Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0
Publicado em 03/09/18, às 09:18

Curtas 1113

Restaurante Popular

O prefeito Samuca Silva visitou na tarde de terça, 28, as instalações do Restaurante Popular de Volta Redonda, no Aterrado, que será reaberto no final de setembro, já sob administração do seu governo, graças a um acordo firmado com o governo Pezão, já assinado, e que vai permitir ao município usar todos os equipamentos do antigo restaurante. “Esse convênio entre o governo do Estado e o Município é mais uma etapa do processo para a reabertura do Restaurante Popular de Volta Redonda. Vamos publicar o edital de licitação para a escolha da empresa operadora do restaurante e, enquanto isso, o local passará por adequação do sistema de incêndio, reestruturação elétrica e recuperação dos móveis. A previsão de abertura é para setembro”, afirmou Samuca.

O Restaurante Popular funcionará de segunda a sexta. Das 7 às 9 horas, estará aberto para o café da manhã, que vai custar R$ 1,50. O almoço será servido das 11 às 15 horas, ao preço de R$ 3,50 para a população em geral e R$ 2,00 para os beneficiários do Programa Bolsa Família e Benefício de Prestação Continuada (BPC). Ainda está prevista isenção de pagamento para moradores de rua cadastrados no Centro Pop e Abrigo Municipal. 

Samuca recebe Sepe

Na manhã de segunda, 27, o prefeito Samuca Silva recebeu representantes do Sindicato Estadual de Profissionais da Educação (Sepe), incluindo membros da nova direção do sindicato. Acompanhado dos secretários de Administração, Carlos Baía, e de Educação, Rita de Andrade, Samuca ouviu reivindicações da categoria e conversou sobre como solucioná-las.  

Durante o encontro, foram tratados assuntos como o PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários) dos servidores, reajuste salarial, ajuda financeira para estudos, carga horária dos profissionais de educação, entre outros pontos.

“Sou a favor do diálogo, de uma boa conversa, de proposições. É isso que eu tenho perpetuado desde o início do mandato. O momento é de arrumar a casa e podemos ser parceiros nisso, o governo e o sindicato”, comentou Samuca Silva, lembrando do compromisso do seu governo em dar soluções para a categoria, ressaltando que a dificuldade financeira dificulta atender ao anseio da categoria.

Samuca aproveitou e pediu à direção do Sepe para indicar nomes para participarem de um grupo de trabalho junto à prefeitura, com o objetivo de encontrar soluções, levantar propostas para atender às solicitações da categoria. “O sindicato nos apresenta uma proposta para sabermos qual será o impacto. Podemos, por exemplo, vincular um reajuste ao crescimento da receita do município. Com essa vinculação, podemos aprovar na lei orçamentária na Câmara. O Sepe nos encaminha um estudo, a prefeitura faz um estudo financeiro e verifica de onde pode vir o recurso para atender às demandas”, explicou.

O diretor de Comunicação do Sepe, Vinicius de Oliveira, destacou que esse foi o primeiro encontro do prefeito com a nova direção do sindicato e que espera que a abertura de diálogo seja mantida. “Vamos levar o que foi conversado hoje para a categoria e apresentar os nomes do sindicato para fazer parte desse grupo de trabalho”, disse.

 

7 de Setembro

Cerca de cinco mil pessoas devem participar do desfile cívico-militar do 7 de setembro, em Volta Redonda, em comemoração aos 196 anos da independência do Brasil. A programação inclui o hasteamento das bandeiras, às 8 horas, na Praça Sávio Gama, com a participação da Banda Municipal, interpretando os hinos Nacional e da Independência, além das instituições militares e grupos de escoteiros. 

A novidade deste ano, que gerou reclamação por parte do professorado, é que os professores da rede municipal de ensino serão obrigados a desfilar acompanhando seus alunos. O desfile será realizado em quatro fases. Começa na Avenida Paulo de Frontin, no Aterrado, e a abertura ficará a cargo dos ex-combatentes, com a presença do tenente Francisco Leal, veterano da 2ª Guerra Mundial. Nesta primeira fase ainda vão desfilar as instituições militares, quatro grupos de escoteiros, além de integrantes das secretarias de Ação Comunitária – com a participação da Fanfarra da Terceira Idade – e Esporte e Lazer. 

Na segunda fase, o destaque será a presença das 1.330 crianças do projeto ‘Volta Redonda Cidade da Música’, que vão acompanhar cerca de 800 alunos da Fevre, que comemora seus 50 anos de vida. O terceiro bloco será formado pelas escolas particulares e estaduais e o desfile encerra com clubes de ciclismo, motociclismo, automobilismo, antiguidades automotivas, além do Clube Hípico de Volta Redonda.

A população vai receber bandeirinhas alusivas ao 7 de Setembro para acompanhar a passagem das 100 entidades pela Avenida Paulo de Frontin. Para garantir conforto dos presentes, o Saae-VR vai instalar três pontos de distribuição de água – o principal na Praça Sávio Gama e dois na Avenida Integração. A prefeitura também vai oferecer banheiros químicos e posto para atendimento médico. Além disso, o palanque das autoridades funcionará como ponto de encontro.

Trânsito

Por conta do desfile de 7 de Setembro, o trânsito será interrompido na Avenida Paulo de Frontin, entre a Rua Luiz Alves Pereira e a Avenida Integração, a partir das 22 horas de quinta. Além deste trecho, algumas transversais serão utilizadas como pontos de concentração e dispersão das entidades.  

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.