Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Sábado, 19 de Agosto de 2017
0
Publicado em 10/07/17, às 13:29

Bate Bola – Sérgio Luiz

É hora de reagir

Depois de mais uma derrota – para o Tupi por 3 a 1 -, o Voltaço acumula quatro jogos sem vitória e precisa reagir. A insatisfação é tanta que um grupo de torcedores cobrou dos dirigentes e jogadores uma postura diferente. E com razão. Como justificar a queda de rendimento de um time que chegou a liderar o seu grupo e agora aparece na quinta colocação? Não se pode justificar por atraso de salários. Pelo contrário. Eles estão em dia. Tudo bem que a saída de alguns jogadores pode ter prejudicado o trabalho do treinador. Mas somente o lateral Cristiano, que foi para a Moldávia, era titular. Então, alguma coisa anda acontecendo. E se a diretoria detectou o problema, ou está escondendo o jogo ou ainda não tomou providências.

Achei oportuno o protesto da torcida. Principalmente porque foi, apesar de tensa, sem maiores incidentes. Há de se reconhecer que os dirigentes e jogadores não fugiram do protesto e conversaram com os torcedores, que exigem maior comprometimento com o clube e respeito às cores do tricolor de aço. Aliás, a cobrança foi oportuna porque nem tudo está perdido.

Ainda dá tempo para se recuperar, afinal o grupo B está muito embolado. O Botafogo-SP lidera com 13, seguido de Ypiranga, São Bento e Tupi, com 12 pontos, e logo depois o Volta Redonda aparece em quinto lugar com 11 pontos. Portanto, dependendo dos resultados desta rodada, o tricolor de aço pode reassumir a liderança. Está nos pés dos jogadores a reação que o Voltaço precisa para o jogo de amanhã, domingo, às 11 horas, contra o São Bento, no Raulino de Oliveira. E que o torcedor não vire as costas para o time. Tenho dito.

 

Reforços

Com as saídas de Cristiano, Felipe Augusto e Alan Cariús, a diretoria do Voltaço apresentou dois reforços: o meia Rafael Pernão, que foi campeão da Taça Rio e da série D, e o atacante Igor Sartori, formado nas divisões de base do Flamengo. Ambos de 24 anos.

 

Barra Mansa

Mais um vexame para a história do Leão. O time tinha o mando de campo contra o Carapebus e mesmo assim perdeu a partida que seria disputada em Angra dos Reis por WO. Motivo: não tinha ambulância de sobreaviso. A dita cuja chegou com 32 minutos, dois a mais do que o permitido. O fato causou indignação dos torcedores, que exigem a saída dos atuais dirigentes. Pior. Alguns jogadores estariam dispostos a não jogar mais com a camisa azul do Barra Mansa se os dirigentes não saírem.

 

Denúncia

O pai de um dos jogadores do time profissional do Barra Mansa, cujo nome será preservado, em e-mail e em mensagem de áudio, diz que ele e outros pais foram enganados por dois dirigentes do clube. Afirma que pagou R$ 3 mil para que o garoto fosse profissionalizado, o que não teria acontecido. Ao tentar receber o dinheiro de volta, não conseguiu. Ele, junto com os pais de outros atletas no mesmo caso, já fez a denúncia na Federação Carioca, no Ministério Público e promete acionar a polícia. Garante que vai recuperar o dinheiro, porém sabe que a decepção dos jovens não tem volta. Isso vai feder!

 

História

 Mais uma da minha Além Paraíba. Meu velho amigo Garcia conta que num jogo pelo campeonato de várzea, o técnico do Jamapará, Wilson Perereca, quando viu no aquecimento do time adversário um atacante conhecido pelo apelido de Rambo, deu o seguinte recado: “Olha aí moçada, marca esse homem que ele é perigoso”. Rambo, marrento como ele só, na primeira jogada tentou dar uma bicicleta e a bola estourou no seu próprio rosto, indo a nocaute. Uma verdadeira ‘vídeo cacetada’. Imediatamente, Perereca avisou aos seus pupilos e aproveitou para tirar um sarro: “Calma, deixa o homem sozinho, não precisa marcar, porque ele não faz mal a ninguém”. É mole?

 

Master 40/50

O campeonato de Master 40/50 da LDVR – Liga de Desportos de Volta Redonda tem os seguintes jogos marcados para hoje, sábado, 8. Master 40 – São Carlos e Retiro jogam no Campo 2 do Aero; Tocantins e União São Geraldo jogam no Siderlândia. Ambos às 15 horas. Master 50 – Asa negra e Coroados no Asa Negra; Aero e Novo Mundo no Campo 4 do Aero; Galera e Siderlândia no Campo 2 do Aero; e, São Luiz e Volta Grande jogam no São Luiz. Todos às 9 horas.

 

Bola fora

Para mais uma lambança dos diretores do Barra Mansa, que foi perder um jogo por WO. Falta organização, seriedade e competência. Se não sabem tocar o clube, que peçam o boné. A torcida e a cidade não merecem tamanha humilhação. Lamentável!

 

Bola dentro

Para Flamengo e Botafogo, que brilharam em seus compromissos pela Sul Americana e Libertadores. Valeu!

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.