Jornal Aqui - Volta Redonda - Barra Mansa

Terça-Feira, 17 de Outubro de 2017
0
Publicado em 19/06/17, às 08:37

Bate bola – Sergio Luiz

Este é o time da A. C. Esportiva do Jardim Paraíba. A foto é de 15/ 02/ 1961 e pertence ao acervo do Renato do DAL, da CSN.

ESPORTE

Em pé da esquerda para a direita: Antônio Francisco, Demócrates, Aécio de Freitas e Mário Dias (diretores), Jacó, Renato, Pinheiro, Jaiminho, Sergio, Edmar, Ênio (técnico), Antônio Gustavo e Valentim. Agachados: Neném, Jorginho, Otoniel, Ronaldo, Orlando, Edinho e Hélio Bigode

Voltaço pode disparar na liderança

O empate (1 a 1) com o Bragantino na casa do adversário pode até ser considerado muito bom para o Voltaço, que manteve a liderança do grupo B da série C do brasileirão. Poderia ser melhor. Isso porque o Volta Redonda vencia por 1 a 0, com um belo gol de João Cleriston e acabou cedendo o empate aos 43 da etapa final, depois de perder uma ótima oportunidade para matar o jogo, quando o adversário estava com dez homens em campo.

Hoje, sábado, 17, às 18 horas, o Voltaço defenderá a liderança diante do Ypiranga, de Erechim (RS), no Estádio Raulino de Oliveira e o técnico Felipe Surian poderá contar com os reforços de Dija Baiano e Marcelo. Tem tudo para conquistar mais três pontos e, dependendo dos demais resultados dos adversários, disparar na tabela. Por isso, será importante a presença do torcedor. Quem viver verá! 

Copa Rio

A Federação Carioca marcou para o dia 12 de julho o inicio da Copa Rio, com participação de clubes das séries A e B do estadual. O Voltaço estréia contra o Audax, em Xerém. Como o sistema é de mata-mata, os clubes da primeira divisão levam a vantagem de fazer o segundo jogo em casa. Para este torneio, o Volta Redonda vai utilizar um time alternativo para buscar uma vaga na Copa do Brasil e de olho no prêmio de R$ 50 mil, que será entregue ao campeão. Tá certo!

 

Reforços

O volante Bruno Barra está volta a Volta Redonda depois de ser campeão da série B pelo Atlético-GO e de defender o Oeste de Itápolis (SP).

 

História

Garcia Júnior é um daqueles narradores sacana e gozador. Certa vez, foi acompanhar o Vasco na Taça Teresa Herrera, na Espanha, pela Rádio Mauá, patrocinado pela Besouro Veículos, agência VW do Eurico Miranda. No Brasil, a Rádio Globo dublava o jogo com o narrador César Rizzo, que ouvia a transmissão e também ‘transmitia’ ao vivo para os seus ouvintes.  No intervalo, a produção comunicou a Garcia que César estava copiando-o. O figuraço não conversou. Assim que começou o segundo tempo mandou: “Lá vai o Vasco… vai marcar… gooooooooollllllllll”. Cesar Rizzo, no Rio, não deixou por menos e gritou “Goooooollllll do Vasco”. O sacana do Garcia emendou: “Gooolllll é o novo lançamento da VW e você vai encontrá-lo na Besouro Veículos”. Ou seja, a bola não havia entrado. Cesar Rizzo, sem graça, justificou: “Aí, galera, o juiz anulou o gol”. Foi uma das primeiras ‘gafes’ da Globo. É mole?

 

 

LDVR

Os dirigentes estão cansados de esperar pelo apoio da prefeitura de Volta Redonda e vão organizar, por conta própria, os campeonatos de Master 50 e 60. O inicio está previsto para sábado, 24, com a participação de nove equipes, envolvendo mais de 200 atletas, que irão se cotizar para bancar as despesas. Para quem não sabe, os dirigentes não conseguiram nem falar com o prefeito Samuca Silva. Estão à espera de uma posição da Smel, que parece estar cozinhando a turma em banho Maria. É mole?

 

Barra Mansa

A cada rodada que passa a situação do Leão se complica. No sábado, 10, perdeu para o Sampaio Correa, por 1 a 0, e na quarta, 14, empatou com o Olaria em 0x0. Amanhã, domingo, 18, pega o Serramacaense, em Macaé. O time está na oitava colocação, com 5 pontos. O líder Audax, por sua vez, tem 13 pontos. Se continuar assim, vai pro beleléu.  

 

Crise

A situação financeira do Leão é critica. Pior. Corre o risco de abandonar a competição antes do returno. A verdade é que o badalado projeto apresentado pelos dirigentes – de terceirizar o futebol – já fez água. Não fizeram nada do que prometeram e o Barra Mansa virou um tremendo balaio de gato, onde ninguém se entende. Já perdeu até a credibilidade junto aos torcedores. Quem avisa amigo é.

 

Bola fora

Para o árbitro Paulo Vollkopf (MS), que fez uma lambança ao anular – mais de dois minutos de ter marcado – um pênalti contra o Flamengo no jogo com o Avaí. Não se discute se foi ou não pênalti; o que se discute é se houve ou não influência externa.

 

Bola dentro

Para os garotos dos times sub13 e sub14 do Voltaço, que lideram o campeonato do Rio de Janeiro, com diferença de 10 pontos para os segundos colocados. Sinal de que o trabalho está sendo bem feito. Pena que às vezes sejam mal aproveitados quando chegam nos times de cima.

 

Os textos e as fotografias veiculadas nas páginas do aQui se encontram protegidos por direitos autorais, sendo vedada sua reprodução total ou parcial para finalidades comerciais, publicitárias ou qualquer outra, sem prévia e expressa autorização de Jornal Aqui Regional. Em hipótese alguma o usuário adquirirá quaisquer direitos sobre os mesmos. E no caso de utilização indevida, o usuário assumirá todas as responsabilidades de caráter civil e/ou criminal.