Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 25 de Setembro de 2018
0
Publicado em 20/08/18, às 08:35

Consórcio do emprego

bruno marini

O empresário Bruno Marini já pode falar oficialmente como candidato a deputado estadual pelo PSD, de Índio da Costa. Seu projeto passa por percorrer várias cidades do Sul Fluminense para apresentar suas propostas voltadas para o desenvolvimento das pessoas e a geração de emprego. “Sou de Barra Mansa, mas vamos trabalhar por todos os municípios”, pontuou, lembrando que com sua experiência na área administrativa, ele poderá, já na Alerj, atuar com ênfase na recuperação do poder de compras das pessoas.

 

 “O emprego é que dá dignidade às pessoas e capacidade para prover o seu sustento e o de sua família. Não adianta oferecer incentivos fiscais para a instalação de empresas de grande porte e multinacionais em nossa região, se a nossa gente não for capacitada e qualificada profissionalmente para ocupar as chances de trabalho oferecidas. Temos exemplos de municípios que comportam um número satisfatório de empresas, mas que em contrapartida não ofereceram oportunidades para os seus moradores. Eles continuam sem perspectivas, sem horizontes”, avaliou Bruno.

 

Pensando nas potencialidades do Sul Fluminense, Bruno Marini propõe a criação de um consórcio do emprego. “Podemos unir o poder público, a iniciativa privada e a sociedade para criarmos o consórcio intermunicipal do emprego e renda e identificar as potencialidades de crescimento. São elementos que vão dar direção ao desenvolvimento. Precisamos saber para onde crescer. Preparar a nossa gente também é de fundamental importância e, isso começa logo nas séries iniciais. Precisamos promover o Turismo do Conhecimento com intercâmbios e viagens a feiras e eventos, potencializar a qualificação profissionalizante, criar a Escola Sul Fluminense de Empreendedorismo, além de incentivar e investir em pós-graduação, mestrado e doutorado”, destacou o candidato do PSD.

 

Bruno lembra que a redução de custos, que pode afetar a vida das pessoas e das empresas, além da eliminação dos desperdícios do poder público, o combate à corrupção e a otimização dos serviços públicos devem ser buscados. “Também é necessário apresentar nossa região para o Brasil e para o mundo, fomentando negócios e fortalecendo o cinturão de fornecedores”, destacou, defendendo a importância da sustentabilidade no processo de desenvolvimento. “Temos que crescer sem perder a qualidade de vida. Penso que as pessoas estão bastante conscientes e não aceitam mais a implantação de novas empresas com grande índice de poluição ambiental na região. Crescer e se desenvolver também implica em políticas públicas de saneamento básico, tratamento adequado dos resíduos sólidos, recuperação do Rio Paraíba do Sul e cumprimento das leis ambientais”, concluiu Bruno Marini.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.