Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 12 de Dezembro de 2017
0
Publicado em 18/07/17, às 09:54

Bate bola – Sergio Luiz

Este foi um dos melhores times do Voltaço, formado nas divisões de base do clube em 1983. Tempos de vacas magras, mas quando o Volta Redonda fazia craques em casa.

esport

Em pé, da esquerda para a direita: Denimar, Denilson, Manu, Andinho, Roberto Denis, Ari, professor Waldir Bedê. Agachados: Dão Eduardo, Waltinho, Humberto e Darcy Cavalo. Mascote: Reinaldo Couri Filho.

Decepção tricolor

O Volta Redonda voltou a decepcionar sua torcida. Foi contra o São Bento (0 a 0), diante de 1.056 torcedores. Os coitados, que perderam boa parte do domingo para prestigiar o time da cidade do aço, viram uma tremenda pelada. Resultado: os dois times foram vaiados ao final da partida.

Em campo, o Voltaço parecia um bando de garotos, correndo em grupo, sem nenhum esquema tático. Já o São Bento conseguiu o seu objetivo, que era ir embora do Raulino com um empate debaixo do braço. E, mesmo jogando fechado, quase vence a partida.

Do novo fracasso ficou a certeza de que a condição física de alguns jogadores deixa a desejar. Outro fato que chama atenção é que o time não está jogando um futebol alegre. Dá a impressão que existe um racha entre os jogadores, o que pode estar prejudicando a escalação do time titular. Os jogadores andam nervosos, ansiosos. Discutem nos treinos e nos jogos.

Sorte do grupo é que os resultados dos concorrentes andam favorecendo o tricolor de aço e, mesmo estando na 6ª colocação, com 12 pontos, o Voltaço ainda pode se classificar. Se vencer o Macaé neste sábado, 19, às 15 horas, poderá sair de campo entre os quatro primeiros colocados do grupo. Mas tem que voltar a jogar futebol. Quem viver verá!

 

Reforços

Não dá para entender. O Voltaço contratou o lateral esquerdo Dieguinho, 28 anos, já bem rodado pelo Brasil e exterior. Vem para suprir a ausência de Cristiano, que se mandou para a Europa. E emprestou o atacante Iogo e o zagueiro Gilberto, que são da base, como fez com outros garotos cedidos para times inexpressivos. Enquanto isso, recebe de braços abertos jogadores de empresários que jogam igual ou pior que os da casa. Vá entender!

 

Adversários

Além do Macaé, adversário de hoje, o Voltaço terá pela frente no dia 22, sábado, o Joinville, no Raulino de Oliveira.

 

 

Copa Rio

O Voltaço usou um time misto, mas mesmo assim estreou bem na Copa Rio, derrotando o Audax por 2 a 0, gols de David Batista. No sistema mata-mata, o segundo jogo será na terça, 18, no Raulino de Oliveira. O Voltaço vai jogar por um empate e pode perder até por 1 a 0, para continuar na competição.   

 

Barra Mansa

A diretoria do Leão chegou a um acordo com a administração do Estádio Raulino de Oliveira para realizar neste sábado, 15, às 15 horas, o seu jogo contra o Serrano. Se o Barra Mansa quiser continuar a utilizar o estádio terá que pagar adiantado, semana sim outra também.

 

História        

Na década de 60, lá na minha Além Paraíba, havia um becão conhecido pelo nome de Severino. Boa estatura, magrinho, pra ele da orelha pra baixo era tudo canela. Jogava no Santa Maria, time da fábrica de papel local. Pois bem. Severino costumava entrar nas jogadas de uma forma bem firme, às vezes até um pouco violento, mas nunca chegou a machucar nenhum adversário. Estilo gente boa, falava muito depressa, uma forma de espantar a sua gagueira. Quando cometia falta, nosso herói chegava perto do atacante, ainda no chão, e dizia: “Ô, ô, maninho, desculpa aí. Essa não era pra você”. E voltava para a zaga dizendo: “Era pra você mesmo, seu filho da p….”. Cara de pau maior não havia, não é mesmo? É mole?

 

Saída

Além de emprestar jogadores da base para os grandes clubes do Rio, o Barra Mansa anda exportando seus craques jogadores. O lateral Dalbert que estava em Portugal, se transferiu para o Nice, da França, e pode parar na Juventus, da Itália. E o atacante Vitor Mancha foi para o futebol grego. 

 

Bola fora

Para os incidentes após o jogo entre Flamengo e Vasco, protagonizado por bandidos que se intitulam torcedores do Vasco. Não são. Cadeia neles!

 

Bola dentro

Para o time do Corinthians, disparado o melhor do Brasileirão deste ano. Sem grandes estrelas, está encontrando uma certa facilidade para manter a ponta da tabela. E se nada de errado acontecer, já é um dos favoritos para abocanhar o título de 2017. Valeu!

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.