específica. Seus sintomas são manchas esbranquiçadas ou avermelhadas em peles pardas ou amarronzadas em qualquer área do corpo, com perda ou alteração de sensibilidade.

Exames de mamografia

A secretaria de Saúde de Volta Redonda conseguiu um feito: praticamente zerou a fila de espera para exames de mamografia. Isso por conta da modernização e reforma do Centro de Imagem Gecy Vieira, localizado no Estádio Raulino de Oliveira, que funcionava de forma limitada com um mamógrafo e um tomógrafo, ambos quebrados. Com investimentos no Centro de Imagem, a fila de espera da mamografia, que tinha mais de oito mil pacientes em 2017, está praticamente zerada. Até meados de agosto, apenas 99 pessoas foram encaminhas e inseridas no Sistema de Regulação do Ministério da Saúde (Sisreg) para fazer o exame de mamografia e já estão agendadas para o mês de setembro. O resultado é que o número de mortes, causados pelo de câncer de mama, caiu pela metade.

A coordenadora de Divisão de Médica Complexidade explica que atualmente não existe mais demanda reprimida. “O que existe são as demandas, ou seja, apenas as mamografias solicitadas durante o mês”, disse Flávia Lipke. Já os exames de ultrassonografia estão com o período de espera reduzido. Em 2017 a fila de espera era de 8653 pacientes. Até meados de agosto, esse número foi reduzido para 90 pacientes, de acordo como Sisreg. O responsável por essa queda brusca foram os investimentos realizados pela administração municipal, através da secretaria municipal de Saúde. Entre eles está a aquisição de um aparelho de ultrassom capaz de aumentar a oferta para mais 500 exames.

Para o raio-x estão sendo ofertadas mais 2.592 vagas graças à aquisição de um aparelho digitalizador de última geração, adquirido no final de 2018, capaz de fazer mais exames em menos tempo e que tem uma melhor resolução e qualidade. Em 2017, a demanda de exames de raio-x era de mais de 11 mil pacientes, com mais de 30 mil procedimentos a serem realizados.  Atualmente são cerca de 3800 pacientes e 7 mil procedimentos.

O secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, lembra da importância da mulher cuidar da sua saúde. “Mulheres entre 50 e 69 devem procurar a unidade básica de saúde mais próxima da sua residência para fazer rastreamento para prevenção do câncer de mama e do colo do útero (mulheres entre 25 a 64 anos), como preconiza o Ministério da Saúde. Aproveite que no próximo mês estaremos promovendo o Outubro Rosa, que alerta sobre prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama, para realizar o seu exame”, contou.

A vez dos artistas

Se você é artista, mora em Volta Redonda ou região, fique atento: a secretaria de Cultura lançou edital para a contratação de artistas para atuarem em eventos culturais do município até o final de 2019. A programação inclui a October Fest, Anime Fest Fun, Festival das Crianças, Semana do Povo Preto, Natal, Circuito Arigó nos Bairros, VR Colorida e Arena da Viola. Interessados devem acessar o portal da prefeitura e baixar os editais disponíveis no link da secretaria. O endereço é www.voltaredonda.rj.gov.br.

As inscrições, segundo a secretária de Cultura, Aline Ribeiro, podem ser entregues até o momento do sorteio, que será no dia 30 de setembro, às 9h30min, no auditório do Fórum local. É importante que o artista interessado em participar da seletiva leia atentamente o edital, pois as documentações são específicas para cada caso e alguns documentos são solicitados com antecedência. “Para facilitar a compreensão, a secretaria realiza o SMC Explica, que aconteceu durante o ano para explicar o edital e tirar dúvidas. E também há uma equipe da secretaria à disposição dos candidatos na secretaria para esse atendimento”, contou Aline.

Há oportunidades para atores, dançarinos, grafiteiros, músicos ou grupos para shows de samba, rap e reggae, DJs, e duplas sertanejas; contadores de história e grupos de teatro infantil; além de sósias de Papai Noel e animadores de eventos.  Além da documentação, a secretaria de Cultura também avalia o portfólio do artista de acordo com a vaga pleiteada; se estiver tudo certo, ele é contratado. O sorteio é aberto aos artistas.

Explosão em Resende 

Uma explosão, seguida de um incêndio de grandes proporções, atingiu no final da tarde de terça, 17, a empresa química Archroma, localizada no Manejo, em Resende. Rapidamente uma fumaça densa e alaranjada tomou conta do céu no entorno da fábrica, assustando quem passava pelo local. Motoristas tiveram dificuldade de dirigir nas ruas próximas, devido à pouca visibilidade provocada pela fumaça. O Inea foi chamado para avaliar o impacto ambiental causado pela explosão. Ninguém ficou ferido.

