Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Domingo, 21 de Julho de 2019
0
Publicado em 25/02/19, às 09:03

Cerca inteligente

Há quem garanta que Volta Redonda já teve algo parecido, mas isso não vem ao caso. O que importa é que a cidade do aço já conta com uma ‘Cerca Inteligente’ de segurança e com equipamentos de última geração, instalados em 10 pontos estratégicos, passou a monitorar todas as entradas e saídas do município. E isso por 40 ângulos diferentes. Os principais objetivos do sistema são a identificação e a recuperação de carros roubados ou furtados e a apreensão de veículos envolvidos em delitos como sequestro relâmpago, atropelamentos e outros casos.
Tem mais. O monitoramento permite criar um banco de dados com todos os veículos que entram e saem de Volta Redonda, pois vão ficar registrados o percurso, o horário, o dia e mês, e, ainda, a placa do carro, com foto e vídeo. Além disso, outro arquivo vai conter uma lista negra com todos os veículos roubados ou furtados no município durante o ano de 2018. Se qualquer um deles passar por um dos pontos da ‘Cerca Inteligente’, logo será identificado.
De acordo com o presidente da EPD (Em-presa de Processamento de Dados), Matheus Cruz, a “lista negra” será atualizada com a ajuda da população. “É preciso que o cidadão seja rápido em comunicar qualquer ocorrido envolvendo veículos. Em caso de roubo ou qualquer outro delito, a pessoa deve informar, preferencialmente, a placa do veículo ou alguma outra característica exclusiva pelo 190, 153 ou 199 para que o Ciosp (Centro Integrado de Operações de Segurança Pública) inclua na ‘lista negra’”.
Assim, segundo Matheus, a localização será feita em tempo real, pois as câmeras instaladas em Volta Redonda já possuem tecnologia que reconhecem caracteres, as placas, sem necessidade de outro equipamento acoplado. “Essa característica torna o sistema mais eficaz com menos investimento”, contou.
O subcomandante da Guarda Municipal, Rodrigo Müller, explica que quanto mais rápida for passada a informação sobre um veículo roubado ou envolvido em algum tipo de delito, mais chances dele ser encontrado. “Se estiver na ‘lista negra’, conseguimos recuperar ou apreender antes que atravesse os limites da cidade”, avalia.
Rodrigo entende que, desta forma, as equipes da Polícia Militar e da Guarda Municipal que fazem o serviço de campo poderão ser direcionadas exatamente para onde o veículo está circulando. “Desta forma não há desperdício de tempo, gasolina e aumen-tamos a eficácia da ope-ração”, pontuou, lembrando que os equipamentos serão utilizados exclusiva-mente para segurança pública, “Não servirão para autuações (multas)”, explicou.
O prefeito Samuca Silva afirma que a ‘Cerca Inteligente’ vai gerar muitos benefícios à população. “A diminuição da criminalidade no município com a agilidade na recuperação de veículos roubados ou envolvidos em outros delitos pode gerar até uma diminuição no custo do seguro automotivo, já que o índice de criminalidade é um dos pontos analisados pelas seguradoras”, avaliou.
Samuca entende que o programa poderá ser ampliado com a instalação de equipamentos em outros locais estratégicos. “Pode-remos implantar um sistema de reconhecimento facial para identificação dos motoristas, que também é possível com a tecnologia das câmeras utilizadas em Volta Redonda”.
Localização
Os equipamentos estão instalados em todas as saídas e entradas de Volta Redonda: nos bairros Ponte Alta, Santa Cruz, Belmonte, São Luiz, Santa Rita do Zarur, Três Poços, Vila Rica-Tiradentes e 207.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.