Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0
Publicado em 22/10/18, às 11:46

BR-393

O prefeito Samuca Silva esteve na terça, 16, com o ministro dos Transportes, Valter Casimiro. O encontro aconteceu em Brasília e contou ainda com a presença do presidente da Câmara, Washington Granato, e do assessor da Casa, arquiteto Ronaldo Alves. Na pauta: a recepção (entrega) da Rodovia do Contorno pelo Dnit de forma oficial e a municipalização do trecho da BR 393 que passa por Volta Redonda – do Santo Agostinho à divisa com Barra Mansa, mais precisamente nos limites com o bairro Morada da Granja. 

 

Para começar, Samuca explicou que a Rodovia do Contorno é uma rodovia federal. E que está aberta ao tráfego há quase um ano, depois de ficar 20 em construção. Só que a via ainda não “foi recepcionada (aceita, grifo nosso) pelo DNIT de forma oficial. De acordo com o prefeito, o ministro prometeu acelerar os ‘trâmites internos’ para que a recepção seja efetuada o quanto antes.

 

Além disso, dentro de 15 dias, o ministro pretende apresentar o cronograma de municipalização do trecho da BR-393, o que já foi pedido desde o ano passado. “A partir dessa mudança nós teremos a gerência desse trecho e além da manutenção, poderemos, por exemplo, mexer nos estacionamentos que são uma angústia da nossa população na 207, em frente ao (Sider)  shopping e na Getúlio Vargas, que é uma reclamação antiga dos comerciantes da Amaral Peixoto”, explicou Samuca.

Dnit

O prefeito Samuca Silva tem razão em querer, de forma urgente, assumir o controle da BR 393 no trecho que passa pela cidade do aço. Quando isso ocorrer, ele deverá ficar livre dos ‘micos’ como os das fotos. Trocar o nome do estádio municipal para estádio nacional é o de menos (foto 1). Mudar o nome do Rio Brandão para Rio Jordão também. O pior é colocar uma placa no meio da calçada sem perceber – ou percebendo – que a mesma vai obrigar os pedestres a passarem pela rua, correndo riscos desnecessários.

 

Tem  mais. Para quem não sabe que as placas são do Dnit – e foram colocadas pelos seus funcionários – , a culpa é do prefeito Samuca Silva. E , convenhamos, não é. É mesmo dos incompetentes do Dnit.  

 

Temporária – A interdição do acesso (ver foto) de quem sai da Vila para pegar a BR-393 em direção ao Centro, Jardim Amália, Barra do Piraí etc, é temporária, informa Maurício Batista, secretário de transportes e Mobilidade Urbana de Volta Redonda. Ficará assim até que a prefeitura de Volta Redonda possa mudar o poste (ver foto) que ameaça cair sobre os carros que passam pelo acesso. O equipamento foi abalroado por um caminhão, acabou trocado e, logo em seguida, o ‘novo poste’ sofreu outro acidente.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.