Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 27/11/17, às 08:46

Curtas 1053

Manobra Escolar

foto3ecam

Os alunos do curso de Jornalismo do UniFOA estiveram participando da 3ª edição do Ecam (Estágio de Correspondentes de Assuntos Militares), entre os dias 6 e 14, na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman), que tinha como objetivo promover uma manobra militar, uma simulação realista de um conflito armado. Os acadêmicos cuidaram da cobertura de todos os eventos, inclusive os de alto risco, como voo em aeronaves, escalada, rapel, transposição de curso de água, entre outras atividades.

Ao todo, quatro alunas do UniFOA participaram do estágio: as acadêmicas do 4º ano Priscila Gonçalves, Lívia Mendes e Bruna Duarte, e Thais Gomes, do 3º ano. Para Priscila, foi uma experiência única. “O estágio foi de muito aprendizado. Saber como se comportar em uma situação de conflito foi de total importância para a profissão. Vale a pena participar”, avaliou.

A atividade foi composta por duas fases. Primeiro, os alunos aprenderam sobre a atuação do Exército Brasileiro, através de instruções militares e, depois, os estudantes produziram matérias, fotos e vídeos jornalísticos, para viverem a prática do conflito. O grupo foi formado por 19 acadêmicos de diferentes instituições de ensino da região. Detalhe: foram divididos em grupos de mídia favorável, neutra e desfavorável.

 

Preservação ambiental

Visita Guiada a Fazenda da Posse - Colégio Nossa Senhora do Amparo - 21 de novembro (1)123

Para fomentar a cultura em Barra Mansa e promover a preservação de bens e espaços públicos, alunos de escolas municipais e privadas do município estão visitando todos os patrimônios históricos locais. De forma interativa e dinâmica, entre os meses de outubro e novembro, seis escolas conheceram a Fazenda da Posse e o Palácio Barão de Guapy. 

Acompanhados pelo historiador e gerente de Patrimônio Cultural, Nikson Salem, cerca de 300 alunos conheceram os prédios históricos e assistiram palestras sobre a história do município. Durante as visitas, receberam, ainda, cartões postais, jornais com fotos e com a história de Barra Mansa, além de participarem de sorteios de livros.

As escolas que visitaram os prédios históricos foram: Colégio Municipal Prefeito Leonísio Sócrates Batista, Escola Municipal Provedor Sebastião de Paula Coutinho, Escola Sesi, Colégio Nossa Senhora do Amparo, Escola Municipal Coronel Armênio Pereira Gonçalves e Escola Municipal Santo Antônio.

Para agendamentos ou mais informações, os interessados devem entrar em contato por meio do telefone (24) 3326-0405 ou pelo e-mail cultura.patrimonio@barramansa.rj.gov.br

 

Vagas para todos os níveis

A Faetec aumentou o número de vagas para novos alunos em 2018. Serão 6.917 oportunidades para todo o estado do Rio, incluindo educação básica, nível técnico e ensino superior. O concurso segue com inscrições abertas até a próxima quinta, 30. Existem 5.485 chances para o Ensino Técnico: 2.165 para a modalidade Integrada e 3.320 para a Subsequente e Concomitância. O concurso também oferece 120 vagas para Especialização em Enfermagem e 32 em Teatro. Na educação básica, são 189 oportunidades na Educação Infantil, 261 no Ensino Fundamental e 180 no Ensino Médio (Formal Geral/Normal Médio). O Ensino Superior soma 650 vagas.

“Foram acrescentadas 460 oportunidades em todos os níveis só na região metropolitana. Do quantitativo para o Ensino Técnico de Nível Médio, o destaque é o curso de informática com 915 vagas oferecidas nas três modalidades. Uma profissão que permite trabalhar de carteira assinada em grandes empresas ou com a prestação autônoma de serviço”, salienta o secretário de estado Gustavo Tutuca.

Os candidatos também podem escolher: Administração, Análises Clínicas, Edificações, Eletrônica, Eletrotécnica, Química, Manutenção Metroferroviária, Mecânica, Modelagem do Vestuário, Telecomunicações, Construção Naval, Segurança do Trabalho, entre outros cursos técnicos. O cadastro pode ser feito por meio do site www.faetec.rj.gov.br.

 

 

 Preconceito racial

 Para combater o preconceito racial e promover a conscientização da população, o governo do Estado lançou a campanha ‘Não é elogio, é preconceito’. A secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos começou na segunda, 20, Dia da Consciência Negra, a divulgação de vídeos animados e de imagens da campanha nas redes sociais. O objetivo é mostrar o preconceito racial do dia a dia, por meio de frases e de situações cotidianas. 

“O racismo existe e se manifesta muitas vezes de forma velada em supostos elogios. Por isso, campanhas como essa são fundamentais para conscientizar a população e combater o preconceito racial”, disse o secretário de Direitos Humanos, Átila Alexandre Nunes.

Em agosto deste ano, o Estado lançou o Disque Combate ao Preconceito. Através do telefone (21) 2334-9551, a população pode denunciar e pedir auxílio à equipe técnica da secretaria. O serviço funciona de segunda a sexta-feira, das 10 às 16 horas.

A secretaria de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos prevê lançar, até março de 2018, um software para identificar mensagens racistas nas redes sociais. O projeto terá o nome de ‘Radar do Preconceito’. “As manifestações preconceituosas postadas nas redes sociais serão detectadas pelo programa, encaminhadas ao setor responsável da secretaria e, posteriormente, para as delegacias”, disse Àtila Nunes.

O estado do Rio registra por mês 97 casos de racismo, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP). Nos últimos nove meses, foram registrados 837 casos de injúria por preconceito e 43 vítimas sofreram preconceito de raça ou de cor.

Em geral, o crime de injúria está associado ao uso de palavras depreciativas referentes à raça ou cor com a intenção de ofender a honra da vítima. Já o crime de racismo implica conduta discriminatória dirigida a determinado grupo ou coletividade.

 

Dia da Bandeira

Após a proclamação da República, em 1889, o dia 19 de novembro não passou mais em branco no Brasil. E na cidade do aço não podia ser diferente. Graças à prefeitura de Volta Redonda e à Associação dos Reservistas das Forças Armadas, o Dia da Bandeira foi comemorado em alto estilo no Memorial dos Ex-Combatentes, na Sessenta, com direito a uma participação especial da Banda Municipal e do Tiro de Guerra de Barra Mansa. 

Durante a solenidade, foi feita a tradicional incineração das bandeiras antigas e o hasteamento do pavilhão nacional. O prefeito Samuca Silva, acompanhado de diversos secretários, deixou clara a intenção de realizar o evento todos os anos. “Em um momento tão ruim e delicado, pelo qual o Brasil está passando, nós temos que resgatar esse momento cívico. Fiz questão de vir aqui hoje, num domingo, prestar essa homenagem. Valorizando pequenos detalhes e momentos de nossa história, demonstramos respeito com a data e com pessoas que já contribuíram para o orgulho do nosso país”, enfatizou.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.