 A princípio, a Archroma negou ao aQui que a empresa tivesse sofrido qualquer explosão ou incêndio. Na terça, 17, logo que as imagens viralizaram, um repórter do jornal ligou para a empresa para saber mais informações e uma funcionária chegou a negar o incêndio. “O povo do outro lado do rio (Paraíba) tem o costume de colocar fogo. Aqui está tudo bem, não aconteceu nada”, disse a funcionária, que se identificou como Selma. Ela não sabia que, minutos antes, um bombeiro de plantão no 23º Grupamento do Corpo de Bombeiros Militar de Resende confirmou ao aQui a explosão de um reator da Archroma. Ele chegou a oferecer ajuda para controlar as chamas, mas a empresa rejeitou, dizendo que a brigada interna já tinha resolvido o problema. Pura lorota.

 Durante a ligação para a Archroma, o repórter ouviu o sistema de comunicação interna da empresa alertar para que determinada área fosse evacuada. Diante da informação, a funcionária Selma foi questionada sobre a necessidade do esvaziamento do setor, se não tinha ocorrido nenhum incêndio. “Eu não sei te dizer. Só sei que se tivesse acontecido alguma coisa aqui, nós já teríamos ido embora”, comentou, insistindo em negar o incêndio.

 A explosão na indústria química Archroma aconteceu devido a um descontrole reacional ocasionando a liberação de gases. O incidente ocorreu no segundo andar da fábrica, onde está localizado o reator conhecido como B300. As informações são da Defesa Civil de Resende. Segundo o órgão, o produto que vazou é o hexametileno, não é tóxico, mas pode causar dores de cabeça devido ao cheiro forte.

O Teatro Gacemss recebe hoje, sábado, 21, às 20 horas, o cantor, compositor e cineasta Rubel, que é natural de Volta Redonda e apresentará o show de sua turnê 2019, que gerou dois discos: “Casas” e “Pearl”. O artista apresentará ainda as novas canções “Partilhar”, “Mantra” e “Colégio”, além dos sucessos “O velho e o mar” e “Quando bate aquela saudade”.

Na sexta, 13, no Convention Center, em Campos do Jordão, o professor barramansense Luciano Gustavo recebeu o prêmio de ‘Professor de Ciências do Ano’, pela criação do MICInense e o impacto das ações de divulgação científica no Sul Fluminense. Além do prêmio, o educador foi convocado para a reunião anual da FesBE, que tem o objetivo de trocar conhecimentos e experiências entre os pesquisadores de todo o país. “Barra Mansa possui excelentes educadores, parabenizo o professor pela premiação e pelo projeto que traz enorme contribuição para a educação dos jovens no nosso município”, comemorou o secretário de Educação de Barra Mansa, Fernando Vitorino.

O Conselho Comunitário de Segurança de Barra Mansa decidiu homenagear os guardas municipais da equipe de ronda escolar e os policiais militares que se destacaram em suas atividades durante o ano. A tenente-coronel e comandante do 28º Batalhão da PM, Luciana Rodrigues de Oliveira, destacou a importância da homenagem. “Esse tipo de evento é muito bom para nós, policiais, porque nos motiva a trabalhar cada vez mais e melhor em prol da população. Saber que somos reconhecidos pelo nosso trabalho e desempenho é muito gratificante, principalmente nos dias atuais, em que é muito difícil atuar como polícia militar”, pontuou.
Na ocasião, o prefeito Rodrigo Drable parabenizou o trabalho da ronda escolar e enfatizou a atuação do capitão da 2ª Cia. do 28º BPM, Alcimar Videira. “Atualmente, a polícia de Barra Mansa é respeitada por causa do sério trabalho desenvolvido pelo capitão Videira. Ele conseguiu promover integração entre as corporações, entidades e sociedade. Por isso, a ronda escolar tem êxito e é uma referência”, analisou.

O prefeito Rodrigo Drable, acompanhado da vice-prefeita, Fátima Lima, e de vários secretários da sua administração, participou do lançamento do Mercado Célio de Souza Lima, que terá a gastronomia como ponto forte do empreendimento, que está situado à Rua Duque de Caxias, 222, no Centro. O espaço conta com 50 lojas, de 8 a 18m², distribuídos em uma área de 1,6 mil m² e que estão sendo gerenciadas pela família empreendedora, seus advogados e representantes.

