Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 13 de Novembro de 2018
0
Publicado em 13/08/18, às 08:22

Bate bola – Sergio Luiz

Este é o time do E.C. Siderantim, campeão da LBD –Liga Barramansense de Deportos em 1972.  Pertence ao acervo do Gonzaga.

esporte

Em pé da esquerda para a direita: Geraldo, Paulão, Pereira, Giboitão, Lumumba, Gonzaga, Carlos, Calixto, Todão, Adão e Silvio. Agachados: Bigode, Rolinha, Jorjão, Moacir, Tatão, Canhoteiro, Ivan e Feio. O técnico era o Dário Raposo e o presidente Geraldo Hipólito.

 

Dever de casa

O Voltaço virou mesmo freguês do Tupi. E colocou mais um na sua conta na história contra o time carijó. Perdeu mais uma vez, agora foi por 2 a 1, com um gol sofrido aos 50 minutos do segundo tempo, numa cobrança de pênalti.

O resultado foi o pior que poderia acontecer para o tricolor de aço, mas continua dependendo somente dele. Vencendo o Joinville, sábado, às 17 horas, no Raulino de Oliveira, garantirá sua permanência na série C para 2019. Pode até perder ou empatar, que se manterá. Porém, dependerá do resultado do jogo Ypiranga e Tupi, em Erechim-RS, no mesmo horário.

Portanto, o Volta Redonda só desce se quiser, ou caso uma fatalidade aconteça e que seja derrotado pelo último colocado e rebaixado do grupo B. Mas se olharmos o histórico dos últimos jogos em casa, o tricolor de aço não é dos melhores. Lembro a virada do Tupi, quando perdeu por 3 a 2, e recentemente a vexatória derrota para o Tombense por 2 a 0, que levou o Voltaço a passar por mais este sufoco, lutando desesperadamente para não ser rebaixado. Se não bastasse, o Joinville, apesar de rebaixado, vem de uma vitória de 4 a 2 sobre o Luverdense e quer encerrar sua participação na série C com dignidade. É franco atirador, não tem mais nada a perder e trará um time renovado, sem os medalhões, que já foram embora. Portanto, que o Voltaço seja um bom aluno e faça o seu dever de casa. Só assim poderá passar de ano. Quem viver verá!

 

Copa Rio

Não satisfeito com a pífia participação no Estadual e passando um sufoco para não ser rebaixado na série C, o Voltaço parece que quer aprontar também na Copa Rio. Na sua estreia, na terça, 7, um time reserva foi derrotado pelo São Gonçalo por 3 a 1, em jogo realizado em Itaboraí. Agora, no jogo da volta, dia 22, às 15 horas no Raulino de Oliveira, precisará vencer por uma diferença de dois gols para passar para a próxima fase da competição.  Mais um vexame, o torcedor não aguenta.

 

Elenco

O técnico Moacir Junior afirmou antes do jogo com o São Gonçalo que iria poupar os titulares, por causa da maratona de jogos que o time tem enfrentado. Disse que os reservas estariam à altura dos titulares, pois são do mesmo nível. Ora, que maratona é essa, jogando uma vez por semana? E mais: se o elenco é nivelado e os reservas perdem para um time da segunda divisão e de goleada, deve ser por baixo, né?

 

História        

Um dia desses um ex-jogador português encontrou-se com seu patrício e, recordando o passado, contavam histórias. Cada um exagerava mais do que o outro nas suas qualidades. Foi então que um deles, que por coincidência chamava-se Manoel, virou para Joaquim e disse: “Ora pois, pois, num jogo houve três pênaltis para o nosso time. E não é que fui o escolhido para bater?” E continuou: “No primeiro, o goleiro gritou: “bate no canto direito”. Eu bati e ele pegou. No segundo ele gritou: “bate no canto esquerdo”. Eu bati e ele pegou de novo. Veio o terceiro pênalti e ele: “bate no meio”. O Joaquim interrompe: “Tu batestes e perdeste, o gajo?” A resposta: “Não, enganei ele. Chutei para fora”. Ah! Mas que botinada!

 

Barra Mansa

O técnico Moreno estreia no comando do Barra Mansa, na partida de segunda, 13, às 15 horas, contra o Queimados, no estádio Joaquim Flores, em Nilópolis. Moreno, 63 anos, assume o Leão no lugar de Luiz Fernando Irala, que passou a ser o diretor de futebol do clube. Esta é a segunda passagem do novo treinador, que realizou um belo trabalho no clube em 2010, quando levou o time para a série B1. Moreno também já comandou o Volta Redonda, mas sua história está escrita no Espírito Santo, onde dirigiu várias equipes e conquistou vários títulos.

 

Barca

Qualquer que seja o resultado do jogo de hoje, uma barca deverá deixar o Voltaço. Dois já pediram rescisão. O lateral Luis Gustavo foi para o Sampaio Correa para disputar a série B, o atacante Dudu e outros que vieram só fazer número, engordar a folha de pagamento e fazer a vontade de empresários.

 

Bola dentro

Para o time do CSA das Alagoas, que está próximo de subir para a série A do Brasileiro. Quem se lembra do CSA das Alagoas? Pois bem, foi o mesmo que o Voltaço goleou em 2016 por 4 a 0 e sagrou-se campeão invicto da série. O CSA ficou em segundo lugar, subiu para a série C, junto com o Volta Redonda. Agora, enquanto o tricolor de aço luta para não voltar para a série D, o CSA subiu para a série B e já é o segundo colocado da série B e com grandes chances de subir para a série A. Morro de inveja.

 

Bola fora

Para o Voltaço, que está com a corda no pescoço, lutando para não ser rebaixado. Fruto de um planejamento errado, contratações erradas e outros erros mais. O torcedor tem é sofrido.

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.