Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 15 de Agosto de 2018
0
Publicado em 17/07/18, às 08:42

Curtas 1106

‘Pensando naquilo’

10-07-2018 - gabinete prefeito empreendedor - gabriel borges (11)

Volta Redonda vai representar o estado do Rio na etapa nacional do prêmio ‘Prefeito Empreendedor’, marcado para o primeiro semestre de 2019, em Brasília. Mas já  pensando nele, na manhã de terça, 10, Samuca Silva ofereceu um café da manhã para toda a equipe que está envolvida nos programas de desenvolvimento econômico para que aprimorem os trabalhos de ‘Inclusão Produtiva e Apoio ao MEI (Micro-Empreendedor Individual)’ e ‘Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios’. “Agora, é um momento de destrinchar e aprimorar os projetos para concorrermos no prêmio nacional”, disparou o prefeito, lembrando que em dez anos, desde que o prêmio foi instituído, Volta Redonda foi a primeira a conquistar duas categorias no mesmo ano.

Dos 92 municípios fluminenses, 75 se inscreveram e 35 cidades foram finalistas e, de acordo com Joselito Magalhães, secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, tudo foi fruto da liderança ‘inspiradora’ de Samuca. “Estamos mudando a cara de Volta Redonda, melhorando o ambiente de negócios”, justificou.

 

‘Aproveitando a chance’

iptu-de-vr-com-desconto-de-18-vence-nesta-6a

A Procuradoria Geral de Volta Redonda lançou o Programa de Recuperação Fiscal do Município, o Refis VR 2018. De acordo com o procurador, Augusto César Nogueira, a ideia é promover a regularização de créditos do Palácio 17 de Julho, decorrentes de débitos de pessoas físicas ou jurídicas. “É bom para o município, porque essa verba aumenta a arrecadação da administração municipal e é utilizada para investimentos na cidade. E os contribuintes ainda têm desconto para quitar suas dívidas”, explicou.

Segundo Augusto, os débitos poderão ser pagos à vista ou parcelados. Quem optar pelo pagamento à vista poderá realizá-lo com redução de 90% nos juros e multa até o dia 31 de agosto. Para os contribuintes que forem pagar até o dia 28 de setembro, o desconto será de 80%.

O parcelamento poderá ser feito em até 12 meses (desconto de 60%), 24 meses (50%) e 36 meses (40%). É importante ressaltar que a parcela mínima para pessoa física é a partir de R$ 100, e para pessoa jurídica, a partir de R$ 200.

 Os contribuintes que quiserem participar do Refis VR 2018 podem se dirigir à sede da prefeitura, na Praça Sávio Gama, no Aterrado, ou ao Furban, que funciona anexo ao Palácio 17 de Julho, de segunda a sexta, das 12 às 18 horas. Para pessoas físicas, é necessária a apresentação de identidade, CPF e comprovante de residência, com respectivas cópias. E para pessoas jurídicas, é preciso o Contrato Social.

 

 

‘Corte essa ideia’

se-pipa-capa

O uso de cerol e da linha chilena para soltar pipas é proibido pela Leis Estadual nº 7784/2017 e Municipal 5382/2017, só que a maioria dos ‘pipeiros’ as ignora. Por isso, Volta Redonda começou a desenvolver ações de conscientização e fiscalização entre os adeptos desta prática, que se reúnem nas proximidades do Aero Clube, nas tardes de domingo, atraídos pelos fortes ventos entre junho e agosto.

Com as férias escolares, o número de pipeiros aumenta muito. Só que a diversão pode acabar em tragédia se não forem tomados os devidos cuidados. A situação mais recorrente e preocupante é o uso da linha de cerol – nome atribuído a uma mistura de cola com vidro moído que é aplicada em linhas de pipas e da linha chilena, encerada com quartzo moído, algodão e óxido de alumínio. E para conscientizar os jovens e adultos, a prefeitura de Volta Redonda laçou a campanha: “Cerol – corte essa ideia”.

O comandante da Guarda Municipal, Paulo Henrique Dalboni, que retomou o comando da GM, esteve, por exemplo, com outros 25 agentes, dando início à campanha. “A primeira medida foi retirar os ‘pipeiros’ de dentro dos campos, que são exclusivos para prática esportiva, e a segunda foi incentivar os pais, os adolescentes e as crianças a usarem a linha branca para soltar pipa”, disse.

Ele foi além. Lembrou que aos domingos, a Radial Leste, que passa nas proximidades dos campos do Aero Clube, fica fechada para o trânsito das 8 às 18 horas. “As pessoas são aconselhadas a soltar pipas em parte da via por questão de segurança. E, principalmente, sem cerol ou linha chilena, que é crime”, acrescentou.

Para evitar acidentes na temporada de pipas, além da conscientização imediata que está sendo feita pela GM, será implantada uma campanha educativa nas escolas quando os alunos retornarem das férias. Estão previstas ainda a fiscalização da secretaria de Fazenda para coibir a venda de pipas com linhas de cerol ou chilena no entorno dos campos do Aero Clube e ações das secretarias de Esporte e Lazer e de Cultura que irão promover atividades aos domingos que envolvam esse público. 

As medidas para fiscalizar a atividade no Aero Clube seguem orientação do prefeito Samuca Silva. “Soltar pipas é aparentemente lazer inofensivo, mas pode causar acidentes quando exercido de maneira irresponsável. As linhas com cerol podem ferir motociclistas, ciclistas e corredores. Além disso, o fato de correr atrás das pipas pode causar atropelamentos, choques elétricos, quedas de telhados e outros acidentes”, falou o prefeito, lembrando que é papel do poder público zelar pela segurança da população.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.