Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018
0
Publicado em 09/04/18, às 08:16

Bate bola – Sergio Luiz

Este é o time do E.C. Siderantim, campeão da LBD –Liga Barramansense de Deportos em 1972.  Pertence ao acervo do Gonzaga.

esporte

Em pé da esquerda para a direita: Geraldo, Paulão, Pereira, Giboitão, Lumumba, Gonzaga, Carlos, Calixto, Todão, Adão e Silvio. Agachados: Bigode, Rolinha, Jorjão, Moacir, Tatão, Canhoteiro, Ivan e Feio. O técnico era o Dário Raposo e o presidente Geraldo Hipólito.

Caindo no colo

Uma lambança do Macaé pode recolocar o Voltaço na elite do futebol carioca. Vale lembrar que o tricolor de aço foi rebaixado e deveria disputar uma seletiva com outros times para ver quais seriam rebaixados e quais disputariam o estadual de 2019.

Para fugir da degola, a diretoria do Volta Redonda contou com a sorte. É que ela descobriu que o time macaense utilizou o lateral Lucas Gabriel, mesmo sem contrato, em vários jogos. A diretoria do Voltaço chegou a consultar os dirigentes do Macaé para saber se a irregularidade era verdadeira ou não. Como não obteve resposta, enviou a denúncia à Procuradoria Geral do Tribunal de Justiça Desportiva da Federação do Rio de Janeiro. Caso seja aceita, o Macaé poderá perder 18 pontos, tendo em vista que utilizou o jogador em seis jogos da Taça Rio. Assim, o Macaé seria rebaixado e o Voltaço não teria que disputar a seletiva para 2019.

Segundo informações, os dirigentes do Macaé admitem o erro ao escalar o jogador, mas acreditam que a punição seria somente para o jogo seguinte, perdendo, portanto, apenas três e não 18 pontos, o que deixaria o time da região dos Lagos ainda na primeira divisão. Entretanto, até o encerramento desta edição, constava no site da Federação que Lucas Gabriel continuava sem contrato.

Casos como esses são comuns. O Barra Mansa em 2015; o Angra dos Reis e o Juventus também cometeram a mesma irregularidade em 2016; e todos foram punidos. O Leão, por exemplo, perdeu 15 pontos e acabou rebaixado na época.

Ao Voltaço resta torcer para que a Federação tire os pontos do Macaé. Tem tudo para conseguir no tapetão o que não conseguiu em campo. Mesmo assim tá valendo!

 

Reforços

O Voltaço estreia na série C do brasileirão no dia 15, domingo, às 15h30min, contra o Operário-PR, em Ponta Grossa. Quatro reforços foram apresentados: o lateral-esquerdo Diego Maia (28); o lateral-direito paraguaio Angel Martinez, (30); o zagueiro João Guilherme (31); e o atacante Julliann, 28 anos. No total, 30 jogadores estarão à disposição do técnico Marcelo Salles. Resta saber se o mesmo vai conseguir montar um bom time.

 

Calado

Apesar das denúncias do Esporte Espetacular envolvendo uma possível participação do Leão em uma máfia de resultados, até agora nenhum dirigente, autoridade ou torcedor, tomou providências para provar que o boato era falso. Tá faltando “aquilo roxo”. 

 

Revelações

Os zagueiros Paulo Vitor, 19, e Roger, 20, foram profissionalizados pelo Volta Redonda. Eles se destacaram na Copinha e Roger chegou a ter uma grande atuação contra o Botafogo, na Taça Rio. Muito bom, parabéns. Mas até quando? Isso porque, ultimamente, estes garotos da base estão sendo emprestados para “ganharem experiência”. 

 

História

Mais uma da série “Vida de repórter esportivo não é mole”: Certa vez o saudoso  locutor olímpico Paulo Miranda e o repórter João Bosco foram transmitir uma partida do Barra Mansa em Coelho da Rocha. Para variar, tiveram que instalar a aparelhagem da rádio em cima de uma laje, sobre um dos vestiários. E como subir até lá? Miranda e Bosco aproveitaram uma escada de um funcionário da antiga Telerj que trabalhava atrás do vestiário. Final do jogo, os distraídos não viram que o cara tinha retirado a escada para ir embora. O desespero tomou conta dos dois, que não sabiam como descer. Mas o santo protetor dos radialistas estava com eles. Ao lado do vestiário, havia um monte de areia e foi ali que os dois pularam de uma altura de três metros, ficando igual a ‘mineiro a milanesa quando vai à praia’. É dureza, meu!

 

Eleições

Além dos nomes de Renato Soares, Adriano Fantástico, Flávio Horta (indefinido), interessados em disputar a presidência do Voltaço, outros começam a brotar. O ex-prefeito Neto, com apoio de Edson Correa, o Edinho Gordo, estaria disposto a voltar. Sabe-se até que uma dobradinha aproximaria o prefeito Samuca do ex-presidente Rogério Loureio, que iria apoiar o ex-jogador Waltinho ou um outro nome. Surge também o de um empresário ligado à prefeitura, cujo nome está sendo mantido em sigilo, para entrar na briga. Nunca na história do Volta Redonda apareceu tanta gente para disputar uma eleição.  Isso é bom, né?

 

Bola fora

Para a excursão dos garotos sub11 e sub12 de Volta Redonda, que foram a Portugal disputar um torneio contra grandes equipes da Europa (conquistaram até dois troféus). O problema é que utilizaram uniforme, ônibus e até o nome do clube embora não tivessem nenhuma ligação com o Voltaço. A propósito, o chefe da delegação foi o presidente Flávio Horta. É que um dos seus filhos, Guy, que trabalha no governo do Estado e no Voltaço, tirou uns dias para acompanhar a delegação. É o que chamamos de ‘passeio beleza!’. 

 

Bola dentro

Para a decisão do estadual 2018, amanhã, domingo, 8, às 16 horas, entre Vasco e Botafogo. Os dois fizeram um clássico emocionante na primeira partida. O time de Zé Ricardo joga por um empate e o Botafogo tem que vencer por dois gols de diferença. Uma vitória alvinegra com uma diferença de apenas um gol leva a decisão para os pênaltis. Valeu! 

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.