Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 17 de Julho de 2018
0
Publicado em 26/03/18, às 10:12

Bate bola – Sérgio Luiz

Esta era a Seleção de Barra Mansa em 1963. Pertence ao Marinheiro, dono do maior acervo de fotos do futebol barramansense.

bARRA MANSA 1963

Em pé, da esquerda para a direita: Lacerda, Vasco, Zé Carlos, Mariano, Odir, Hamilton e Paulinho. Agachados: Alexandrino, Badu, Maurino, Tatão e Poleca. 

Tragédia anunciada

A queda do Voltaço – que terá que disputar uma seletiva para ver se continua na elite do futebol carioca – já era esperada. Começou quando o grupo se apresentou somente em dezembro, diferente dos demais que começaram os trabalhos em novembro. A demora nas contratações também prejudicou a montagem do time. Pior: contrataram sem a aprovação do técnico Surian, que aceitou os ‘craques’ goela abaixo e só detonou tudo ao ser demitido.

Nos amistosos e jogos-treinos o time já mostrava ser fraco, só ganhou uma partida diante de um time de terceira categoria. Ali se desenhava a tragédia. Usando salto alto, a diretoria se achava a tal por ter conquistado o título invicto da série D do Brasileirão. E vivia a lamentar ter perdido a vaga para a série B só por conta de um único gol. Maldito gol que o time não fez.  

Dona da ‘verdade’, a diretoria cismou de economizar no Estadual, guardando a grana da TV para investir na série C. Terá que montar um bom time para brigar por uma vaga na série B de 2019. Grana para investir não vai faltar, não é mesmo? Quem viver verá!

Eleições
O presidente Flávio Horta diz que não vai tentar se reeleger. Há controvérsias. Querendo ou não, alguns nomes começam a surgir, como o do ex-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, Renato Soares. Ele tem até experiência com time amador e como gestor, pois fez um belo trabalho à frente do Sindicato. Outro que sonha em assumir a presidência do Voltaço é o empresário Adriano Fantástico. Correndo por fora aparece o ex-jogador Valtinho, que teria apoio de Rogério Loureiro.  Detalhe: o prefeito Samuca Silva poderá indicar um nome de sua confiança para disputar a eleição.

Como fica
Ao perder para o Boavista, em casa, por 3 a 2, o Voltaço morreu abraçado ao Nova Iguaçu e os dois vão disputar, no final do ano, a seletiva com Resende e Goitacás. Dos quatro, só dois vão disputar a série A do carioca de 2019. Sai Satanás!

Reforços
O vice de futebol, Horta Júnior, informou que pretende buscar reforços junto a Boavista, Bangu, Portuguesa, Cabofriense e Portuguesa, clubes que estarão sem atividades no segundo semestre. O atacante Romarinho, do Boavista, que não é filho de Romário, pode ser o primeiro a chegar. Serão reforços ou refugos? O Volta Redonda estreia dia 14 ou 15 de abril contra o Operário (PR).

História
Essa quem mandou foi o Gualter, filho do saudoso “Seu Lalau”, um árbitro boa praça lá de Além Paraíba. O único na história que nunca levou uns catiripapos. Segundo Gualter, num jogo entre Nacional e São José, Lalau levava a partida em ao seu jeito, todo tranqüilão. Mas, toda hora ele olhava para a entrada do estádio, pois o policiamento ainda não tinha dado as caras. Num lance na área do Nacional, Tito, um beque de 110 quilos de puro músculo, deu uma cacetada no pequeno atacante Dú, um arisco meia de 1,50 metro e 50 quilos. Pênalti claro que “Lalau” fez vista grossa. A bola continuou a rolar e numa jogada normal, um jogador do São José caiu na área. Lalau olhou para a entrada do estádio e viu a chegada do policiamento. Nosso herói não conversou: “Piiiiiii!”, apitou, apontando para a marca da cal. Confusão formada e quando os jogadores do Nacional reclamaram, Lalau saiu-se com essa: “Olha, o outro foi e eu não marquei porque não tinha policiamento, agora que chegou, é pênalti. É a lei da compensação!”. E o pênalti foi cobrado. É mole?

Bomba
O Esporte Espetacular da TV Globo poderá detonar, amanhã, domingo, 25, uma bomba envolvendo o nome do Barra Mansa. A coisa é grave e poderá respingar em muita gente boa envolvida com as estripulias do Leão. Imperdível.

Bola fora
Para o time do Voltaço, que vai disputar uma seletiva para ver se fica na elite do futebol carioca. Pode ser o primeiro passo para a cova. Que eu esteja errado. Amém! 

Bola dentro
Para os jogos das semifinais do estadual entre Vasco e Botafogo e Fla x Flu. Pena que seja tarde demais, pois o torcedor não quer saber de ir aos estádios. Mas valeu!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.