Porto Real

No início da tarde de quarta, 18, um transformador da concessionária de energia Enel, localizado na Rua Fernando Bernardelli, entre a empresa Guardian do Brasil e a secretaria de Saúde, explodiu causando um incêndio no local. O fogo se alastrou rapidamente por um terreno baldio atrás da Guardian e chegou ao bairro Colinas. Homens da Defesa Civil de Porto Real e do 23º GCBM de Resende trabalharam por três horas até conseguirem debelar as chamas. Metade da cidade ficou sem energia elétrica.  Assim que o fogo foi controlado, a Enel realizou a troca do transformador. O local do incêndio fica a poucos metros do Hospital São Francisco de Assis. Não há registro de feridos.

PEC Paralela

O presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda, Ubirajara Vaz, esteve com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e aproveitou para entregar ao parlamentar um documento solicitando mudanças na chamada PEC Paralela, oriunda do Senado, que trata da reforma da Previdência para estados e municípios.
Ubirajara explicou que a PEC 133 propõe, entre outras, o fim da isenção dos 20% de imposto patronal a entidades filantrópicas das áreas da Educação e Saúde e que, se isso for aprovado, inviabilizará diversas instituições, que prestam relevantes serviços à população. “Nós concordamos que deva haver uma fiscalização rígida, como ocorre com a AAP-VR, que, por ter o Certificado de Entidades Beneficentes de Assistência Social na área da Saúde (Cebas), é auditada por empresas independentes e pelo próprio Ministério da Saúde, mas não que a isenção, que beneficia milhares de pessoas, seja cortada”, explicou.
Ele foi além. Disse que pesquisa realizada pelo Fórum Nacional das Instituições Filantrópicas (FONIF) comprova que, na área da saúde, para cada R$1,00 recebido por uma entidade filantrópica séria, o retorno em serviço é 8,26 vezes maior. “A nossa associação destina, anualmente, quase R$ 1 milhão à filantropia. Isso significa que cerca de R$ 8 milhões retornam para a população, em termos de serviço”, disse Ubirajara Vaz.

Dez mil consultas mensais

Com R$ 58 de contribuição mensal por sócio, a Associação dos Aposentados e Pensionistas de Volta Redonda presta mais de 10 mil consultas médicas mensais, mantém equipes de fisioterapeutas, com aparelhos de última geração, não somente para a restauração da saúde, como, também, para a prevenção. Também faz milhares de procedimentos odontológicos, além de palestras e dezenas de cursos, que se tornam verdadeiras terapias para milhares de associados.

“Temos a convicção de que filantropia salva vidas, principalmente num país de tanta desigualdade social, como Vossa Excelência bem sabe. E que a nossa Associação contribui – e muito – para a melhoria da qualidade de vida, não somente dos nossos associados, como, também, da população em geral. Baseados nisso, contamos com a sua sensibilidade para, na Câmara, modificar o artigo da PEC 133/2019 que institui a cobrança às entidades filantrópicas, sob pena de, se isso não ocorrer, todo esse trabalho se tornar inviável”, escreveu Ubirajara Vaz, no documento entregue ao deputado Rodrigo Maia.

A secretaria de Desenvolvimento Rural de Barra Mansa lançou na noite de quinta, 19, e vai até amanhã, domingo, 22, a 30ª edição do Torneio Leiteiro de Amparo. O evento está acontecendo no Galpão Carlos Campbel e reúne 28 animais das cidades de Barra Mansa, Valença, Volta Redonda e Passa Vinte (MG) na disputa por cinco categorias: até 30 kg, até 40 kg e livre (duas ordenhas), além de vacas e novilhas (três ordenhas).  
De acordo com o titular da pasta, José Luiz Vaneli, o Leiteiro, o torneio resgata a referência e a tradição do distrito na produção leiteira e ainda favorece a troca de experiências em melhoramento genético e afins. “Outro aspecto de extrema importância é o envolvimento dos produtores na realização do evento. É um torneio realizado em conjunto com os produtores, e para os produtores”, destacou Vaneli, ressaltando que o evento encerra a temporada de torneios no município.

A agência de Comunicação Integrada do UniFOA (ACI) recebeu na quarta, 4, a professora Marinez Rodrigues, idealizadora do projeto social ‘Educasol’, para acertar os detalhes da parceria firmada entre a educadora e os estagiários da ACI, que serão responsáveis pela divulgação e cobertura dos projetos do ‘Núcleo de Assessoria de Imprensa Prática (Naip)’, assim como a administração das redes, produção de conteúdo e assessoria de imprensa. Para quem não sabe, o ‘Educasol’ promove a arrecadação de material escolar usado para elaboração de kits com caderno, lápis, borracha, caneta, entre outros itens que são doados para crianças carentes.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.