Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sexta-Feira, 20 de Outubro de 2017
0
Publicado em 14/08/17, às 09:07

Bate bola – Sergio Luiz

A foto é do time principal de futsal do internato do Colégio São Joaquim, em 1964. Pertence ao acervo do deputado Tutuca, de Piraí.

aqui-esporte

Em pé da esquerda para a direita: Claiton, Paulo Chinês, Pedro, Catatal. Sentados: Cintra, Costa, Vidal e Tutuca.

O que se passa no Voltaço?

A decadência do time do Voltaço no Brasileirão da série C é inquestionável. Irritante demais. Além de não apresentar um futebol razoável e convincente, não vence nem quando joga em casa. No máximo arranca empates, como fez contra o Tombense (1 a 1), no sábado, 5. Enquanto os adversários sobem na tabela de classificação, o Volta Redonda desce; hoje ocupa a 7ª posição, com 17 pontos, e começa a correr risco de ser rebaixado.

 

Os mais fanáticos podem até dizer que o grupo do Voltaço está muito embolado e que o tricolor de aço ainda tem chances de se classificar. Verdade. Porém, em sã consciência, o torcedor não acredita mais em uma reação do time de Surian, tendo em vista o que o Volta Redonda vem apresentando dentro das quatro linhas. De sério candidato ao título, passou a simples coadjuvante. Ficará feliz da vida se permanecer na série C. 

 

O engraçado é que ninguém da diretoria ou comissão técnica vem a público tentar explicar os motivos que levaram o time a tamanha queda. Preferem esconder os fatos que acontecem nos bastidores do clube. Estão lavando a roupa suja no próprio quintal.  

 

Hoje, sábado, às 18h30min, (que horário horrivel) teremos a prova dos nove: o Voltaço pega o Bragantino no Raulino de Oliveira. É vencer ou vencer! Quem viver verá!

 

Torre de Babel

Um passarinho me contou que os membros da comissão técnica, alguns jogadores e o próprio técnico do Voltaço não estariam mais falando a mesma língua. Até algumas discussões já foram ouvidas longe da concentração da 207. 

 

Contusões

As constantes contusões musculares dos jogadores do Voltaço precisam ser investigadas. Contra o Tombense, por exemplo, mais dois jogadores saíram contundidos: o zagueiro Luan e o atacante Dija Baiano. Com a palavra quem de direito!

 

História

Em Cabiúna, distrito de Pádua, havia uma senhora chamada Esmeralda, que adorava futebol. Era baixinha e invocada. Gostava tanto de futebol que permitiu que seus filhos, sobrinhos e netos montassem um time e criassem um campinho ao lado da sua casa. Tão perto que dava para assistir as peladas da janela da cozinha. Nos dias de jogos, fazia questão de cozinhar para os jogadores. Certa vez, vendo que seu time perdia por 2 a 0, foi à loucura quando o juiz marcou um pênalti contra os seus meninos. D. Esmeralda passou a mão numa frigideira, saiu correndo atrás do juiz e “baixou a porrada” no pobre coitado. Para finalizar, expulsou o juiz, pegou o apito e deus dois pênaltis para seu time. Validou até um gol em impedimento, levando os meninos à vitória. Foi carregada em triunfo pela garotada. É mole?

 

Barra Mansa

Perdeu mais uma. Para o Goitacás, por 1 a 0, em partida adiada por falta de energia. A situação do Leão é cada vez mais difícil e o rebaixamento já bate à porta. Volta a atuar hoje, 12, às 15 horas, contra o São Cristóvão, já rebaixado. O jogo será em Angra dos Reis.

 

Transferência

O lateral Dalbert, ex-jogador do Barra Mansa, ex-Vitória de Guimarães (Portugal)  deixou o Nice (França), sendo transferido para a Inter de Milão. O passe do craque foi negociado por 23 milhões de euros e o contrato será de cinco anos. Como clube formador, o Barra Mansa terá direito a uma fatia, algo em torno de R$ 1 milhão. Porém, terá que correr atrás – e ter gente capaz disso – para receber sua cota.

 

Recadastramento 

 A diretoria do Volta Redonda fará, no período de 14 a 31 de agosto, o recadastramento do seu quadro de associados, inclusive conselheiros. Informações pelos telefones (24) 3377740 ou 33489527. 

 

Bola fora

Para o gênio da diretoria do Voltaço que pediu a mudaça do horário do jogo de hoje entre Voltaço e Bragantino de 15 para as 18h30 minutos. Não querem que o torcedor compareça ao estádio.  

 

Bola dentro

Para mais um clássico do futebol brasileiro no Raulino de Oliveira. Amanhã, domingo, 13, tem Vasco e Palmeiras âs 16 horas. Boa! Tá valendo!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.